Segunda-feira, 16 de Novembro de 2009

Candomble de Angola - Hierarquia



Hierarquia
Cargos da Casa (Kijingu)

Funções e Cargos no Candomblé de Angola e Kongo

Acrescento aqui informações que tenho em mãos, vindas de livros e apostilas e da própria internet, as quais não me responsabilizo por comportar várias contradições dialéticas.

Tentarei colocar da melhor forma possível no intuito de melhor entendimento, principalmente para os leigos e simpatizantes.

Seguimos então com os termos utilizados dos Cargos Máximos e reconhecidos, dos “mais velhos para os mais novos”:

Nengüa – Sacerdotisa (Kongo) /Mãe de Santo velha
Nganga – Sacerdote (Kongo) /Pai de Santo velho
Kimbanda – Feiticeiro
Mama – Mãe (Kimbundu)
Tata – Pai (Kimbundu)
Mam’etu Ria Mukixi – Sacerdotisa no Angola/Bantu
Mama Mukixi/ Mam’etu Nkisi (Inquice) ou Inquiciane – Minha ou nossa Mãe de Santo
Tat’etu Ria Mukixi – Sacerdote no Angola/Bantu
Tata Mukixi/ Tat’etu Nkisi (Inquice) ou Inquiciane – Meu ou nosso Pai de Santo
Cargos principais utilizados e concedidos pelos cargos acima:

Tata Nganga – Pai feiticeiro
Kutala – Herdeiro da casa
Tata ou Tat’etu Ndenge – Pai pequeno
Mama ou Mam’etu Ndenge – Mãe pequena
Tata Kambondo/Kambono/Kambundu – Título consagrado aos “homens” que não incorporam, não entra em transe e são responsáveis por várias funções de alta confiabilidade divididos em cargos com
Tata Nganga Lumbitu/Lumbido – Guardião das chaves do Inzó Nzó (Casa de Santo)
Tata Utala – Responsável pelo altar
Tata Pokó – Consagrado para sacrifícios ou imolações ao Nkisi Nkosi
Tata Kivonda/Kivanda – Consagrado para sacrifícios ou imolações a outras divindades
Tata Msaba (Umsaba)/ Kisaba – Consagrado a todas as funções ligadas as folhas
Tata Kanzumbi/Nzó Vumbi – Responsável pelo Mukondo (Ritual fúnebre), guardião dos antepassados cultuados no Inzó/Nzó (Casa de Santo/Barracão), carregos e despachos de ebós
Tata Ngimbi/Njimbidi – Cantador
Tata Kuxika ia Ngombe – Tocador (Kongo)
Tata Muxiki – Tocador (Angola)
Tata Mulonji – Especialmente os filhos do Nkisi Katendê é o responsável pelo encantamento das folhas e cabaças
Kambondo Mabaia – Responsável pelo barracão
Tata Mavambu – Filho de Santo, homem, que cuida da casa de Exu. É importante frisar que deve ser pessoa de extrema confiança, e a mulher só deverá cuidar deste espaço sagrado, após menstruar e já esteja na menopausa.
Mama ou Mam’etu Mukamba – Mulher com mais idade, responsável em cozinhar no barracão, e que de preferência não menstrue mais.
Mam’etu Ndemburu – Mãe criadeira da casa
Mama ou Mam’etu Kusasa – Mãe criadeira
Kota – Mulher que não entra em transe de incorporação. Em outras nações conhecida também como Ekedi (Ekeji).
Kota Mbakisi – Responsável pelas divindades
Hongolo Matona – Especialista nas pinturas corporais
Kota Ambelai – Cuida e atende os iniciados
Kota Kididii – Toma conta de tudo e mantém a paz
Kota Rifula – Responsável em preparar as comidas sagradas
Kota Mutintá – Responsável pelo preparo das tintas sagradas
Mosoioio – Os (As) mais antigos (as).
Kota Maganza – Título das pessoas acima de 21 anos de obrigações.
Munzenza ou Muzenza – Iniciados
Mona Nkisi – Filho (a) de Santo
Mona Muhato wá Nkisi – Filha de Santo (Mulher)
Mona Diala wá Nkisi – Filho de Santo (Homem)
Uandumba – Pessoa em sua fase iniciatória
Ndumbe – Pessoa não iniciada
Ordem do Barco
(Dizungu Nlungu)

01º Munzenza: Kamoxi Rianga ( Kadianga)
02º Munzenza: Kaiai Kairi
03º Munzenza: Katatu Kairi
04º Munzenza: Kakuãna Kauanã
05º Munzenza: Katanu
06º Munzenza: Lusamanu
07º Munzenza: Kasambuadi
08º Munzenza: Kanaké
09º Munzenza: Kavua
10º Munzenza: Kakuinhi

Axé a todos
Emidio de Ogum
http://espadadeogum.blogspot.com
publicado por espadadeogum às 08:02
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Filhos de Ogum em 2015

. Oração para Ogum regente ...

. Simpatias para o ano novo...

. Tatuagem de caveira

. Previsões para 2015 Orixá...

. Tata Caveira

. Pai Nosso em Aramaico

. Água e a espiritualidade ...

. Oya Tempo

. Linha do Oriente na Umban...

.arquivos

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds