Terça-feira, 22 de Setembro de 2009

Astrologia



ORIGENS :
O estudo dos astros e suas influências era muito desenvolvido em antigas civilizações como a India, China e Egito. A esse estudo, convencionou-se dar o nome de "Astrologia". A palavra astrologia tem origem grega e é formada a partir das palavras "aster", astro e "logos", discurso, relato, razão, definição, faculdade racional, proporção. Ela é a primeira ciência conhecida pelo homem e surgiu da observação do posicionamento dos astros e de sua comparação com os fenômenos naturais. Nessa época, as previsões eram voltadas para o destino da coletividade, como o aparecimento de pestes, a apogeu e queda dos governantes; as cheias do Nilo, do qual dependia a civilização egípcia, etc.

Muito embora hajam vestígios arqueológicos de algum conhecimento astrológico, datados de até 10.000 a.C., a Astrologia, como conhecemos, provavelmente surgiu por volta do ano 3000 a.C., na cidade de "Ur", supostamente a pátria de Abraão, fundada no 4º milênio a. C., por um povo do norte da mesopotâmia, os Sumérios. Este povo, tinha um grande interesse pela observação do céu. Para os Sumérios, o ceu noturno se parecia com uma grande abóbada de veludo negro onde as estrelas estavam fixas como enfeites de brilhantes. Notaram entretanto que além do Sol e da Lua, cinco estrelas apresentavam um movimento mais rápido que as outras; eram os planetas: Mercúrio, Vênus, Marte, Júpiter e Saturno.

Mais tarde, os Caldeus sistematizaram a astrologia. As estrelas foram agrupadas em constelações, para servirem como marcadores do movimento dos planetas. O Zodíaco, ou o Caminho de Anu, como era chamado, era a rota seguida no céu pelo Sol, Lua e planetas, sempre pela mesma massa de estrelas, as Constelações Zodiacais. A divisão do Zodíaco em doze partes talvez tenha vindo da divisão em doze partes de duas horas cada uma do dia dos Caldeus. Com o desenvolvimento da matemática, esses astrólogos / astrônomos, perceberam que era possível calcular antecipadamente a posição dos astros e prever os prováveis efeitos nos acontecimentos cotidianos do homem e das nações, dando origem ás primeiras previsões astrológicas.


Céu do momento
22/09/2009
17:56 UTC
ver mapa
29° 52
20° 30
25° 13 R
02° 40
17° 03
17° 51 R
25° 37
24° 26 R
24° 10 R
00° 41
26° 57 R
29° 05
21° 58 R
©2009 Sadhana
Use em seu site!
11764132
Em meados do Séc. IV a.C., a astrologia, espalhou-se pela Grécia e o livro "Babyloníaca", escrito em grego pelo astrólogo caldeu "Beroso", por volta de 280 a.C., foi o maior responsável pela divulgação da Astrologia na Grécia antiga. Os Gregos foram os primeiros a traçar horóscopos individuais tendo por base a posição dos planetas no momento do nascimento. Esse sistema também foi adotado, mais tarde, pelos Árabes e incluído na cabala dos Judeus e dos Cristãos. Por esse caminho, a Astrologia chegou até a Idade Média e naquela época era chamada de "astronomia racional", era tão aceita quanto a astronomia natural, que estudava os movimentos, fenômenos e leis dos corpos celestes.

Por estar interligada a várias ciências, como a matemática, astronomia, medicina e outras, o desenvolvimento da Astrologia dependia do desenvolvimento das outras ciências e vice-versa, promovendo assim um estímulo recíproco entre elas, o que gerou um crescimento cultural e científico sem igual em toda a história da humanidade. Na Passagem da Idade Média para a Idade Moderna, com o advento do cientificismo, o homem se descobre o construtor do próprio mundo, e a visão de um mundo controlado por deuses, cai por terra. Com a descoberta de que era o Sol e não a Terra, o centro do sistema solar, Astrologia e Astronomia iniciaram a inevitável separação.

Por muito tempo, a Astrologia recebeu o estígma de "não-científica", um saber com raízes no passado místico e supersticioso do homem. Enquanto a ciência oficial desvendava cada vez mais os mistérios do universo, a Astrologia insistia em "interpretar" os acontecimentos celestes dentro dos mesmos moldes de um passado remoto.

A Astrologia nos ensina claramente que passamos por grandes ciclos de mutação, não apenas individuais, mas também sociais. Vivemos numa época em que se prioriza excessivamente a matéria e o intelecto e estamos à beira de mudar estes valores para aceitar melhor o sentimento e a intuição como percepções e aptidões de igual importância. A Astrologia era na antiguidade considerada a chave de todas as ciências humanas e naturais e não é de duvidar que algum dia descubran-se inúmeras razões para que ela volte a ocupar esta posição.

Apesar de sua antiguidade, suas premissas ainda não podem ser comprovadas cientificamente, nem negadas, pois só recentemente alguns cientistas, voltaram sua atenção para a observação dos fascinantes padrões de comportamento, rítmico e cíclico, demonstrado pelos homens, pelos animais e por toda a natureza. E é justamente neste caráter cíclico da existência que estão fundamentadas as bases do saber astrológico. Desde o princípio.


PRINCIPAIS TÉCNCAS DA ASTROLOGIA
HORÓSCOPO
É o estudo da posição dos signos e dos planetas, que nos permite conhecer as influências sobre o destino das pessoas de determinado signo. Normalmente esse estudo é bastante genérico servindo como orintação básica para todas as pessoas daquele sígno. É a mais popular das técnicas, presente diariamente nos jornais do mundo inteiro.


MAPA ASTRAL
O Mapa Astral é um gráfico pessoal, calculado para determinado dia, hora e local, no qual são marcados os posicionamentos dos sígnos, dos astros, os aspectos entre os astros e outros pontos significativos do gráfico. O Mapa Astral nada mais é do que um Mapa do Céu no momento do nascimento de determinada pessoa. Normalmente esse gráfico é representado por um círculo dividido em 12 partes chamadas casas astrológicas. Com o Mapa Astral, podemos avaliar praticamente todas as características de uma pessoa ou empreeendimento.


SINASTRIA
Sinastria é a técnica utilizada na Astrologia para analisar os graus de afinidade e dificuldade no relacionamento entre duas pessoas. Este estudo é feito a partir do Mapa Astral das pessoas envolvidas. Na Índia, por exemplo, não se faz um casamento antes do astrólogo verificar se há uma relação harmoniosa entre os dois mapas, no caso de uma relação mais atribulada não se realiza a cerimônia de casamento. Muito embora, na maioria das vezes seja usada para fins amorosos, a Sinastria também pode ser aplicada em relacionamentos profissionais ou familiares.


OUTROS RAMOS DA ASTROLOGIA
ASTROLOGIA AGRÍCOLA
Trata-se de um estudo que possibilita o melhor aproveitamento da terra através da definição do que plantar, bem como o melhor momento para promover a procriação de aninais.

ASTROLOGIA EMPRESARIAL
É o ramo da astrologia voltado para a atividade empresarial, abrangendo a chamada Astrologia Financeira. A Astrologia Empresarial inclui a escolha do momento para a abertura de um negócio, a análise da atuação no mercado, escolha do momento para lançamemto de produtos, para dar início a campanhas pubicitárias, para se fazer investimentos, etc.

ASTROLOGIA MÉDICA
Voltada para o diagnóstico e prevenção de doenças. Identifica as partes do corpo mais expostas ao ataque de doenças e as mais resistentes.

ASTROLOGIA SOCIAL
É o estudo dos principais acontecimentos sociais das nações, de suas economias e dos seus ciclos políticos.

Axé a todos
Emidio de Ogum
http://espadadeogum.blogspot.com
publicado por espadadeogum às 11:00
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Filhos de Ogum em 2015

. Oração para Ogum regente ...

. Simpatias para o ano novo...

. Tatuagem de caveira

. Previsões para 2015 Orixá...

. Tata Caveira

. Pai Nosso em Aramaico

. Água e a espiritualidade ...

. Oya Tempo

. Linha do Oriente na Umban...

.arquivos

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds