Segunda-feira, 5 de Outubro de 2009

Umbanda Portugal e Brasil uma amor em comum







A Umbanda uniu também Portugal ao Brasil em sua magnífica imantação, irmãos Portugueses hoje divulgam os ensinamentos em todo território nacional, um grande movimento concretiza-se nos corações da nossa pátria irmã.

Venho de descendentes portugueses chegados ao Brasil em 1958, desde cedo mantive-me convicto de ser a Umbanda minha religião, hoje procuro através do meu blog e da Diretoria de Nosso Centro de Umbanda transmitir aos irmãos um pouco do aprendizado da nossa querida Umbanda.

Umbanda é uma religião, um caminho para se chegar a Deus encontrando a nossa luz interior. Luz esta que nos mostrará porque aqui estamos, e como devemos seguir o caminho certo para chegar ao nosso criador.
Ser umbandista é acima de tudo, viver a vida como um filho de Deus, encontrando a Fé, caridade, fraternidade, humildade e simplicidade nas pequenas coisas da vida.
Não somos melhores nem diferentes dos outros irmãos, pois aos olhos de Deus, todos somos iguais.
Temos sim, a obrigação de sermos mais compreensivos, humildes e unidos uns com os outros.

Umbanda é uma religião lindíssima, e de grande fundamento, baseada no culto aos orixás e seus legiões.
A sua orientação espiritual ou doutrinária é feita pelos guias espirituais que atuam sobre uma determinada linha de trabalho (Nanã, Iemanjá, Oxum, Inhasã, Ogum, Xangô, Oxossi, Obaluaê, Omulú, entre outras), cada uma delas com funções, características e formas de trabalhar específicas.

Os guias de luz que chamamos de entidades, tem a sapiência e consciência da natureza humana e os atributos para que essa humanidade possa evoluir e seguir por um caminho melhor.
Estes manifestam-se através dos médiuns, sendo a prática mais corrente a incorporação, método pelo qual uma pessoa médium, quer seja inconsciente, consciente ou semi-consciente, permite que os espíritos falem através do seu corpo físico e mental.
Os guias possuem diversos arquétipos pelos quais se apresentam através da incorporação, por sua vez, cada arquétipo está ligado a uma determinada linha espiritual.
Exemplos desses arquétipos são:

Pretos-velhos
Caboclos
Baianos
Boiadeiros
Crianças
Exus e Pomba-giras, Marinheiros entre outros

Embora não exista uma fonte unica que reflita a origem da Umbanda, e das suas diversas vertentes, aceitaremos dentro de determinados moldes, que a mesma, tem origem como religião institucionalizada quando Zélio Fernandino de Moraes a anunciou através do Caboclo das Sete Encruzilhadas em 1908.
Porém, o trabalho dos guias (pretos-velhos, caboclos, baianos, boiadeiros, crianças, exus, pomba-giras, entre outros) é bem anterior a Zélio.
Conta a história que tudo começa no continente africano, povo de bem que adorava o seu criador, onde as forças da natureza eram os seus maiores símbolos.
Esta começa a surgir no Brasil no tempo da escravatura, quando os nossos irmãos africanos eram obrigados a deixar a sua terra como escravos, deixando para trás suas famílias e seus costumes.

Hino Umbandista

Reflectiu a luz divina
com todo seu esplendor
é do reino de Oxalá
Onde há paz e amor
Luz que reflectiu na terra
Luz que reflectiu no mar
Luz que veio, de Aruanda
Para todos iluminar
A Umbanda é paz e amor
É um mundo cheio de luz
É a força que nos dá vida
e a grandeza nos conduz.
Avante filhos de fé,
Como a nossa lei não há,
Levando ao mundo inteiro
A Bandeira de Oxalá !
Levando ao mundo inteiro
A Bandeira de Oxalá !

Axé a todos Umbandistas Portugueses
Emidio de Ogum
http://espadadeogum.blogspot.com
publicado por espadadeogum às 10:26
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Filhos de Ogum em 2015

. Oração para Ogum regente ...

. Simpatias para o ano novo...

. Tatuagem de caveira

. Previsões para 2015 Orixá...

. Tata Caveira

. Pai Nosso em Aramaico

. Água e a espiritualidade ...

. Oya Tempo

. Linha do Oriente na Umban...

.arquivos

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds