Terça-feira, 20 de Outubro de 2009

CAPRICÓRNIO: signo cardeal feminino do elemento terra, regido por Saturno.



CAPRICÓRNIO: signo cardeal feminino do elemento terra, regido por Saturno.

Anatomia: joelhos, ossos, pituitária, articulações, dentes, pele, cartilagens

Capricórnio tem uma noção definida de quem ele é, do que é capaz de fazer e o que pode conseguir no mundo. E o que ele quer é a estabilidade do seu poder, da sua posição social. Capricórnio é socialmente orientado: o mundo define o que é certo, importante e aceitável, e o indivíduo segue essas regras. É a ordem estabelecida, o que é real, a prática e, não, a teoria. É o homem de negócios; ser eficiente porque não pode ser dependente ou perder o seu controle e precisa construir algo que valorize a sua existência e dizer ao mundo: eu fiz isso.

Capricórnio lembra a função do pai: a função autoritária, controladora e disciplinadora, que educa o filho para vencer na vida. Por isso, é considerado o pilar da sociedade, onde o respeito à autoridade é imprescindível. Existe também a ligação com a família; a família é sagrada; pode brigar com ela mas resigna-se; pode separar-se dela e se achar digno de compaixão.

Ligado à tradição, pode ser chamado de quadrado, mas é uma força poderosa. Um capricorniano não se queixa da vida, vai em frente com seu sentido prático, salvando pelo menos alguma coisa onde houver fracassado - se houver fracassado. Quando ocorre um erro, não perde tempo em se culpar, castiga-se severamente nos seus momentos privados (ninguém precisa ficar sabendo), faz uma firmeza mental de que jamais repetirá esse erro e vai em frente.

Não assume o que não é capaz pois é bastante responsável por tudo que está sob suas mãos; pode assumir muita responsabilidade, mas dá conta de tudo. Não faz nada contra a sua natureza; racionaliza; faz devagar e com segurança - tudo tem o seu tempo - considera as situações e faz deduções, jamais advinha; quando alguma coisa vai mal, retira-se.

Dois capricornianos juntos conversam como formigas ocupadas, com as antenas ligadas em perfeito entendimento, desprezando as superficialidades. E juntos podem chegar a grandes sucessos sem gastar um tostão desnecessário. São plantados no chão e perfeitamente previsíveis: rotineiros, mas confiáveis.

Capricórnio deveria olhar-se com humor e procurar rir mais da vida e de si mesmo. O tempo é uma arma ao seu lado: ele foi uma criança adulta e precoce e torna-se um adulto que demora a envelhecer. Diverte-se à sua maneira; com qualquer coisa que lhe estimule a mente e tenha bom senso. Juntamente com a ambição, existe uma ternura interior, que ele sente alguma dificuldade em demonstrar.

Disciplinado, introvertido, sutil porque tudo tem um propósito, a vida é um negócio muito sério. É sensível à opinião pública: a vizinhança certa, a escola certa, o casamento certo, o emprego certo, as atitudes certas; enfim, o que é certo e apropriado. Desde cedo, começa a treinar-se com determinação e dureza. Após os 28 anos, a sua vida começa a se abrir, quando Saturno completa o primeiro retorno à sua posição no mapa natal. Enfrenta obstáculos para chegar à sua meta: a escalada da montanha.

É um idealista, com sua visão messiânica de quem quer melhorar o mundo, mas dentro de uma maneira prática e razoável. Acha que os fins justificam os meios. É o moralista que se impõe: "faça o que eu digo e não me contrarie, nem questione". Recusar seu conselho é ofendê-lo gravemente. Não admite oposição, é intolerante, se ele pode fazer algo, os outros também devem poder; mas na hora importante, é ele quem consegue os resultados.

É capaz de paixão e desejo, só que costuma se reprimir porque não confia nos outros. Guarda para si suas emoções e fantasias, porque estas não são coisas concretas e podem perturbar o seu trabalho. Fechando-se, as mágoas ficam reprimidas e dolorosas; se o seu orgulho for ferido, não esquece nem perdoa. Suporta. Suporta frustrações, restrições, dificuldades, porque sabe que tem um objetivo lá no alto. Sua frase-chave é eu utilizo. A palavra: ambição.

Capricórnio é o Estado organizado com seus territórios e grupos raciais, os quais governa e organiza, principalmente através da política e do jogo do poder. Mas pode ser a grande metrópole cósmica, aquele que atingiu a perfeição e que, vivendo só, fez de si mesmo um vasto mundo. O estadista ou o santo.

Um Estado é uma coisa concreta, com regulamentos e fronteiras. Para sobreviver, o Estado deve manter suas fronteiras ou estendê-las. Para isso, a massa deve ser educada, tornar-se técnica e profissional, a fim de que o Estado suba. O deus capricorniano chama-se, então, Civilização. Os reformadores e sonhadores, que não pertencem a esse grupo, vêm depois: são os aquarianos e piscianos.

Características positivas: cauteloso, responsável, convencional, profissional, tradicional, prático, trabalhador, econômico, sério.

Características negativas: egoísta, dominador, rancoroso, perfeccionista, fatalista, a cabeça governa o coração, teimoso, sorumbático, inibido, busca status, utiliza as pessoas.

Axé a todos
Emidio de Ogum
http://espadadeogum.blogspot.com
publicado por espadadeogum às 17:37
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Filhos de Ogum em 2015

. Oração para Ogum regente ...

. Simpatias para o ano novo...

. Tatuagem de caveira

. Previsões para 2015 Orixá...

. Tata Caveira

. Pai Nosso em Aramaico

. Água e a espiritualidade ...

. Oya Tempo

. Linha do Oriente na Umban...

.arquivos

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds