Sexta-feira, 11 de Março de 2011

Os mais lindos Pontos de Marinheiros



ANDAI NO MAR! (2X)
QUEM ACOMPANHA MARINHEIRO
TODA VIDA ANDA NO MAR!


MARINHEIRO, MARINHEIRO...
MARINHEIRO SÓ...
QUEM TE ENSINOU A NADAR...
MARINHEIRO SÓ...
OI FOI O TOMBO DO NAVIO...
MARINHEIRO SÓ...
OI FOI O BALANÇO DO MAR!
MARINHEIRO SÓ...
LÁ VEM...LÁ VEM...
ELE É FACEIRO... TODO DE BRANCO...
COM SEU BONEZINHO... MARINHEIRO, MARINHEIRO!
QUEM TE ENSINOU A NADAR...
OI FOI O TOMBO DO NAVIO...
OI FOI O BALANÇO DO MAR...
EU NÃO SOU DAQUI...EU SOU DO AMOR!
EU SOU DA BAHIA...DE SÃO SALVADOR!
MARINHEIRO SÓ...




Leia mais pontos em Mais Inormações



MARINHEIRO AGÜENTA O LEME
NÃO DEIXA A BARCA VIRAR!
É CONTRA O MAR
É CONTRA O VENTO!
É CONTRA O VENTO
É CONTRA O MAR!


Ô MARTIM PESCADOR QUE VIDA É A SUA?
BEBENDO CACHAÇA E CAINDO NA RUA!
NÃO VÁ BEBER... NÃO VÁ SE EMBRIAGAR!
NÃO VÁ CAIR NA RUA PRA POLÍCIA TE PEGAR!
EU JÁ BEBI... EU JÁ ME EMBRIAGUEI!
EU JÁ CAÍ NA RUA E A POLÍCIA NÃO PEGOU! 

EU VENHO DE LONGE PISANDO NA AREIA
NA AREIA TENHO QUE PISAR!
MAS ELE É SEU MARINHEIRO VERDADEIRO...
AQUI EM QUALQUER LUGAR!

UM BARQUINHO VEM VINDO DO MAR...
É O MARINHEIRO QUE VEM TRABALHAR!
ELE É FILHO DAS ÁGUAS CLARAS...
EU VENHO AQUI QUANDO ME CHAMAR!

MARINHEIRO VEM DO MAR...
NO BALANÇO DO NAVIO...
VEM TRAZENDO A SANTA BÊNÇÃO...
PARA TODOS OS SEUS FILHOS!
YEMANJÁ GOVERNA AS ÁGUAS
YANSÃ A TEMPESTADE
COM A FORÇA DO DIVINO
VEM TRAZENDO A CARIDADE!
NO CÉU A LUA BRILHA
AS ONDAS DO MAR BALANÇAM
NO DIA DE NOSSA SENHORA
NA AREIA A SEREIA CANTA!

EI MARINHEIRO
SEU BARCO ESTAVA AFUNDANDO!
AINDA BEM QUE ELE FOI SALVO
NA JANGADA DOS BAIANOS!

MINHA JANGADA VAI PARTIR PRO MAR!
VOU TRABALHAR... MEU BEM QUERER!
SE DEUS QUISER, QUANDO EU VOLTAR DO MAR
UM PEIXE BOM EU VOU TRAZER!
MEUS COMPANHEIROS TAMBÉM VÃO VOLTAR
E A DEUS DO CÉU VAMOS AGRADECER!

PUXA A MARRA, MARINHEIRO
PUXA A MARRA!
OLHA O PEIXE COMO CORRE PELA BARRA!

MEUS CARANGUEJINHOS DAS ONDAS DO MAR,
EU TRAGO OURO, EU TRAGO PRATA, DINHEIRO PARA GASTAR!
OI QUEM DE MIM PERGUNTAR
EU SOU MARTIN PESCADOR
QUANDO OS MEUS FILHOS ME CHAMAM VENHO CORRENDO AJUDAR
!

ZÉ PILINTRA NO CATIMBÓ
É TRATADO DE DOUTOR!
QUANDO ABRE A SUA MESA
TEM FAMA DE REZADOR!

QUEM É AQUELE HOMEM SENTADO LOGO ALI...
TODO DE TERNINHO BRANCO CHAPÉU DE PALHA
OLHOU PRA MIM...ELE É O ZÉ...
O ZÉ PILINTRA É...
ELE É MALANDRO ELE É BOÊMIO ELE É DE FÉ...

SEU ZÉ FECHE A PORTEIRA, CANCELAS E TRONQUEIRA!
NÃO DEIXE O MAL ENTRAR
OLHA QUE O GALO JÁ CANTOU NA ARUANDA
FAROFA NA FUNDANGA EU QUERO VER QUEIMAR!

OI ZÉ QUANDO FOR LÁ NA LAGOA
TOMA CUIDADO COM BALANÇO DA CANOA
OI ZÉ FAÇA TUDO QUE QUISER
SÓ NÃO MALTRATE O CORAÇÃO DESSA MULHER!

EU ENCONTREI O ZÉ PILINTRA NO CRUZEIRO...
CHORANDO PELO AMOR DE UMA MULHER...
ELE CHORAVA POR UMA MULHER CHORAVA POR UMA MULHER..
CHORAVA POR UMA MULHER QUE NÃO LHE AMAVA...

QUEM É QUE USA GRAVATA VERMELHO
TERNO BRANCO E CHAPÉU DE BANDA
E SEU ZÉ PILINTRA E DOUTOR DE UMBANDA
QUE VEM CHEGANDO DA SUA ARUANDA
BRAVO SR ZÉ PILINTRA CHEGOU
!

JUREMA, JUREMINHA, JUREMEIRA (2X)
SARAVÁ SEU ZÉ PILINTRA
SALVE A FOLHA DA GAMELEIRA!

COM SEU CHAPÉU DE PALHA
E SEU LENÇO NO PESCOÇO
ZÉ PILINTRA ESTÁ NA TERRA
PRA DIZER: BOA NOITE, MOÇO!
MORADOR LÁ NO SERTÃO
TRAZ SUA FIGA NO PÉ
SE NÃO ESTÁ ABORRECIDO
LOUVA JESUS DE NAZARÉ!

TRANCA RUAS E ZÉ PILINTRA
SÃO DOIS GRANDES COMPANHEIROS,
TRANCA RUAS NA ENCRUZA,
E ZÉ PILINTRA NO TERREIRO.

TEM GENTE QUE ME CHAMA DE AMIGO,
MAS NÃO POSSUI NO CORAÇÃO A LEALDADE,
SE PENSAM QUE ME ENGANAM EU NÃO ME ILUDO,
SEM LEALDADE NÃO EXISTE AMIZADE, É SÓ FALSIDADE!

LÁ NO MORRO É, QUE É LUGAR DE TIRAR ONDA. BIS
TOMANDO BRAHMA DE MEIA, JOGANDO BARALHO E RONDA.

DE MADRUGADA QUANDO VOU DESCENDO O MORRO,
A NEGA PENSA QUE EU VOU TRABALHAR. BIS
EU BOTO MEU BARALHO NO BOLSO,
MEU CACHECOL NO PESCOÇO.
E VOU PRA BARÃO DE MAUÁ!
MAS TRABALHAR, TRABALHAR PRA QUÊ? {BIS}
SE EU TRABALHAR EU VOU MORRER.

DE DIA NUMA LINDA BATUCADA
DE NOITE NOS BRAÇOS DA AMADA.
QUAL É QUE É, SEU ZÉ. QUAL É QUE É?
EU SEI QUE SEU CASO É MULHER.

CALÇA, CULOTE, PALETÓ, CAMISA FINA
SÓ ME FALTA UMA BOTINA, PRA ACABAR DE AJEITAR
É ZÉ PILINTRA SIM SENHOR, E ZÉ PILINTRA SEU DOUTOR
SEU DOUTOR, SEU DOUTOR…(BIS)

SEU ZÉ PILINTRA É QUEM CHEGOU AGORA
SEU ZÉ PILINTRA VEM PRA TRABALHAR
SEU ZÉ PILINTRA MESTRE DE ARUANDA
VAI FIRMAR SEU PONTO NESTE CONGÁ
ELE VEIO FOI DE ALAGOAS
MAS ELE VEIO PRA LHE AJUDAR
SEU ZÉ PILINTRA MESTRE DE ARUANDA
VAI FIRMAR SEU PONTO NESTE CONGÁ

DE TERNO BRANCO
SEU PUNHAL DE AÇO PURO
SEU PONTO É SEGURO
QUANDO VEM PRA TRABALHAR
SEGURA O NEGO
QUE ESSE NEGO É ZÉ PILINTRA
NA DESCIDA DO MORRO
ELE VEM TRABALHAR

ZÉ PILINTRA, ZÉ PILINTRA
BOÊMIO DA MADRUGADA
VEM NA LINHA DAS ALMAS
E TAMBÉM NA ENCRUZILHADA
AMIGO ZÉ PILINTRA
QUE NASCEU LÁ NO SERTÃO
ENFRENTOU A BOEMIA
COM SERESTA E VIOLÃO
HOJE NA LEI DE UMBANDA
ACREDITO NO SENHOR
POIS SOU SEU FILHO DE FÉ
POIS TEM FAMA DE DOUTOR
COM MAGIA E MIRONGAS
DANDO FORÇAS AO TERREIRO
SARAVÁ SEU ZÉ PILINTRA
O AMIGO VERDADEIRO

VALEI-ME SENHORA APARECIDA
PORQUE TU ÉS A GRANDE PADROEIRA
VALEI-ME SENHORA DO AMPARO
ESTRELA GUIA E O MEU POVO DA BAHIA
VALEI-ME SENHOR DO BONFIM
E OS BAIANOS DESTE PADROEIRO
VALEI-ME ORIXÁ FORMOSO
QUE GIRA - GIRA NESSE TERREIRO
QUEM VEM NA FRENTE É SEU ZÉ PILINTRA
COM SEU CHAPÉU DE LADO, SEU LENÇO ENCARNADO
ELE VEM SAUDAR FILHOS DE NAZARENO
PRA DAR MAIS FORÇA NESSE TERREIRO

SEU ZÉ PILINTRA QUANDO VEM LÁ DE ARUANDA
VEM VENCER SUA DEMANDA, VEM ABRIR SEU JACUTÁ
SAUDANDO O SOL, SAUDANDO O MAR
A ESTRELA GUIA QUE CLAREIA ESTE CONGÁ


SEU ZÉ PILINTRA QUANDO VEM
ELE TRÁS SUA MAGIA
PARA SAUDAR TODOS SEUS FILHOS
E RETIRAR FEITIÇARIA
PISA NA ARUANDA ZÉ PILINTRA EU QUERO VER
PISA NA ARUANDA ZÉ PILINTRA EU QUERO VER


EU BEM QUE DISSE A VOCÊS, MAS PARECE QUE EU ADIVINHO
E O FEITIÇO QUE TU TINHAS SEU ZÉ PILINTRA TIROU
DEU MEIA NOITE NA LUA DEU MEIO DIA NO SOL
SUSTENTE O PONTO SEU ZÉ QUE O PONTO É DE CATIMBÓ


SEU ZÉ PILINTRA NÃO TEVE PAI
SEU ZÉ PILINTRA NÃO TEVE MÃE
ELE FOI CRIADO POR OGUM BEIRA MAR
EM NOME DE DEUS E DE TODOS ORIXÁS!


LÁ VEM ZÉ, LÁ VEM ZÉ
LÁ VEM ZÉ LÁ DA JUREMA
LÁ VEM ZÉ LÁ VEM ZÉ
CHEGOU ZÉ DO JUREMÁ
QUANDO SENHOR ZÉ VEM DA JUREMA
TODO MUNDO QUER LHE VER
SENHOR ZÉ NÃO DESCE NUMA MESA
QUE NÃO TENHA O QUE BEBER
PRA SENHOR ZÉ - TEM TEM TEM
PRA SENHOR ZÉ - SEMPRE TERÁ
PRA SENHOR ZÉ - TEM O QUE BEBER
PRA SENHOR ZÉ - TEM O QUE FUMAR

SENHOR ZÉ BEBEU
QUEM MANDOU SENHOR ZÉ BEBER?
BOTE NO COPO QUE A CANECA ESTÁ FURADA....
SENHOR ZÉ NÃO BEBEU NADA!
A CACHAÇA É BOA
É DO P´R DA JARRA
AQUI MESMO EU BEBO
AQUI MESMO EU CAIO
E AQUI MESMO EU ME LEVANTO
SEM DAR TRABALHO!

SOU EU JOSÉ DOS ANJOS
QUE PASSEI POR SUA "ALDEIA"
7 ANJOS ME ACOMPANHAM
7 VELAS ME ALUMEIAM
DE CAMINHO PRA SANTA RITA
EU PASSEI POR QUATRO CANTOS
DANDO O NOME DE PILINTRA
MAS O MEU NOME É JOSÉ DOS ANJOS
JOSÉ DOS ANJOS SEREI
JOSÉ DOS ANJOS, SERÁ
SOU UM MESTRE BOM DA JUREMA
EU SOU O REI DO MEU JUREMÁ
É UM REI, É UM REI, É UM REI ARRIÁ
TRIUNFA JOSÉ DOS ANJOS NA MESA DO JUREMÁ

FOI NA MATRIZ DE BELÉM,
NO ALTAR DA CONCEPÇÃO
DEFUMANDO OS MEUS FILHOS
COM OS PODERES DA SANTÍSSIMA TRINDADE
Ô MEU BOM JESUS
ELE QUEIRA ME GUIAR
POIS NA MATRIZ DE BELÉM
MORA O PAI CELESTIAL
EU ROMPO MATAS E BRENHAS
DESDE A VARANDA DO JUREMÁ
EU ME CHAMO É ZÉ PRÁ-TUDO
E PARA QUE MANDOU ME CHAMAR?
NAQUELE PAU A CIMA TEM UM REI
CORRE O CIPÓ MOCUNÂ
DESDE AQUELA GALHA À FORA
CANTA UM PÁSSARO, É UM REI CAUÃ
CANTA REI CANTA REI CAUÃ
CANTA REI CANTA REI CAUÃ.

QUEM QUISER QUE A SOMBRA CUBRA
QUEM QUISER QUE A SOMBRA CUBRA
FIQUE NUM PAU RAMALHUDO
POIS A SOMBRA DE ZÉ FELIPE
E A SOMBRA QUE COBRE TUDO.

QUEM TIVER DORMINDO ACORDE
QUEM TIVER DORMINDO ACORDE
QUE MEU RELÓGIO JÁ DEU HORA
POBREZINHO DE ZÉ MOLEQUE
POBREZINHO DE ZÉ MOLEQUE
ELE VEM CHEGANDO,
VEM DE MUNDO À FORA
NA BOLA DE SEU APITO
NA BOLA DE SEU APITO
TEM SEMENTE DE JUREMA
ELE É MOLEQUE, ELE É MENINO
ELE É MENINO ELE É TRAQUINO.

ELE SE CHAMA ZÉ DA BAGACEIRA
QUE VOCÊS OUVIRAM FALAR
TRABALHAVA DIA E NOITE
DENTRO DOS "CANAVIÁ"
MAS LÁ NO SEU ENGENHO
ELE SÓ TEM É CANA-FITA
ELE SE CHAMA ZÉ DA BAGACEIRA
DO ALTO DA BELA VISTA
ELE VAI FAZER BAGAÇO
NO ALTO DA BELA VISTA
ELE É ZÉ DA BAGACEIRA
DO ALTO DA BELA VISTA

SENHOR ZÉ GOSTA DE CANA
E A CANA GOSTA DE ZÉ
SENHOR ZÉ VIRA A CANA
E A CANA NÃO VIRA ZÉ
MAS CHEGOU UM BÊBADO
NO MEIO DO SALÃO
NO MEIO DO SALÃO
ELE APANHOU DE CIPÓ
MAS SR. ZÉ...
QUAL É O PÓ?

SR. ZÉ TEM UMA BENGALA
QUE NA PONTA DELA TEM SETE FIVELAS
O INIMIGO QUE APANHA COM ELE
OU LHE DÁ UM COÇA-COÇA
OU LHE DÁ UM PÉLA-PÉLA!

JOSÉ PRETINHO, MEU NEGUINHO
TIRE O CHAPÉU DA CABEÇA
QUEM TIVER BOM, BOTE
QUEM NÃO TIVER, NÃO SE META
EU QUERO O MEU SERVIÇO FEITO
NA SOMBRA DE UM "PAU-LINHEIRO"
EU VOU CORTAR GALHOS DE JUREMA
PRA DAR LAPADA EM FEITICEIRO
O PAU PENDEU, O PAU PENDEU
DA JUREMA CHEGUEI EU
O PAU PENDEU, MAS NÃO CAIU
EU PASSEI PELA JUREMA E NINGUÉM NEM ME VIU.
EU JÁ PLANTEI UMA SEMENTE
NO QUINTAL DE UM MACUMBEIRO
ELE TRABALHA NOITE E DIA
MAS EU TRABALHO O ANO INTEIRO.
CEGO É QUEM NÃO ENXERGA
POR UMA CERCA DE VARAS...
NÃO HÁ QUEM CUSPA PRA CIMA
QUE NÃO LHE CAIA NA CARA.

CHAPÉU AMARELO
LÁ NO MEU GONGÁ
É SENHOR JOSÉ PILINTRA, AI MEU DEUS
NA MESA ARRIÁ
OLHE PARA O CÉU E VEJA UMA LUZ
É JOSÉ PILINTRA, AI MEU DEUS
QUE VEM RECEBER A LUZ...
QUE DEUS LHE DÊ MAIOR PODER
E DA MAIOR FORÇA QUE HÁ....!
QUEM FOI QUE VIU ZÉ PILINTRA
BRINCANDO NESTE SALÃO
COM A SUA GARRAFA DE PINGA
E SEU CHARUTO MÃO
DENTRO DA VILA DO CABO
FOI PRIMEIRO SEM SEGUNDO
NA BOCA DE QUEM NÃO PRESTA
ZÉ PILINTRA É VAGABUNDO
DENTRO DA VILA DO CABO
SETE VENDAS SE FECHOU
FOI COM A FUMAÇA CONTRÁRIA
QUE ZÉ PILINTRA MANDOU
EU NÃO GOSTO DE CACHAÇA
E NEM MEU MANO GOSTA DELA
EU BEBO SETE GARRAFAS
E MEU MANO, SETE TIGELAS.




Que a Divina Luz esteja entre nós 
Emidio de Ogum 
http://espadadeogum.blogspot.com
publicado por espadadeogum às 20:28
link do post | comentar | favorito
|

Os mais lindos Pontos de Marinheiros



ANDAI NO MAR! (2X)
QUEM ACOMPANHA MARINHEIRO
TODA VIDA ANDA NO MAR!


MARINHEIRO, MARINHEIRO...
MARINHEIRO SÓ...
QUEM TE ENSINOU A NADAR...
MARINHEIRO SÓ...
OI FOI O TOMBO DO NAVIO...
MARINHEIRO SÓ...
OI FOI O BALANÇO DO MAR!
MARINHEIRO SÓ...
LÁ VEM...LÁ VEM...
ELE É FACEIRO... TODO DE BRANCO...
COM SEU BONEZINHO... MARINHEIRO, MARINHEIRO!
QUEM TE ENSINOU A NADAR...
OI FOI O TOMBO DO NAVIO...
OI FOI O BALANÇO DO MAR...
EU NÃO SOU DAQUI...EU SOU DO AMOR!
EU SOU DA BAHIA...DE SÃO SALVADOR!
MARINHEIRO SÓ...




Leia mais pontos em Mais Inormações



MARINHEIRO AGÜENTA O LEME
NÃO DEIXA A BARCA VIRAR!
É CONTRA O MAR
É CONTRA O VENTO!
É CONTRA O VENTO
É CONTRA O MAR!


Ô MARTIM PESCADOR QUE VIDA É A SUA?
BEBENDO CACHAÇA E CAINDO NA RUA!
NÃO VÁ BEBER... NÃO VÁ SE EMBRIAGAR!
NÃO VÁ CAIR NA RUA PRA POLÍCIA TE PEGAR!
EU JÁ BEBI... EU JÁ ME EMBRIAGUEI!
EU JÁ CAÍ NA RUA E A POLÍCIA NÃO PEGOU! 

EU VENHO DE LONGE PISANDO NA AREIA
NA AREIA TENHO QUE PISAR!
MAS ELE É SEU MARINHEIRO VERDADEIRO...
AQUI EM QUALQUER LUGAR!

UM BARQUINHO VEM VINDO DO MAR...
É O MARINHEIRO QUE VEM TRABALHAR!
ELE É FILHO DAS ÁGUAS CLARAS...
EU VENHO AQUI QUANDO ME CHAMAR!

MARINHEIRO VEM DO MAR...
NO BALANÇO DO NAVIO...
VEM TRAZENDO A SANTA BÊNÇÃO...
PARA TODOS OS SEUS FILHOS!
YEMANJÁ GOVERNA AS ÁGUAS
YANSÃ A TEMPESTADE
COM A FORÇA DO DIVINO
VEM TRAZENDO A CARIDADE!
NO CÉU A LUA BRILHA
AS ONDAS DO MAR BALANÇAM
NO DIA DE NOSSA SENHORA
NA AREIA A SEREIA CANTA!

EI MARINHEIRO
SEU BARCO ESTAVA AFUNDANDO!
AINDA BEM QUE ELE FOI SALVO
NA JANGADA DOS BAIANOS!

MINHA JANGADA VAI PARTIR PRO MAR!
VOU TRABALHAR... MEU BEM QUERER!
SE DEUS QUISER, QUANDO EU VOLTAR DO MAR
UM PEIXE BOM EU VOU TRAZER!
MEUS COMPANHEIROS TAMBÉM VÃO VOLTAR
E A DEUS DO CÉU VAMOS AGRADECER!

PUXA A MARRA, MARINHEIRO
PUXA A MARRA!
OLHA O PEIXE COMO CORRE PELA BARRA!

MEUS CARANGUEJINHOS DAS ONDAS DO MAR,
EU TRAGO OURO, EU TRAGO PRATA, DINHEIRO PARA GASTAR!
OI QUEM DE MIM PERGUNTAR
EU SOU MARTIN PESCADOR
QUANDO OS MEUS FILHOS ME CHAMAM VENHO CORRENDO AJUDAR
!

ZÉ PILINTRA NO CATIMBÓ
É TRATADO DE DOUTOR!
QUANDO ABRE A SUA MESA
TEM FAMA DE REZADOR!

QUEM É AQUELE HOMEM SENTADO LOGO ALI...
TODO DE TERNINHO BRANCO CHAPÉU DE PALHA
OLHOU PRA MIM...ELE É O ZÉ...
O ZÉ PILINTRA É...
ELE É MALANDRO ELE É BOÊMIO ELE É DE FÉ...

SEU ZÉ FECHE A PORTEIRA, CANCELAS E TRONQUEIRA!
NÃO DEIXE O MAL ENTRAR
OLHA QUE O GALO JÁ CANTOU NA ARUANDA
FAROFA NA FUNDANGA EU QUERO VER QUEIMAR!

OI ZÉ QUANDO FOR LÁ NA LAGOA
TOMA CUIDADO COM BALANÇO DA CANOA
OI ZÉ FAÇA TUDO QUE QUISER
SÓ NÃO MALTRATE O CORAÇÃO DESSA MULHER!

EU ENCONTREI O ZÉ PILINTRA NO CRUZEIRO...
CHORANDO PELO AMOR DE UMA MULHER...
ELE CHORAVA POR UMA MULHER CHORAVA POR UMA MULHER..
CHORAVA POR UMA MULHER QUE NÃO LHE AMAVA...

QUEM É QUE USA GRAVATA VERMELHO
TERNO BRANCO E CHAPÉU DE BANDA
E SEU ZÉ PILINTRA E DOUTOR DE UMBANDA
QUE VEM CHEGANDO DA SUA ARUANDA
BRAVO SR ZÉ PILINTRA CHEGOU
!

JUREMA, JUREMINHA, JUREMEIRA (2X)
SARAVÁ SEU ZÉ PILINTRA
SALVE A FOLHA DA GAMELEIRA!

COM SEU CHAPÉU DE PALHA
E SEU LENÇO NO PESCOÇO
ZÉ PILINTRA ESTÁ NA TERRA
PRA DIZER: BOA NOITE, MOÇO!
MORADOR LÁ NO SERTÃO
TRAZ SUA FIGA NO PÉ
SE NÃO ESTÁ ABORRECIDO
LOUVA JESUS DE NAZARÉ!

TRANCA RUAS E ZÉ PILINTRA
SÃO DOIS GRANDES COMPANHEIROS,
TRANCA RUAS NA ENCRUZA,
E ZÉ PILINTRA NO TERREIRO.

TEM GENTE QUE ME CHAMA DE AMIGO,
MAS NÃO POSSUI NO CORAÇÃO A LEALDADE,
SE PENSAM QUE ME ENGANAM EU NÃO ME ILUDO,
SEM LEALDADE NÃO EXISTE AMIZADE, É SÓ FALSIDADE!

LÁ NO MORRO É, QUE É LUGAR DE TIRAR ONDA. BIS
TOMANDO BRAHMA DE MEIA, JOGANDO BARALHO E RONDA.

DE MADRUGADA QUANDO VOU DESCENDO O MORRO,
A NEGA PENSA QUE EU VOU TRABALHAR. BIS
EU BOTO MEU BARALHO NO BOLSO,
MEU CACHECOL NO PESCOÇO.
E VOU PRA BARÃO DE MAUÁ!
MAS TRABALHAR, TRABALHAR PRA QUÊ? {BIS}
SE EU TRABALHAR EU VOU MORRER.

DE DIA NUMA LINDA BATUCADA
DE NOITE NOS BRAÇOS DA AMADA.
QUAL É QUE É, SEU ZÉ. QUAL É QUE É?
EU SEI QUE SEU CASO É MULHER.

CALÇA, CULOTE, PALETÓ, CAMISA FINA
SÓ ME FALTA UMA BOTINA, PRA ACABAR DE AJEITAR
É ZÉ PILINTRA SIM SENHOR, E ZÉ PILINTRA SEU DOUTOR
SEU DOUTOR, SEU DOUTOR…(BIS)

SEU ZÉ PILINTRA É QUEM CHEGOU AGORA
SEU ZÉ PILINTRA VEM PRA TRABALHAR
SEU ZÉ PILINTRA MESTRE DE ARUANDA
VAI FIRMAR SEU PONTO NESTE CONGÁ
ELE VEIO FOI DE ALAGOAS
MAS ELE VEIO PRA LHE AJUDAR
SEU ZÉ PILINTRA MESTRE DE ARUANDA
VAI FIRMAR SEU PONTO NESTE CONGÁ

DE TERNO BRANCO
SEU PUNHAL DE AÇO PURO
SEU PONTO É SEGURO
QUANDO VEM PRA TRABALHAR
SEGURA O NEGO
QUE ESSE NEGO É ZÉ PILINTRA
NA DESCIDA DO MORRO
ELE VEM TRABALHAR

ZÉ PILINTRA, ZÉ PILINTRA
BOÊMIO DA MADRUGADA
VEM NA LINHA DAS ALMAS
E TAMBÉM NA ENCRUZILHADA
AMIGO ZÉ PILINTRA
QUE NASCEU LÁ NO SERTÃO
ENFRENTOU A BOEMIA
COM SERESTA E VIOLÃO
HOJE NA LEI DE UMBANDA
ACREDITO NO SENHOR
POIS SOU SEU FILHO DE FÉ
POIS TEM FAMA DE DOUTOR
COM MAGIA E MIRONGAS
DANDO FORÇAS AO TERREIRO
SARAVÁ SEU ZÉ PILINTRA
O AMIGO VERDADEIRO

VALEI-ME SENHORA APARECIDA
PORQUE TU ÉS A GRANDE PADROEIRA
VALEI-ME SENHORA DO AMPARO
ESTRELA GUIA E O MEU POVO DA BAHIA
VALEI-ME SENHOR DO BONFIM
E OS BAIANOS DESTE PADROEIRO
VALEI-ME ORIXÁ FORMOSO
QUE GIRA - GIRA NESSE TERREIRO
QUEM VEM NA FRENTE É SEU ZÉ PILINTRA
COM SEU CHAPÉU DE LADO, SEU LENÇO ENCARNADO
ELE VEM SAUDAR FILHOS DE NAZARENO
PRA DAR MAIS FORÇA NESSE TERREIRO

SEU ZÉ PILINTRA QUANDO VEM LÁ DE ARUANDA
VEM VENCER SUA DEMANDA, VEM ABRIR SEU JACUTÁ
SAUDANDO O SOL, SAUDANDO O MAR
A ESTRELA GUIA QUE CLAREIA ESTE CONGÁ


SEU ZÉ PILINTRA QUANDO VEM
ELE TRÁS SUA MAGIA
PARA SAUDAR TODOS SEUS FILHOS
E RETIRAR FEITIÇARIA
PISA NA ARUANDA ZÉ PILINTRA EU QUERO VER
PISA NA ARUANDA ZÉ PILINTRA EU QUERO VER


EU BEM QUE DISSE A VOCÊS, MAS PARECE QUE EU ADIVINHO
E O FEITIÇO QUE TU TINHAS SEU ZÉ PILINTRA TIROU
DEU MEIA NOITE NA LUA DEU MEIO DIA NO SOL
SUSTENTE O PONTO SEU ZÉ QUE O PONTO É DE CATIMBÓ


SEU ZÉ PILINTRA NÃO TEVE PAI
SEU ZÉ PILINTRA NÃO TEVE MÃE
ELE FOI CRIADO POR OGUM BEIRA MAR
EM NOME DE DEUS E DE TODOS ORIXÁS!


LÁ VEM ZÉ, LÁ VEM ZÉ
LÁ VEM ZÉ LÁ DA JUREMA
LÁ VEM ZÉ LÁ VEM ZÉ
CHEGOU ZÉ DO JUREMÁ
QUANDO SENHOR ZÉ VEM DA JUREMA
TODO MUNDO QUER LHE VER
SENHOR ZÉ NÃO DESCE NUMA MESA
QUE NÃO TENHA O QUE BEBER
PRA SENHOR ZÉ - TEM TEM TEM
PRA SENHOR ZÉ - SEMPRE TERÁ
PRA SENHOR ZÉ - TEM O QUE BEBER
PRA SENHOR ZÉ - TEM O QUE FUMAR

SENHOR ZÉ BEBEU
QUEM MANDOU SENHOR ZÉ BEBER?
BOTE NO COPO QUE A CANECA ESTÁ FURADA....
SENHOR ZÉ NÃO BEBEU NADA!
A CACHAÇA É BOA
É DO P´R DA JARRA
AQUI MESMO EU BEBO
AQUI MESMO EU CAIO
E AQUI MESMO EU ME LEVANTO
SEM DAR TRABALHO!

SOU EU JOSÉ DOS ANJOS
QUE PASSEI POR SUA "ALDEIA"
7 ANJOS ME ACOMPANHAM
7 VELAS ME ALUMEIAM
DE CAMINHO PRA SANTA RITA
EU PASSEI POR QUATRO CANTOS
DANDO O NOME DE PILINTRA
MAS O MEU NOME É JOSÉ DOS ANJOS
JOSÉ DOS ANJOS SEREI
JOSÉ DOS ANJOS, SERÁ
SOU UM MESTRE BOM DA JUREMA
EU SOU O REI DO MEU JUREMÁ
É UM REI, É UM REI, É UM REI ARRIÁ
TRIUNFA JOSÉ DOS ANJOS NA MESA DO JUREMÁ

FOI NA MATRIZ DE BELÉM,
NO ALTAR DA CONCEPÇÃO
DEFUMANDO OS MEUS FILHOS
COM OS PODERES DA SANTÍSSIMA TRINDADE
Ô MEU BOM JESUS
ELE QUEIRA ME GUIAR
POIS NA MATRIZ DE BELÉM
MORA O PAI CELESTIAL
EU ROMPO MATAS E BRENHAS
DESDE A VARANDA DO JUREMÁ
EU ME CHAMO É ZÉ PRÁ-TUDO
E PARA QUE MANDOU ME CHAMAR?
NAQUELE PAU A CIMA TEM UM REI
CORRE O CIPÓ MOCUNÂ
DESDE AQUELA GALHA À FORA
CANTA UM PÁSSARO, É UM REI CAUÃ
CANTA REI CANTA REI CAUÃ
CANTA REI CANTA REI CAUÃ.

QUEM QUISER QUE A SOMBRA CUBRA
QUEM QUISER QUE A SOMBRA CUBRA
FIQUE NUM PAU RAMALHUDO
POIS A SOMBRA DE ZÉ FELIPE
E A SOMBRA QUE COBRE TUDO.

QUEM TIVER DORMINDO ACORDE
QUEM TIVER DORMINDO ACORDE
QUE MEU RELÓGIO JÁ DEU HORA
POBREZINHO DE ZÉ MOLEQUE
POBREZINHO DE ZÉ MOLEQUE
ELE VEM CHEGANDO,
VEM DE MUNDO À FORA
NA BOLA DE SEU APITO
NA BOLA DE SEU APITO
TEM SEMENTE DE JUREMA
ELE É MOLEQUE, ELE É MENINO
ELE É MENINO ELE É TRAQUINO.

ELE SE CHAMA ZÉ DA BAGACEIRA
QUE VOCÊS OUVIRAM FALAR
TRABALHAVA DIA E NOITE
DENTRO DOS "CANAVIÁ"
MAS LÁ NO SEU ENGENHO
ELE SÓ TEM É CANA-FITA
ELE SE CHAMA ZÉ DA BAGACEIRA
DO ALTO DA BELA VISTA
ELE VAI FAZER BAGAÇO
NO ALTO DA BELA VISTA
ELE É ZÉ DA BAGACEIRA
DO ALTO DA BELA VISTA

SENHOR ZÉ GOSTA DE CANA
E A CANA GOSTA DE ZÉ
SENHOR ZÉ VIRA A CANA
E A CANA NÃO VIRA ZÉ
MAS CHEGOU UM BÊBADO
NO MEIO DO SALÃO
NO MEIO DO SALÃO
ELE APANHOU DE CIPÓ
MAS SR. ZÉ...
QUAL É O PÓ?

SR. ZÉ TEM UMA BENGALA
QUE NA PONTA DELA TEM SETE FIVELAS
O INIMIGO QUE APANHA COM ELE
OU LHE DÁ UM COÇA-COÇA
OU LHE DÁ UM PÉLA-PÉLA!

JOSÉ PRETINHO, MEU NEGUINHO
TIRE O CHAPÉU DA CABEÇA
QUEM TIVER BOM, BOTE
QUEM NÃO TIVER, NÃO SE META
EU QUERO O MEU SERVIÇO FEITO
NA SOMBRA DE UM "PAU-LINHEIRO"
EU VOU CORTAR GALHOS DE JUREMA
PRA DAR LAPADA EM FEITICEIRO
O PAU PENDEU, O PAU PENDEU
DA JUREMA CHEGUEI EU
O PAU PENDEU, MAS NÃO CAIU
EU PASSEI PELA JUREMA E NINGUÉM NEM ME VIU.
EU JÁ PLANTEI UMA SEMENTE
NO QUINTAL DE UM MACUMBEIRO
ELE TRABALHA NOITE E DIA
MAS EU TRABALHO O ANO INTEIRO.
CEGO É QUEM NÃO ENXERGA
POR UMA CERCA DE VARAS...
NÃO HÁ QUEM CUSPA PRA CIMA
QUE NÃO LHE CAIA NA CARA.

CHAPÉU AMARELO
LÁ NO MEU GONGÁ
É SENHOR JOSÉ PILINTRA, AI MEU DEUS
NA MESA ARRIÁ
OLHE PARA O CÉU E VEJA UMA LUZ
É JOSÉ PILINTRA, AI MEU DEUS
QUE VEM RECEBER A LUZ...
QUE DEUS LHE DÊ MAIOR PODER
E DA MAIOR FORÇA QUE HÁ....!
QUEM FOI QUE VIU ZÉ PILINTRA
BRINCANDO NESTE SALÃO
COM A SUA GARRAFA DE PINGA
E SEU CHARUTO MÃO
DENTRO DA VILA DO CABO
FOI PRIMEIRO SEM SEGUNDO
NA BOCA DE QUEM NÃO PRESTA
ZÉ PILINTRA É VAGABUNDO
DENTRO DA VILA DO CABO
SETE VENDAS SE FECHOU
FOI COM A FUMAÇA CONTRÁRIA
QUE ZÉ PILINTRA MANDOU
EU NÃO GOSTO DE CACHAÇA
E NEM MEU MANO GOSTA DELA
EU BEBO SETE GARRAFAS
E MEU MANO, SETE TIGELAS.




Que a Divina Luz esteja entre nós 
Emidio de Ogum 
http://espadadeogum.blogspot.com
publicado por espadadeogum às 20:28
link do post | comentar | favorito
|

Os mais lindos Pontos de Marinheiros



ANDAI NO MAR! (2X)
QUEM ACOMPANHA MARINHEIRO
TODA VIDA ANDA NO MAR!


MARINHEIRO, MARINHEIRO...
MARINHEIRO SÓ...
QUEM TE ENSINOU A NADAR...
MARINHEIRO SÓ...
OI FOI O TOMBO DO NAVIO...
MARINHEIRO SÓ...
OI FOI O BALANÇO DO MAR!
MARINHEIRO SÓ...
LÁ VEM...LÁ VEM...
ELE É FACEIRO... TODO DE BRANCO...
COM SEU BONEZINHO... MARINHEIRO, MARINHEIRO!
QUEM TE ENSINOU A NADAR...
OI FOI O TOMBO DO NAVIO...
OI FOI O BALANÇO DO MAR...
EU NÃO SOU DAQUI...EU SOU DO AMOR!
EU SOU DA BAHIA...DE SÃO SALVADOR!
MARINHEIRO SÓ...




Leia mais pontos em Mais Inormações



MARINHEIRO AGÜENTA O LEME
NÃO DEIXA A BARCA VIRAR!
É CONTRA O MAR
É CONTRA O VENTO!
É CONTRA O VENTO
É CONTRA O MAR!


Ô MARTIM PESCADOR QUE VIDA É A SUA?
BEBENDO CACHAÇA E CAINDO NA RUA!
NÃO VÁ BEBER... NÃO VÁ SE EMBRIAGAR!
NÃO VÁ CAIR NA RUA PRA POLÍCIA TE PEGAR!
EU JÁ BEBI... EU JÁ ME EMBRIAGUEI!
EU JÁ CAÍ NA RUA E A POLÍCIA NÃO PEGOU! 

EU VENHO DE LONGE PISANDO NA AREIA
NA AREIA TENHO QUE PISAR!
MAS ELE É SEU MARINHEIRO VERDADEIRO...
AQUI EM QUALQUER LUGAR!

UM BARQUINHO VEM VINDO DO MAR...
É O MARINHEIRO QUE VEM TRABALHAR!
ELE É FILHO DAS ÁGUAS CLARAS...
EU VENHO AQUI QUANDO ME CHAMAR!

MARINHEIRO VEM DO MAR...
NO BALANÇO DO NAVIO...
VEM TRAZENDO A SANTA BÊNÇÃO...
PARA TODOS OS SEUS FILHOS!
YEMANJÁ GOVERNA AS ÁGUAS
YANSÃ A TEMPESTADE
COM A FORÇA DO DIVINO
VEM TRAZENDO A CARIDADE!
NO CÉU A LUA BRILHA
AS ONDAS DO MAR BALANÇAM
NO DIA DE NOSSA SENHORA
NA AREIA A SEREIA CANTA!

EI MARINHEIRO
SEU BARCO ESTAVA AFUNDANDO!
AINDA BEM QUE ELE FOI SALVO
NA JANGADA DOS BAIANOS!

MINHA JANGADA VAI PARTIR PRO MAR!
VOU TRABALHAR... MEU BEM QUERER!
SE DEUS QUISER, QUANDO EU VOLTAR DO MAR
UM PEIXE BOM EU VOU TRAZER!
MEUS COMPANHEIROS TAMBÉM VÃO VOLTAR
E A DEUS DO CÉU VAMOS AGRADECER!

PUXA A MARRA, MARINHEIRO
PUXA A MARRA!
OLHA O PEIXE COMO CORRE PELA BARRA!

MEUS CARANGUEJINHOS DAS ONDAS DO MAR,
EU TRAGO OURO, EU TRAGO PRATA, DINHEIRO PARA GASTAR!
OI QUEM DE MIM PERGUNTAR
EU SOU MARTIN PESCADOR
QUANDO OS MEUS FILHOS ME CHAMAM VENHO CORRENDO AJUDAR
!

ZÉ PILINTRA NO CATIMBÓ
É TRATADO DE DOUTOR!
QUANDO ABRE A SUA MESA
TEM FAMA DE REZADOR!

QUEM É AQUELE HOMEM SENTADO LOGO ALI...
TODO DE TERNINHO BRANCO CHAPÉU DE PALHA
OLHOU PRA MIM...ELE É O ZÉ...
O ZÉ PILINTRA É...
ELE É MALANDRO ELE É BOÊMIO ELE É DE FÉ...

SEU ZÉ FECHE A PORTEIRA, CANCELAS E TRONQUEIRA!
NÃO DEIXE O MAL ENTRAR
OLHA QUE O GALO JÁ CANTOU NA ARUANDA
FAROFA NA FUNDANGA EU QUERO VER QUEIMAR!

OI ZÉ QUANDO FOR LÁ NA LAGOA
TOMA CUIDADO COM BALANÇO DA CANOA
OI ZÉ FAÇA TUDO QUE QUISER
SÓ NÃO MALTRATE O CORAÇÃO DESSA MULHER!

EU ENCONTREI O ZÉ PILINTRA NO CRUZEIRO...
CHORANDO PELO AMOR DE UMA MULHER...
ELE CHORAVA POR UMA MULHER CHORAVA POR UMA MULHER..
CHORAVA POR UMA MULHER QUE NÃO LHE AMAVA...

QUEM É QUE USA GRAVATA VERMELHO
TERNO BRANCO E CHAPÉU DE BANDA
E SEU ZÉ PILINTRA E DOUTOR DE UMBANDA
QUE VEM CHEGANDO DA SUA ARUANDA
BRAVO SR ZÉ PILINTRA CHEGOU
!

JUREMA, JUREMINHA, JUREMEIRA (2X)
SARAVÁ SEU ZÉ PILINTRA
SALVE A FOLHA DA GAMELEIRA!

COM SEU CHAPÉU DE PALHA
E SEU LENÇO NO PESCOÇO
ZÉ PILINTRA ESTÁ NA TERRA
PRA DIZER: BOA NOITE, MOÇO!
MORADOR LÁ NO SERTÃO
TRAZ SUA FIGA NO PÉ
SE NÃO ESTÁ ABORRECIDO
LOUVA JESUS DE NAZARÉ!

TRANCA RUAS E ZÉ PILINTRA
SÃO DOIS GRANDES COMPANHEIROS,
TRANCA RUAS NA ENCRUZA,
E ZÉ PILINTRA NO TERREIRO.

TEM GENTE QUE ME CHAMA DE AMIGO,
MAS NÃO POSSUI NO CORAÇÃO A LEALDADE,
SE PENSAM QUE ME ENGANAM EU NÃO ME ILUDO,
SEM LEALDADE NÃO EXISTE AMIZADE, É SÓ FALSIDADE!

LÁ NO MORRO É, QUE É LUGAR DE TIRAR ONDA. BIS
TOMANDO BRAHMA DE MEIA, JOGANDO BARALHO E RONDA.

DE MADRUGADA QUANDO VOU DESCENDO O MORRO,
A NEGA PENSA QUE EU VOU TRABALHAR. BIS
EU BOTO MEU BARALHO NO BOLSO,
MEU CACHECOL NO PESCOÇO.
E VOU PRA BARÃO DE MAUÁ!
MAS TRABALHAR, TRABALHAR PRA QUÊ? {BIS}
SE EU TRABALHAR EU VOU MORRER.

DE DIA NUMA LINDA BATUCADA
DE NOITE NOS BRAÇOS DA AMADA.
QUAL É QUE É, SEU ZÉ. QUAL É QUE É?
EU SEI QUE SEU CASO É MULHER.

CALÇA, CULOTE, PALETÓ, CAMISA FINA
SÓ ME FALTA UMA BOTINA, PRA ACABAR DE AJEITAR
É ZÉ PILINTRA SIM SENHOR, E ZÉ PILINTRA SEU DOUTOR
SEU DOUTOR, SEU DOUTOR…(BIS)

SEU ZÉ PILINTRA É QUEM CHEGOU AGORA
SEU ZÉ PILINTRA VEM PRA TRABALHAR
SEU ZÉ PILINTRA MESTRE DE ARUANDA
VAI FIRMAR SEU PONTO NESTE CONGÁ
ELE VEIO FOI DE ALAGOAS
MAS ELE VEIO PRA LHE AJUDAR
SEU ZÉ PILINTRA MESTRE DE ARUANDA
VAI FIRMAR SEU PONTO NESTE CONGÁ

DE TERNO BRANCO
SEU PUNHAL DE AÇO PURO
SEU PONTO É SEGURO
QUANDO VEM PRA TRABALHAR
SEGURA O NEGO
QUE ESSE NEGO É ZÉ PILINTRA
NA DESCIDA DO MORRO
ELE VEM TRABALHAR

ZÉ PILINTRA, ZÉ PILINTRA
BOÊMIO DA MADRUGADA
VEM NA LINHA DAS ALMAS
E TAMBÉM NA ENCRUZILHADA
AMIGO ZÉ PILINTRA
QUE NASCEU LÁ NO SERTÃO
ENFRENTOU A BOEMIA
COM SERESTA E VIOLÃO
HOJE NA LEI DE UMBANDA
ACREDITO NO SENHOR
POIS SOU SEU FILHO DE FÉ
POIS TEM FAMA DE DOUTOR
COM MAGIA E MIRONGAS
DANDO FORÇAS AO TERREIRO
SARAVÁ SEU ZÉ PILINTRA
O AMIGO VERDADEIRO

VALEI-ME SENHORA APARECIDA
PORQUE TU ÉS A GRANDE PADROEIRA
VALEI-ME SENHORA DO AMPARO
ESTRELA GUIA E O MEU POVO DA BAHIA
VALEI-ME SENHOR DO BONFIM
E OS BAIANOS DESTE PADROEIRO
VALEI-ME ORIXÁ FORMOSO
QUE GIRA - GIRA NESSE TERREIRO
QUEM VEM NA FRENTE É SEU ZÉ PILINTRA
COM SEU CHAPÉU DE LADO, SEU LENÇO ENCARNADO
ELE VEM SAUDAR FILHOS DE NAZARENO
PRA DAR MAIS FORÇA NESSE TERREIRO

SEU ZÉ PILINTRA QUANDO VEM LÁ DE ARUANDA
VEM VENCER SUA DEMANDA, VEM ABRIR SEU JACUTÁ
SAUDANDO O SOL, SAUDANDO O MAR
A ESTRELA GUIA QUE CLAREIA ESTE CONGÁ


SEU ZÉ PILINTRA QUANDO VEM
ELE TRÁS SUA MAGIA
PARA SAUDAR TODOS SEUS FILHOS
E RETIRAR FEITIÇARIA
PISA NA ARUANDA ZÉ PILINTRA EU QUERO VER
PISA NA ARUANDA ZÉ PILINTRA EU QUERO VER


EU BEM QUE DISSE A VOCÊS, MAS PARECE QUE EU ADIVINHO
E O FEITIÇO QUE TU TINHAS SEU ZÉ PILINTRA TIROU
DEU MEIA NOITE NA LUA DEU MEIO DIA NO SOL
SUSTENTE O PONTO SEU ZÉ QUE O PONTO É DE CATIMBÓ


SEU ZÉ PILINTRA NÃO TEVE PAI
SEU ZÉ PILINTRA NÃO TEVE MÃE
ELE FOI CRIADO POR OGUM BEIRA MAR
EM NOME DE DEUS E DE TODOS ORIXÁS!


LÁ VEM ZÉ, LÁ VEM ZÉ
LÁ VEM ZÉ LÁ DA JUREMA
LÁ VEM ZÉ LÁ VEM ZÉ
CHEGOU ZÉ DO JUREMÁ
QUANDO SENHOR ZÉ VEM DA JUREMA
TODO MUNDO QUER LHE VER
SENHOR ZÉ NÃO DESCE NUMA MESA
QUE NÃO TENHA O QUE BEBER
PRA SENHOR ZÉ - TEM TEM TEM
PRA SENHOR ZÉ - SEMPRE TERÁ
PRA SENHOR ZÉ - TEM O QUE BEBER
PRA SENHOR ZÉ - TEM O QUE FUMAR

SENHOR ZÉ BEBEU
QUEM MANDOU SENHOR ZÉ BEBER?
BOTE NO COPO QUE A CANECA ESTÁ FURADA....
SENHOR ZÉ NÃO BEBEU NADA!
A CACHAÇA É BOA
É DO P´R DA JARRA
AQUI MESMO EU BEBO
AQUI MESMO EU CAIO
E AQUI MESMO EU ME LEVANTO
SEM DAR TRABALHO!

SOU EU JOSÉ DOS ANJOS
QUE PASSEI POR SUA "ALDEIA"
7 ANJOS ME ACOMPANHAM
7 VELAS ME ALUMEIAM
DE CAMINHO PRA SANTA RITA
EU PASSEI POR QUATRO CANTOS
DANDO O NOME DE PILINTRA
MAS O MEU NOME É JOSÉ DOS ANJOS
JOSÉ DOS ANJOS SEREI
JOSÉ DOS ANJOS, SERÁ
SOU UM MESTRE BOM DA JUREMA
EU SOU O REI DO MEU JUREMÁ
É UM REI, É UM REI, É UM REI ARRIÁ
TRIUNFA JOSÉ DOS ANJOS NA MESA DO JUREMÁ

FOI NA MATRIZ DE BELÉM,
NO ALTAR DA CONCEPÇÃO
DEFUMANDO OS MEUS FILHOS
COM OS PODERES DA SANTÍSSIMA TRINDADE
Ô MEU BOM JESUS
ELE QUEIRA ME GUIAR
POIS NA MATRIZ DE BELÉM
MORA O PAI CELESTIAL
EU ROMPO MATAS E BRENHAS
DESDE A VARANDA DO JUREMÁ
EU ME CHAMO É ZÉ PRÁ-TUDO
E PARA QUE MANDOU ME CHAMAR?
NAQUELE PAU A CIMA TEM UM REI
CORRE O CIPÓ MOCUNÂ
DESDE AQUELA GALHA À FORA
CANTA UM PÁSSARO, É UM REI CAUÃ
CANTA REI CANTA REI CAUÃ
CANTA REI CANTA REI CAUÃ.

QUEM QUISER QUE A SOMBRA CUBRA
QUEM QUISER QUE A SOMBRA CUBRA
FIQUE NUM PAU RAMALHUDO
POIS A SOMBRA DE ZÉ FELIPE
E A SOMBRA QUE COBRE TUDO.

QUEM TIVER DORMINDO ACORDE
QUEM TIVER DORMINDO ACORDE
QUE MEU RELÓGIO JÁ DEU HORA
POBREZINHO DE ZÉ MOLEQUE
POBREZINHO DE ZÉ MOLEQUE
ELE VEM CHEGANDO,
VEM DE MUNDO À FORA
NA BOLA DE SEU APITO
NA BOLA DE SEU APITO
TEM SEMENTE DE JUREMA
ELE É MOLEQUE, ELE É MENINO
ELE É MENINO ELE É TRAQUINO.

ELE SE CHAMA ZÉ DA BAGACEIRA
QUE VOCÊS OUVIRAM FALAR
TRABALHAVA DIA E NOITE
DENTRO DOS "CANAVIÁ"
MAS LÁ NO SEU ENGENHO
ELE SÓ TEM É CANA-FITA
ELE SE CHAMA ZÉ DA BAGACEIRA
DO ALTO DA BELA VISTA
ELE VAI FAZER BAGAÇO
NO ALTO DA BELA VISTA
ELE É ZÉ DA BAGACEIRA
DO ALTO DA BELA VISTA

SENHOR ZÉ GOSTA DE CANA
E A CANA GOSTA DE ZÉ
SENHOR ZÉ VIRA A CANA
E A CANA NÃO VIRA ZÉ
MAS CHEGOU UM BÊBADO
NO MEIO DO SALÃO
NO MEIO DO SALÃO
ELE APANHOU DE CIPÓ
MAS SR. ZÉ...
QUAL É O PÓ?

SR. ZÉ TEM UMA BENGALA
QUE NA PONTA DELA TEM SETE FIVELAS
O INIMIGO QUE APANHA COM ELE
OU LHE DÁ UM COÇA-COÇA
OU LHE DÁ UM PÉLA-PÉLA!

JOSÉ PRETINHO, MEU NEGUINHO
TIRE O CHAPÉU DA CABEÇA
QUEM TIVER BOM, BOTE
QUEM NÃO TIVER, NÃO SE META
EU QUERO O MEU SERVIÇO FEITO
NA SOMBRA DE UM "PAU-LINHEIRO"
EU VOU CORTAR GALHOS DE JUREMA
PRA DAR LAPADA EM FEITICEIRO
O PAU PENDEU, O PAU PENDEU
DA JUREMA CHEGUEI EU
O PAU PENDEU, MAS NÃO CAIU
EU PASSEI PELA JUREMA E NINGUÉM NEM ME VIU.
EU JÁ PLANTEI UMA SEMENTE
NO QUINTAL DE UM MACUMBEIRO
ELE TRABALHA NOITE E DIA
MAS EU TRABALHO O ANO INTEIRO.
CEGO É QUEM NÃO ENXERGA
POR UMA CERCA DE VARAS...
NÃO HÁ QUEM CUSPA PRA CIMA
QUE NÃO LHE CAIA NA CARA.

CHAPÉU AMARELO
LÁ NO MEU GONGÁ
É SENHOR JOSÉ PILINTRA, AI MEU DEUS
NA MESA ARRIÁ
OLHE PARA O CÉU E VEJA UMA LUZ
É JOSÉ PILINTRA, AI MEU DEUS
QUE VEM RECEBER A LUZ...
QUE DEUS LHE DÊ MAIOR PODER
E DA MAIOR FORÇA QUE HÁ....!
QUEM FOI QUE VIU ZÉ PILINTRA
BRINCANDO NESTE SALÃO
COM A SUA GARRAFA DE PINGA
E SEU CHARUTO MÃO
DENTRO DA VILA DO CABO
FOI PRIMEIRO SEM SEGUNDO
NA BOCA DE QUEM NÃO PRESTA
ZÉ PILINTRA É VAGABUNDO
DENTRO DA VILA DO CABO
SETE VENDAS SE FECHOU
FOI COM A FUMAÇA CONTRÁRIA
QUE ZÉ PILINTRA MANDOU
EU NÃO GOSTO DE CACHAÇA
E NEM MEU MANO GOSTA DELA
EU BEBO SETE GARRAFAS
E MEU MANO, SETE TIGELAS.




Que a Divina Luz esteja entre nós 
Emidio de Ogum 
http://espadadeogum.blogspot.com
publicado por espadadeogum às 20:28
link do post | comentar | favorito
|

Os mais lindos Pontos de Marinheiros



ANDAI NO MAR! (2X)
QUEM ACOMPANHA MARINHEIRO
TODA VIDA ANDA NO MAR!


MARINHEIRO, MARINHEIRO...
MARINHEIRO SÓ...
QUEM TE ENSINOU A NADAR...
MARINHEIRO SÓ...
OI FOI O TOMBO DO NAVIO...
MARINHEIRO SÓ...
OI FOI O BALANÇO DO MAR!
MARINHEIRO SÓ...
LÁ VEM...LÁ VEM...
ELE É FACEIRO... TODO DE BRANCO...
COM SEU BONEZINHO... MARINHEIRO, MARINHEIRO!
QUEM TE ENSINOU A NADAR...
OI FOI O TOMBO DO NAVIO...
OI FOI O BALANÇO DO MAR...
EU NÃO SOU DAQUI...EU SOU DO AMOR!
EU SOU DA BAHIA...DE SÃO SALVADOR!
MARINHEIRO SÓ...




Leia mais pontos em Mais Inormações



MARINHEIRO AGÜENTA O LEME
NÃO DEIXA A BARCA VIRAR!
É CONTRA O MAR
É CONTRA O VENTO!
É CONTRA O VENTO
É CONTRA O MAR!


Ô MARTIM PESCADOR QUE VIDA É A SUA?
BEBENDO CACHAÇA E CAINDO NA RUA!
NÃO VÁ BEBER... NÃO VÁ SE EMBRIAGAR!
NÃO VÁ CAIR NA RUA PRA POLÍCIA TE PEGAR!
EU JÁ BEBI... EU JÁ ME EMBRIAGUEI!
EU JÁ CAÍ NA RUA E A POLÍCIA NÃO PEGOU! 

EU VENHO DE LONGE PISANDO NA AREIA
NA AREIA TENHO QUE PISAR!
MAS ELE É SEU MARINHEIRO VERDADEIRO...
AQUI EM QUALQUER LUGAR!

UM BARQUINHO VEM VINDO DO MAR...
É O MARINHEIRO QUE VEM TRABALHAR!
ELE É FILHO DAS ÁGUAS CLARAS...
EU VENHO AQUI QUANDO ME CHAMAR!

MARINHEIRO VEM DO MAR...
NO BALANÇO DO NAVIO...
VEM TRAZENDO A SANTA BÊNÇÃO...
PARA TODOS OS SEUS FILHOS!
YEMANJÁ GOVERNA AS ÁGUAS
YANSÃ A TEMPESTADE
COM A FORÇA DO DIVINO
VEM TRAZENDO A CARIDADE!
NO CÉU A LUA BRILHA
AS ONDAS DO MAR BALANÇAM
NO DIA DE NOSSA SENHORA
NA AREIA A SEREIA CANTA!

EI MARINHEIRO
SEU BARCO ESTAVA AFUNDANDO!
AINDA BEM QUE ELE FOI SALVO
NA JANGADA DOS BAIANOS!

MINHA JANGADA VAI PARTIR PRO MAR!
VOU TRABALHAR... MEU BEM QUERER!
SE DEUS QUISER, QUANDO EU VOLTAR DO MAR
UM PEIXE BOM EU VOU TRAZER!
MEUS COMPANHEIROS TAMBÉM VÃO VOLTAR
E A DEUS DO CÉU VAMOS AGRADECER!

PUXA A MARRA, MARINHEIRO
PUXA A MARRA!
OLHA O PEIXE COMO CORRE PELA BARRA!

MEUS CARANGUEJINHOS DAS ONDAS DO MAR,
EU TRAGO OURO, EU TRAGO PRATA, DINHEIRO PARA GASTAR!
OI QUEM DE MIM PERGUNTAR
EU SOU MARTIN PESCADOR
QUANDO OS MEUS FILHOS ME CHAMAM VENHO CORRENDO AJUDAR
!

ZÉ PILINTRA NO CATIMBÓ
É TRATADO DE DOUTOR!
QUANDO ABRE A SUA MESA
TEM FAMA DE REZADOR!

QUEM É AQUELE HOMEM SENTADO LOGO ALI...
TODO DE TERNINHO BRANCO CHAPÉU DE PALHA
OLHOU PRA MIM...ELE É O ZÉ...
O ZÉ PILINTRA É...
ELE É MALANDRO ELE É BOÊMIO ELE É DE FÉ...

SEU ZÉ FECHE A PORTEIRA, CANCELAS E TRONQUEIRA!
NÃO DEIXE O MAL ENTRAR
OLHA QUE O GALO JÁ CANTOU NA ARUANDA
FAROFA NA FUNDANGA EU QUERO VER QUEIMAR!

OI ZÉ QUANDO FOR LÁ NA LAGOA
TOMA CUIDADO COM BALANÇO DA CANOA
OI ZÉ FAÇA TUDO QUE QUISER
SÓ NÃO MALTRATE O CORAÇÃO DESSA MULHER!

EU ENCONTREI O ZÉ PILINTRA NO CRUZEIRO...
CHORANDO PELO AMOR DE UMA MULHER...
ELE CHORAVA POR UMA MULHER CHORAVA POR UMA MULHER..
CHORAVA POR UMA MULHER QUE NÃO LHE AMAVA...

QUEM É QUE USA GRAVATA VERMELHO
TERNO BRANCO E CHAPÉU DE BANDA
E SEU ZÉ PILINTRA E DOUTOR DE UMBANDA
QUE VEM CHEGANDO DA SUA ARUANDA
BRAVO SR ZÉ PILINTRA CHEGOU
!

JUREMA, JUREMINHA, JUREMEIRA (2X)
SARAVÁ SEU ZÉ PILINTRA
SALVE A FOLHA DA GAMELEIRA!

COM SEU CHAPÉU DE PALHA
E SEU LENÇO NO PESCOÇO
ZÉ PILINTRA ESTÁ NA TERRA
PRA DIZER: BOA NOITE, MOÇO!
MORADOR LÁ NO SERTÃO
TRAZ SUA FIGA NO PÉ
SE NÃO ESTÁ ABORRECIDO
LOUVA JESUS DE NAZARÉ!

TRANCA RUAS E ZÉ PILINTRA
SÃO DOIS GRANDES COMPANHEIROS,
TRANCA RUAS NA ENCRUZA,
E ZÉ PILINTRA NO TERREIRO.

TEM GENTE QUE ME CHAMA DE AMIGO,
MAS NÃO POSSUI NO CORAÇÃO A LEALDADE,
SE PENSAM QUE ME ENGANAM EU NÃO ME ILUDO,
SEM LEALDADE NÃO EXISTE AMIZADE, É SÓ FALSIDADE!

LÁ NO MORRO É, QUE É LUGAR DE TIRAR ONDA. BIS
TOMANDO BRAHMA DE MEIA, JOGANDO BARALHO E RONDA.

DE MADRUGADA QUANDO VOU DESCENDO O MORRO,
A NEGA PENSA QUE EU VOU TRABALHAR. BIS
EU BOTO MEU BARALHO NO BOLSO,
MEU CACHECOL NO PESCOÇO.
E VOU PRA BARÃO DE MAUÁ!
MAS TRABALHAR, TRABALHAR PRA QUÊ? {BIS}
SE EU TRABALHAR EU VOU MORRER.

DE DIA NUMA LINDA BATUCADA
DE NOITE NOS BRAÇOS DA AMADA.
QUAL É QUE É, SEU ZÉ. QUAL É QUE É?
EU SEI QUE SEU CASO É MULHER.

CALÇA, CULOTE, PALETÓ, CAMISA FINA
SÓ ME FALTA UMA BOTINA, PRA ACABAR DE AJEITAR
É ZÉ PILINTRA SIM SENHOR, E ZÉ PILINTRA SEU DOUTOR
SEU DOUTOR, SEU DOUTOR…(BIS)

SEU ZÉ PILINTRA É QUEM CHEGOU AGORA
SEU ZÉ PILINTRA VEM PRA TRABALHAR
SEU ZÉ PILINTRA MESTRE DE ARUANDA
VAI FIRMAR SEU PONTO NESTE CONGÁ
ELE VEIO FOI DE ALAGOAS
MAS ELE VEIO PRA LHE AJUDAR
SEU ZÉ PILINTRA MESTRE DE ARUANDA
VAI FIRMAR SEU PONTO NESTE CONGÁ

DE TERNO BRANCO
SEU PUNHAL DE AÇO PURO
SEU PONTO É SEGURO
QUANDO VEM PRA TRABALHAR
SEGURA O NEGO
QUE ESSE NEGO É ZÉ PILINTRA
NA DESCIDA DO MORRO
ELE VEM TRABALHAR

ZÉ PILINTRA, ZÉ PILINTRA
BOÊMIO DA MADRUGADA
VEM NA LINHA DAS ALMAS
E TAMBÉM NA ENCRUZILHADA
AMIGO ZÉ PILINTRA
QUE NASCEU LÁ NO SERTÃO
ENFRENTOU A BOEMIA
COM SERESTA E VIOLÃO
HOJE NA LEI DE UMBANDA
ACREDITO NO SENHOR
POIS SOU SEU FILHO DE FÉ
POIS TEM FAMA DE DOUTOR
COM MAGIA E MIRONGAS
DANDO FORÇAS AO TERREIRO
SARAVÁ SEU ZÉ PILINTRA
O AMIGO VERDADEIRO

VALEI-ME SENHORA APARECIDA
PORQUE TU ÉS A GRANDE PADROEIRA
VALEI-ME SENHORA DO AMPARO
ESTRELA GUIA E O MEU POVO DA BAHIA
VALEI-ME SENHOR DO BONFIM
E OS BAIANOS DESTE PADROEIRO
VALEI-ME ORIXÁ FORMOSO
QUE GIRA - GIRA NESSE TERREIRO
QUEM VEM NA FRENTE É SEU ZÉ PILINTRA
COM SEU CHAPÉU DE LADO, SEU LENÇO ENCARNADO
ELE VEM SAUDAR FILHOS DE NAZARENO
PRA DAR MAIS FORÇA NESSE TERREIRO

SEU ZÉ PILINTRA QUANDO VEM LÁ DE ARUANDA
VEM VENCER SUA DEMANDA, VEM ABRIR SEU JACUTÁ
SAUDANDO O SOL, SAUDANDO O MAR
A ESTRELA GUIA QUE CLAREIA ESTE CONGÁ


SEU ZÉ PILINTRA QUANDO VEM
ELE TRÁS SUA MAGIA
PARA SAUDAR TODOS SEUS FILHOS
E RETIRAR FEITIÇARIA
PISA NA ARUANDA ZÉ PILINTRA EU QUERO VER
PISA NA ARUANDA ZÉ PILINTRA EU QUERO VER


EU BEM QUE DISSE A VOCÊS, MAS PARECE QUE EU ADIVINHO
E O FEITIÇO QUE TU TINHAS SEU ZÉ PILINTRA TIROU
DEU MEIA NOITE NA LUA DEU MEIO DIA NO SOL
SUSTENTE O PONTO SEU ZÉ QUE O PONTO É DE CATIMBÓ


SEU ZÉ PILINTRA NÃO TEVE PAI
SEU ZÉ PILINTRA NÃO TEVE MÃE
ELE FOI CRIADO POR OGUM BEIRA MAR
EM NOME DE DEUS E DE TODOS ORIXÁS!


LÁ VEM ZÉ, LÁ VEM ZÉ
LÁ VEM ZÉ LÁ DA JUREMA
LÁ VEM ZÉ LÁ VEM ZÉ
CHEGOU ZÉ DO JUREMÁ
QUANDO SENHOR ZÉ VEM DA JUREMA
TODO MUNDO QUER LHE VER
SENHOR ZÉ NÃO DESCE NUMA MESA
QUE NÃO TENHA O QUE BEBER
PRA SENHOR ZÉ - TEM TEM TEM
PRA SENHOR ZÉ - SEMPRE TERÁ
PRA SENHOR ZÉ - TEM O QUE BEBER
PRA SENHOR ZÉ - TEM O QUE FUMAR

SENHOR ZÉ BEBEU
QUEM MANDOU SENHOR ZÉ BEBER?
BOTE NO COPO QUE A CANECA ESTÁ FURADA....
SENHOR ZÉ NÃO BEBEU NADA!
A CACHAÇA É BOA
É DO P´R DA JARRA
AQUI MESMO EU BEBO
AQUI MESMO EU CAIO
E AQUI MESMO EU ME LEVANTO
SEM DAR TRABALHO!

SOU EU JOSÉ DOS ANJOS
QUE PASSEI POR SUA "ALDEIA"
7 ANJOS ME ACOMPANHAM
7 VELAS ME ALUMEIAM
DE CAMINHO PRA SANTA RITA
EU PASSEI POR QUATRO CANTOS
DANDO O NOME DE PILINTRA
MAS O MEU NOME É JOSÉ DOS ANJOS
JOSÉ DOS ANJOS SEREI
JOSÉ DOS ANJOS, SERÁ
SOU UM MESTRE BOM DA JUREMA
EU SOU O REI DO MEU JUREMÁ
É UM REI, É UM REI, É UM REI ARRIÁ
TRIUNFA JOSÉ DOS ANJOS NA MESA DO JUREMÁ

FOI NA MATRIZ DE BELÉM,
NO ALTAR DA CONCEPÇÃO
DEFUMANDO OS MEUS FILHOS
COM OS PODERES DA SANTÍSSIMA TRINDADE
Ô MEU BOM JESUS
ELE QUEIRA ME GUIAR
POIS NA MATRIZ DE BELÉM
MORA O PAI CELESTIAL
EU ROMPO MATAS E BRENHAS
DESDE A VARANDA DO JUREMÁ
EU ME CHAMO É ZÉ PRÁ-TUDO
E PARA QUE MANDOU ME CHAMAR?
NAQUELE PAU A CIMA TEM UM REI
CORRE O CIPÓ MOCUNÂ
DESDE AQUELA GALHA À FORA
CANTA UM PÁSSARO, É UM REI CAUÃ
CANTA REI CANTA REI CAUÃ
CANTA REI CANTA REI CAUÃ.

QUEM QUISER QUE A SOMBRA CUBRA
QUEM QUISER QUE A SOMBRA CUBRA
FIQUE NUM PAU RAMALHUDO
POIS A SOMBRA DE ZÉ FELIPE
E A SOMBRA QUE COBRE TUDO.

QUEM TIVER DORMINDO ACORDE
QUEM TIVER DORMINDO ACORDE
QUE MEU RELÓGIO JÁ DEU HORA
POBREZINHO DE ZÉ MOLEQUE
POBREZINHO DE ZÉ MOLEQUE
ELE VEM CHEGANDO,
VEM DE MUNDO À FORA
NA BOLA DE SEU APITO
NA BOLA DE SEU APITO
TEM SEMENTE DE JUREMA
ELE É MOLEQUE, ELE É MENINO
ELE É MENINO ELE É TRAQUINO.

ELE SE CHAMA ZÉ DA BAGACEIRA
QUE VOCÊS OUVIRAM FALAR
TRABALHAVA DIA E NOITE
DENTRO DOS "CANAVIÁ"
MAS LÁ NO SEU ENGENHO
ELE SÓ TEM É CANA-FITA
ELE SE CHAMA ZÉ DA BAGACEIRA
DO ALTO DA BELA VISTA
ELE VAI FAZER BAGAÇO
NO ALTO DA BELA VISTA
ELE É ZÉ DA BAGACEIRA
DO ALTO DA BELA VISTA

SENHOR ZÉ GOSTA DE CANA
E A CANA GOSTA DE ZÉ
SENHOR ZÉ VIRA A CANA
E A CANA NÃO VIRA ZÉ
MAS CHEGOU UM BÊBADO
NO MEIO DO SALÃO
NO MEIO DO SALÃO
ELE APANHOU DE CIPÓ
MAS SR. ZÉ...
QUAL É O PÓ?

SR. ZÉ TEM UMA BENGALA
QUE NA PONTA DELA TEM SETE FIVELAS
O INIMIGO QUE APANHA COM ELE
OU LHE DÁ UM COÇA-COÇA
OU LHE DÁ UM PÉLA-PÉLA!

JOSÉ PRETINHO, MEU NEGUINHO
TIRE O CHAPÉU DA CABEÇA
QUEM TIVER BOM, BOTE
QUEM NÃO TIVER, NÃO SE META
EU QUERO O MEU SERVIÇO FEITO
NA SOMBRA DE UM "PAU-LINHEIRO"
EU VOU CORTAR GALHOS DE JUREMA
PRA DAR LAPADA EM FEITICEIRO
O PAU PENDEU, O PAU PENDEU
DA JUREMA CHEGUEI EU
O PAU PENDEU, MAS NÃO CAIU
EU PASSEI PELA JUREMA E NINGUÉM NEM ME VIU.
EU JÁ PLANTEI UMA SEMENTE
NO QUINTAL DE UM MACUMBEIRO
ELE TRABALHA NOITE E DIA
MAS EU TRABALHO O ANO INTEIRO.
CEGO É QUEM NÃO ENXERGA
POR UMA CERCA DE VARAS...
NÃO HÁ QUEM CUSPA PRA CIMA
QUE NÃO LHE CAIA NA CARA.

CHAPÉU AMARELO
LÁ NO MEU GONGÁ
É SENHOR JOSÉ PILINTRA, AI MEU DEUS
NA MESA ARRIÁ
OLHE PARA O CÉU E VEJA UMA LUZ
É JOSÉ PILINTRA, AI MEU DEUS
QUE VEM RECEBER A LUZ...
QUE DEUS LHE DÊ MAIOR PODER
E DA MAIOR FORÇA QUE HÁ....!
QUEM FOI QUE VIU ZÉ PILINTRA
BRINCANDO NESTE SALÃO
COM A SUA GARRAFA DE PINGA
E SEU CHARUTO MÃO
DENTRO DA VILA DO CABO
FOI PRIMEIRO SEM SEGUNDO
NA BOCA DE QUEM NÃO PRESTA
ZÉ PILINTRA É VAGABUNDO
DENTRO DA VILA DO CABO
SETE VENDAS SE FECHOU
FOI COM A FUMAÇA CONTRÁRIA
QUE ZÉ PILINTRA MANDOU
EU NÃO GOSTO DE CACHAÇA
E NEM MEU MANO GOSTA DELA
EU BEBO SETE GARRAFAS
E MEU MANO, SETE TIGELAS.




Que a Divina Luz esteja entre nós 
Emidio de Ogum 
http://espadadeogum.blogspot.com
publicado por espadadeogum às 20:28
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 5 de Novembro de 2010

Marinheiros da Umbanda

MARINHEIROS NA UMBANDA

Queridos irmãos

Que a paz de Oxalá esteja com todos

Todas as pessoas tem uma idéia muitas vezes distorcida desta linha de trabalho. Os marinheiros são em sua grande maioria espíritos que militam a umbanda para dar sustento no campo da diluição de cargas trevosas, outros atuam como elementos de sustentação de trabalhos voltados a curas, atraindo os poderes elementais dos quais estes espíritos de alto grau espiritual, trazem consigo.
Na realidade estes abnegados servidores da lei são verdadeiros “magos que atuam nos mistérios aquáticos” e com uma forma de atuação única dentro dos domínios da umbanda. Como magos, trazem para nós, a possibilidade de nos libertar-mos de nossos entraves, com uma forma bem simpática lidam com os consulentes de forma extrovertida, deixando o assistido muito avontade com trejeitos peculiares desta linha maravilhosa da umbanda.

Muito diferente do que imaginamos, estes irmãos do astral não são e não estão embriagados, como muitos se mostram, na realidade sua forma de balanço é uma maneira de liberar suas ondas energéticas se utilizando do próprio médium.
Em torno do médium existe um campo de energia sustentado por seus centros de força e, além da energia gerada a partir da energia corpórea, existe um campo espiritual que se reflete em todo o ambiente. Os guias quando encorporados em seus médiuns, dançam, giram, balançam, gesticulam, etc… desta forma os guias liberam não só a energia que se desprende do médium, mas também libera de forma salutar o poder de seu mistério através de ondas magnéticas que são liberadas dentro do campo espiritual do médium e do templo. É desta forma que os marinheiros fazem, em formas onduladas, ou através de seu balanço, que mais parece de uma pessoa embriagada, é que este irmão na luz faz seu trabalho redentor dentro dos campos da Umbanda Sagrada.

É importante que os médiuns e principalmente os assistidos, saibam de tal fato, para que estes não deturpem e não dêem um mal sentido aos trabalhos de Umbanda.
Os marinheiros são sustentados pelo poder de nossa Mãe Iemanjá e sua cor de atuação é a mesma desta mãe Divina, que é o azul claro. Podemos sempre que necessitarmos, ativar o poder destes servidores da lei em nossa vida, acenda sua vela e faça uma prece, pedindo para eles abrirem seus caminhos e protege-los. É maravilhoso.

Todos devem estar sempre com os pensamentos voltados ao Pai Celestial, para que assim a fé interior esteja sempre renovada. Que todos tenham a consciência de que as mudanças só serão possíveis se partirem primeiramente de vosso íntimo e acreditar, lutar pelos vossos idéias. A busca do sucesso depende de vosso próprio esforço, dedicação e merecimento. Portanto, não pare no tempo, cruzando os braços a espera de milagres. Levantem-se, tenham fé, renovem suas esperanças, acreditem no poder do Pai Maior e corram atrás de seus objetivos.

Alimentem vosso espírito com muito amor, esperança e fé para assim projetar a verdadeira essência divina a todos os vossos semelhantes. Vossa mente tem um poder grandioso. Use-a para exercitar o bem, com o objetivo de unirmos nossas forças para estarmos cada vez mais ligados a Deus, receba de braços abertos à energia de todos os Orixás, dos vossos marinheiros que estão o tempo todo a vos ajudar quando solicitados.
Sejam positivos em qualquer situação.

Pontos de Marinheiros:

Chamada:

Andai No Mar!
Andai No Mar!
Quem Acompanha Marinheiro
Toda Vida Anda No Mar!
------------------------------------
Eu Venho De Longe Pisando Na Areia
Na Areia Tenho Que Pisar!
Mas Ele É Seu Marinheiro Verdadeiro…
Aqui Em Qualquer Lugar!
---------------------------------------
Um Barquinho Vem Vindo Do Mar…
É O Marinheiro Que Vem Trabalhar!
Ele É Filho Das Águas Claras…
Eu Venho Aqui Quando Me Chamar!
---------------------------------------
Marinheiro Vem Do Mar…
No Balanço Do Navio…
Vem Trazendo A Santa Bênção…
Para Todos Os Seus Filhos!
Yemanjá Governa As Águas
Yansã A Tempestade
Com A Força Do Divino
Vem Trazendo A Caridade!
No Céu A Lua Brilha
As Ondas Do Mar Balançam
No Dia De Nossa Senhora
Na Areia A Sereia Canta!
------------------------------------
Ei Marinheiro
Seu Barco Estava Afundando!
Ainda Bem Que Ele Foi Salvo
Na Jangada Dos Baianos!
-------------------------------------
ô, Marinheiro…
Dá licença de passar,
Seu navio está no porto,
Ele veio trabalhar
.É no balanço do mar 
É no balanço do mar
É no balanço do mar meu pai
É no balanço do mar 
--------------------------

Que Oxalá nos abençoe sempre

Autor do texto Leo Del Pezzo

Saravá   .'.


"Semirombá"


Paz Amor e Harmonia
Emidio de Ogum
http://espadadeogum.blogspot.com
publicado por espadadeogum às 18:42
link do post | comentar | favorito
|

Marinheiros da Umbanda

MARINHEIROS NA UMBANDA

Queridos irmãos

Que a paz de Oxalá esteja com todos

Todas as pessoas tem uma idéia muitas vezes distorcida desta linha de trabalho. Os marinheiros são em sua grande maioria espíritos que militam a umbanda para dar sustento no campo da diluição de cargas trevosas, outros atuam como elementos de sustentação de trabalhos voltados a curas, atraindo os poderes elementais dos quais estes espíritos de alto grau espiritual, trazem consigo.
Na realidade estes abnegados servidores da lei são verdadeiros “magos que atuam nos mistérios aquáticos” e com uma forma de atuação única dentro dos domínios da umbanda. Como magos, trazem para nós, a possibilidade de nos libertar-mos de nossos entraves, com uma forma bem simpática lidam com os consulentes de forma extrovertida, deixando o assistido muito avontade com trejeitos peculiares desta linha maravilhosa da umbanda.

Muito diferente do que imaginamos, estes irmãos do astral não são e não estão embriagados, como muitos se mostram, na realidade sua forma de balanço é uma maneira de liberar suas ondas energéticas se utilizando do próprio médium.
Em torno do médium existe um campo de energia sustentado por seus centros de força e, além da energia gerada a partir da energia corpórea, existe um campo espiritual que se reflete em todo o ambiente. Os guias quando encorporados em seus médiuns, dançam, giram, balançam, gesticulam, etc… desta forma os guias liberam não só a energia que se desprende do médium, mas também libera de forma salutar o poder de seu mistério através de ondas magnéticas que são liberadas dentro do campo espiritual do médium e do templo. É desta forma que os marinheiros fazem, em formas onduladas, ou através de seu balanço, que mais parece de uma pessoa embriagada, é que este irmão na luz faz seu trabalho redentor dentro dos campos da Umbanda Sagrada.

É importante que os médiuns e principalmente os assistidos, saibam de tal fato, para que estes não deturpem e não dêem um mal sentido aos trabalhos de Umbanda.
Os marinheiros são sustentados pelo poder de nossa Mãe Iemanjá e sua cor de atuação é a mesma desta mãe Divina, que é o azul claro. Podemos sempre que necessitarmos, ativar o poder destes servidores da lei em nossa vida, acenda sua vela e faça uma prece, pedindo para eles abrirem seus caminhos e protege-los. É maravilhoso.

Todos devem estar sempre com os pensamentos voltados ao Pai Celestial, para que assim a fé interior esteja sempre renovada. Que todos tenham a consciência de que as mudanças só serão possíveis se partirem primeiramente de vosso íntimo e acreditar, lutar pelos vossos idéias. A busca do sucesso depende de vosso próprio esforço, dedicação e merecimento. Portanto, não pare no tempo, cruzando os braços a espera de milagres. Levantem-se, tenham fé, renovem suas esperanças, acreditem no poder do Pai Maior e corram atrás de seus objetivos.

Alimentem vosso espírito com muito amor, esperança e fé para assim projetar a verdadeira essência divina a todos os vossos semelhantes. Vossa mente tem um poder grandioso. Use-a para exercitar o bem, com o objetivo de unirmos nossas forças para estarmos cada vez mais ligados a Deus, receba de braços abertos à energia de todos os Orixás, dos vossos marinheiros que estão o tempo todo a vos ajudar quando solicitados.
Sejam positivos em qualquer situação.

Pontos de Marinheiros:

Chamada:

Andai No Mar!
Andai No Mar!
Quem Acompanha Marinheiro
Toda Vida Anda No Mar!
------------------------------------
Eu Venho De Longe Pisando Na Areia
Na Areia Tenho Que Pisar!
Mas Ele É Seu Marinheiro Verdadeiro…
Aqui Em Qualquer Lugar!
---------------------------------------
Um Barquinho Vem Vindo Do Mar…
É O Marinheiro Que Vem Trabalhar!
Ele É Filho Das Águas Claras…
Eu Venho Aqui Quando Me Chamar!
---------------------------------------
Marinheiro Vem Do Mar…
No Balanço Do Navio…
Vem Trazendo A Santa Bênção…
Para Todos Os Seus Filhos!
Yemanjá Governa As Águas
Yansã A Tempestade
Com A Força Do Divino
Vem Trazendo A Caridade!
No Céu A Lua Brilha
As Ondas Do Mar Balançam
No Dia De Nossa Senhora
Na Areia A Sereia Canta!
------------------------------------
Ei Marinheiro
Seu Barco Estava Afundando!
Ainda Bem Que Ele Foi Salvo
Na Jangada Dos Baianos!
-------------------------------------
ô, Marinheiro…
Dá licença de passar,
Seu navio está no porto,
Ele veio trabalhar
.É no balanço do mar 
É no balanço do mar
É no balanço do mar meu pai
É no balanço do mar 
--------------------------

Que Oxalá nos abençoe sempre

Autor do texto Leo Del Pezzo

Saravá   .'.


"Semirombá"


Paz Amor e Harmonia
Emidio de Ogum
http://espadadeogum.blogspot.com
publicado por espadadeogum às 18:42
link do post | comentar | favorito
|

Marinheiros da Umbanda

MARINHEIROS NA UMBANDA

Queridos irmãos

Que a paz de Oxalá esteja com todos

Todas as pessoas tem uma idéia muitas vezes distorcida desta linha de trabalho. Os marinheiros são em sua grande maioria espíritos que militam a umbanda para dar sustento no campo da diluição de cargas trevosas, outros atuam como elementos de sustentação de trabalhos voltados a curas, atraindo os poderes elementais dos quais estes espíritos de alto grau espiritual, trazem consigo.
Na realidade estes abnegados servidores da lei são verdadeiros “magos que atuam nos mistérios aquáticos” e com uma forma de atuação única dentro dos domínios da umbanda. Como magos, trazem para nós, a possibilidade de nos libertar-mos de nossos entraves, com uma forma bem simpática lidam com os consulentes de forma extrovertida, deixando o assistido muito avontade com trejeitos peculiares desta linha maravilhosa da umbanda.

Muito diferente do que imaginamos, estes irmãos do astral não são e não estão embriagados, como muitos se mostram, na realidade sua forma de balanço é uma maneira de liberar suas ondas energéticas se utilizando do próprio médium.
Em torno do médium existe um campo de energia sustentado por seus centros de força e, além da energia gerada a partir da energia corpórea, existe um campo espiritual que se reflete em todo o ambiente. Os guias quando encorporados em seus médiuns, dançam, giram, balançam, gesticulam, etc… desta forma os guias liberam não só a energia que se desprende do médium, mas também libera de forma salutar o poder de seu mistério através de ondas magnéticas que são liberadas dentro do campo espiritual do médium e do templo. É desta forma que os marinheiros fazem, em formas onduladas, ou através de seu balanço, que mais parece de uma pessoa embriagada, é que este irmão na luz faz seu trabalho redentor dentro dos campos da Umbanda Sagrada.

É importante que os médiuns e principalmente os assistidos, saibam de tal fato, para que estes não deturpem e não dêem um mal sentido aos trabalhos de Umbanda.
Os marinheiros são sustentados pelo poder de nossa Mãe Iemanjá e sua cor de atuação é a mesma desta mãe Divina, que é o azul claro. Podemos sempre que necessitarmos, ativar o poder destes servidores da lei em nossa vida, acenda sua vela e faça uma prece, pedindo para eles abrirem seus caminhos e protege-los. É maravilhoso.

Todos devem estar sempre com os pensamentos voltados ao Pai Celestial, para que assim a fé interior esteja sempre renovada. Que todos tenham a consciência de que as mudanças só serão possíveis se partirem primeiramente de vosso íntimo e acreditar, lutar pelos vossos idéias. A busca do sucesso depende de vosso próprio esforço, dedicação e merecimento. Portanto, não pare no tempo, cruzando os braços a espera de milagres. Levantem-se, tenham fé, renovem suas esperanças, acreditem no poder do Pai Maior e corram atrás de seus objetivos.

Alimentem vosso espírito com muito amor, esperança e fé para assim projetar a verdadeira essência divina a todos os vossos semelhantes. Vossa mente tem um poder grandioso. Use-a para exercitar o bem, com o objetivo de unirmos nossas forças para estarmos cada vez mais ligados a Deus, receba de braços abertos à energia de todos os Orixás, dos vossos marinheiros que estão o tempo todo a vos ajudar quando solicitados.
Sejam positivos em qualquer situação.

Pontos de Marinheiros:

Chamada:

Andai No Mar!
Andai No Mar!
Quem Acompanha Marinheiro
Toda Vida Anda No Mar!
------------------------------------
Eu Venho De Longe Pisando Na Areia
Na Areia Tenho Que Pisar!
Mas Ele É Seu Marinheiro Verdadeiro…
Aqui Em Qualquer Lugar!
---------------------------------------
Um Barquinho Vem Vindo Do Mar…
É O Marinheiro Que Vem Trabalhar!
Ele É Filho Das Águas Claras…
Eu Venho Aqui Quando Me Chamar!
---------------------------------------
Marinheiro Vem Do Mar…
No Balanço Do Navio…
Vem Trazendo A Santa Bênção…
Para Todos Os Seus Filhos!
Yemanjá Governa As Águas
Yansã A Tempestade
Com A Força Do Divino
Vem Trazendo A Caridade!
No Céu A Lua Brilha
As Ondas Do Mar Balançam
No Dia De Nossa Senhora
Na Areia A Sereia Canta!
------------------------------------
Ei Marinheiro
Seu Barco Estava Afundando!
Ainda Bem Que Ele Foi Salvo
Na Jangada Dos Baianos!
-------------------------------------
ô, Marinheiro…
Dá licença de passar,
Seu navio está no porto,
Ele veio trabalhar
.É no balanço do mar 
É no balanço do mar
É no balanço do mar meu pai
É no balanço do mar 
--------------------------

Que Oxalá nos abençoe sempre

Autor do texto Leo Del Pezzo

Saravá   .'.


"Semirombá"


Paz Amor e Harmonia
Emidio de Ogum
http://espadadeogum.blogspot.com
publicado por espadadeogum às 18:42
link do post | comentar | favorito
|

Marinheiros da Umbanda

MARINHEIROS NA UMBANDA

Queridos irmãos

Que a paz de Oxalá esteja com todos

Todas as pessoas tem uma idéia muitas vezes distorcida desta linha de trabalho. Os marinheiros são em sua grande maioria espíritos que militam a umbanda para dar sustento no campo da diluição de cargas trevosas, outros atuam como elementos de sustentação de trabalhos voltados a curas, atraindo os poderes elementais dos quais estes espíritos de alto grau espiritual, trazem consigo.
Na realidade estes abnegados servidores da lei são verdadeiros “magos que atuam nos mistérios aquáticos” e com uma forma de atuação única dentro dos domínios da umbanda. Como magos, trazem para nós, a possibilidade de nos libertar-mos de nossos entraves, com uma forma bem simpática lidam com os consulentes de forma extrovertida, deixando o assistido muito avontade com trejeitos peculiares desta linha maravilhosa da umbanda.

Muito diferente do que imaginamos, estes irmãos do astral não são e não estão embriagados, como muitos se mostram, na realidade sua forma de balanço é uma maneira de liberar suas ondas energéticas se utilizando do próprio médium.
Em torno do médium existe um campo de energia sustentado por seus centros de força e, além da energia gerada a partir da energia corpórea, existe um campo espiritual que se reflete em todo o ambiente. Os guias quando encorporados em seus médiuns, dançam, giram, balançam, gesticulam, etc… desta forma os guias liberam não só a energia que se desprende do médium, mas também libera de forma salutar o poder de seu mistério através de ondas magnéticas que são liberadas dentro do campo espiritual do médium e do templo. É desta forma que os marinheiros fazem, em formas onduladas, ou através de seu balanço, que mais parece de uma pessoa embriagada, é que este irmão na luz faz seu trabalho redentor dentro dos campos da Umbanda Sagrada.

É importante que os médiuns e principalmente os assistidos, saibam de tal fato, para que estes não deturpem e não dêem um mal sentido aos trabalhos de Umbanda.
Os marinheiros são sustentados pelo poder de nossa Mãe Iemanjá e sua cor de atuação é a mesma desta mãe Divina, que é o azul claro. Podemos sempre que necessitarmos, ativar o poder destes servidores da lei em nossa vida, acenda sua vela e faça uma prece, pedindo para eles abrirem seus caminhos e protege-los. É maravilhoso.

Todos devem estar sempre com os pensamentos voltados ao Pai Celestial, para que assim a fé interior esteja sempre renovada. Que todos tenham a consciência de que as mudanças só serão possíveis se partirem primeiramente de vosso íntimo e acreditar, lutar pelos vossos idéias. A busca do sucesso depende de vosso próprio esforço, dedicação e merecimento. Portanto, não pare no tempo, cruzando os braços a espera de milagres. Levantem-se, tenham fé, renovem suas esperanças, acreditem no poder do Pai Maior e corram atrás de seus objetivos.

Alimentem vosso espírito com muito amor, esperança e fé para assim projetar a verdadeira essência divina a todos os vossos semelhantes. Vossa mente tem um poder grandioso. Use-a para exercitar o bem, com o objetivo de unirmos nossas forças para estarmos cada vez mais ligados a Deus, receba de braços abertos à energia de todos os Orixás, dos vossos marinheiros que estão o tempo todo a vos ajudar quando solicitados.
Sejam positivos em qualquer situação.

Pontos de Marinheiros:

Chamada:

Andai No Mar!
Andai No Mar!
Quem Acompanha Marinheiro
Toda Vida Anda No Mar!
------------------------------------
Eu Venho De Longe Pisando Na Areia
Na Areia Tenho Que Pisar!
Mas Ele É Seu Marinheiro Verdadeiro…
Aqui Em Qualquer Lugar!
---------------------------------------
Um Barquinho Vem Vindo Do Mar…
É O Marinheiro Que Vem Trabalhar!
Ele É Filho Das Águas Claras…
Eu Venho Aqui Quando Me Chamar!
---------------------------------------
Marinheiro Vem Do Mar…
No Balanço Do Navio…
Vem Trazendo A Santa Bênção…
Para Todos Os Seus Filhos!
Yemanjá Governa As Águas
Yansã A Tempestade
Com A Força Do Divino
Vem Trazendo A Caridade!
No Céu A Lua Brilha
As Ondas Do Mar Balançam
No Dia De Nossa Senhora
Na Areia A Sereia Canta!
------------------------------------
Ei Marinheiro
Seu Barco Estava Afundando!
Ainda Bem Que Ele Foi Salvo
Na Jangada Dos Baianos!
-------------------------------------
ô, Marinheiro…
Dá licença de passar,
Seu navio está no porto,
Ele veio trabalhar
.É no balanço do mar 
É no balanço do mar
É no balanço do mar meu pai
É no balanço do mar 
--------------------------

Que Oxalá nos abençoe sempre

Autor do texto Leo Del Pezzo

Saravá   .'.


"Semirombá"


Paz Amor e Harmonia
Emidio de Ogum
http://espadadeogum.blogspot.com
publicado por espadadeogum às 18:42
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 20 de Outubro de 2010

Entidades Marinheiros


Os Marinheiros


Aos poucos eles desembarcam de seus navios da calunga e chegam em Terra. Com suas gargalhadas, abraços e apertos de mão. São os marujos que vêm chegando para trabalhar nas ondas do mar. Os Marinheiros são homens e mulheres que navegaram e se relacionaram com o mar. Que descobriram ilhas, continentes, novos mundos.

Leia Mais em Mais Informações


Enfrentaram o ambiente de calmaria ou de mares tortuosos, em tempos de grande paz ou de penosas guerras. Os Marinheiros trabalham na linha de Iemanjá e Oxum (povo d'áqua), e trazem uma mensagem de esperança e muita força, nos dizendo que se pode lutar e desbravar o desconhecido, do nosso interior ou do mundo que nos rodeia se tivermos fé, confiança e trabalho unido, em grupo.
Seu trabalho é realizado em descarrego, consultas, passes, no desenvolvimento dos médiuns e em outros trabalhos que possam envolver demandas. Em muito, seu trabalho é parecido com o dos Exus. Dificilmente um leigo irá notar a diferença entre alguns marinheiros e os Exus na ora da gira, pois alguns Exus vêm com todos os trejeitos dos Marinheiros e com outros nomes, é quase imperceptível.
Linha ou falange dos marinheiros tem sua origem na linha de Iemanjá e são chefiados por uma entidade conhecida por Tarimá. São espíritos de pessoas que em vida foram marinheiros.
São muito brincalhões e normalmente bebem muito durante os trabalhos, por esse motivo a sua evocação não é muito freqüente, o plano espiritual superior os evoca para descarga pesada do templo, desta forma a eles podemos pedir coisas simples, eles não são muito dados a falar ou dar consultas.
A descarga de um terreiro uma vez efetuada será enviada ao fundo mar com todos os fluidos nocivos que dela provem. Os marinheiros são destruidores de feitiços, cortam ou anulam todo mal e embaraço que possa estar dentro de um templo, ou ainda, próximo aos seus freqüentadores.
Nunca andam sozinhos, quando em guerra unem-se em legiões, fazendo valer o principio de que a união faz a força, o que os torna imbatíveis nesse sentido. Alguns representantes mais conhecidos:
Maria do Cais
Chico do Mar
Zé Pescador
Seu Marinheiro Japonês     
Seu Iriande
Seu Gererê
Seu Martim Pescador
Da linha do Povo D'água ou de Iemanjá, geralmente baixam para beber e brincar podem-lhe ser pedidos coisas simples. Não é muito aconselhável a incorporação dessas entidades, devido a quantidade de bebida que ingerem. Com doutrinação, porém, eles não bebem em excesso.
Vem com seus bonés, calças, camisa e jaleco, em cores brancas de marinheiros e azul marinho de capitães de barco.
Nunca se oferece a eles conchas, estrelas do mar ou outros objetos do mar, pois como Marinheiros que são, consideram que ter objetos pertenecentes ao mar traz má sorte, a exceçao dos búzios (que não consideram como adornos, e sim como símbolo de dinheiro). Este povo recebe as oferendas na orla do mar em lugar seco sobre a areia.
A gira de marinheiro e bem alegre e descontraída. Eles são sorridentes e animados, não tem tempo ruim para esta falange. Com palavras macias e diretas eles vão bem fundo na alma dos consulentes e em seus problemas. A marujada coloca seus bonés e, enquanto trabalham, cantam, bebem e fumam. Bebem Whisky, Vodka, Vinho, Cachaça, e mais o que tiver de bom gosto. Fumam charuto, cigarro, cigarrilha e outros fumos diversos.
Em seus trabalhos são sinceros e ligeiramente românticos, sentimentais e muito amigos. Gostam de ajudar àqueles e àquelas que estão com problemas amorosos ou em procura de alguém, de um "porto seguro". A gira de marinheiro, em muito, parece uma grande festa, pela sua alegria e descontração, mas também, existe um grande compromisso e responsabilidade no trabalho que é feito.
Seus integrantes se apresentam com a aparencia de marinheiros e pescadores, gente acostumada a navegar. Representam o homem do mar, bebedor, mulherengo, que gosta de beber com os amigos nos bares e cantar alguma canção. São alegres e encaram os problemas de um ponto de vista simples. Caminham balançando-se de um lado para o outro, como se estivessem mareados. Bebem de tudo, pois na hora de beber nada recusam, fumam também de tudo: cigarros de palha, cigarros, cigarrilhas e até cachimbo.
Se relacionam com os amores ilícitos, passageiros e encontros esporádicos com amantes. Também se pede a eles que nos protejam nas viajens pelo mar e que nada de mal nos ocorra. Como qualquer outra entidade de umbanda dão conselhos.
As mulheres deste povo representam as mulheres que trabalham nas cercanias dos portos exercendo a prostituição e servindo bebidas nos bares, onde se juntavam para beber os Marinheiros, Malandros e Ciganos, realizando seus negócios e muitas vezes comprando o contrabando trazido nos barcos.

Marinheiros no Catimbó
São também grandes Mestres da jurema e possuidores de um grande ensinamento. São em geral marinheiros, marujos, navegadores e pescadores que na maioria tiveram seu desencarne nas águas profundas do mar. São comandados e chefiados pelo Mestre Martim Pescador, grande catimbozeiro e que trabalha com as energias das águas do mar.
Em comum não são possuidores de giras próprias e se fazem presentes nas giras do Catimbó. Em algumas regiões são conhecidos como marujeiros. Quase sempre se apresentam bêbados, e tem em suas danças o balanço das ondas do mar. Suas cores são o branco e azul, vem quase sempre vestidos de marujos, tem no peixe o seu símbolo máximo, comem todos os tipos de frutos do mar e bebem também a cerveja e a cachaça. Sua saudação é

TRUNFÊ, TRUNFÁ TRUNFÁ REÁ, A COSTA MARUJADA!!!



Paz Amor e Harmonia
Emidio de Ogum
http://espadadeogum.blogspot.com
publicado por espadadeogum às 23:11
link do post | comentar | favorito
|

Entidades Marinheiros


Os Marinheiros


Aos poucos eles desembarcam de seus navios da calunga e chegam em Terra. Com suas gargalhadas, abraços e apertos de mão. São os marujos que vêm chegando para trabalhar nas ondas do mar. Os Marinheiros são homens e mulheres que navegaram e se relacionaram com o mar. Que descobriram ilhas, continentes, novos mundos.

Leia Mais em Mais Informações


Enfrentaram o ambiente de calmaria ou de mares tortuosos, em tempos de grande paz ou de penosas guerras. Os Marinheiros trabalham na linha de Iemanjá e Oxum (povo d'áqua), e trazem uma mensagem de esperança e muita força, nos dizendo que se pode lutar e desbravar o desconhecido, do nosso interior ou do mundo que nos rodeia se tivermos fé, confiança e trabalho unido, em grupo.
Seu trabalho é realizado em descarrego, consultas, passes, no desenvolvimento dos médiuns e em outros trabalhos que possam envolver demandas. Em muito, seu trabalho é parecido com o dos Exus. Dificilmente um leigo irá notar a diferença entre alguns marinheiros e os Exus na ora da gira, pois alguns Exus vêm com todos os trejeitos dos Marinheiros e com outros nomes, é quase imperceptível.
Linha ou falange dos marinheiros tem sua origem na linha de Iemanjá e são chefiados por uma entidade conhecida por Tarimá. São espíritos de pessoas que em vida foram marinheiros.
São muito brincalhões e normalmente bebem muito durante os trabalhos, por esse motivo a sua evocação não é muito freqüente, o plano espiritual superior os evoca para descarga pesada do templo, desta forma a eles podemos pedir coisas simples, eles não são muito dados a falar ou dar consultas.
A descarga de um terreiro uma vez efetuada será enviada ao fundo mar com todos os fluidos nocivos que dela provem. Os marinheiros são destruidores de feitiços, cortam ou anulam todo mal e embaraço que possa estar dentro de um templo, ou ainda, próximo aos seus freqüentadores.
Nunca andam sozinhos, quando em guerra unem-se em legiões, fazendo valer o principio de que a união faz a força, o que os torna imbatíveis nesse sentido. Alguns representantes mais conhecidos:
Maria do Cais
Chico do Mar
Zé Pescador
Seu Marinheiro Japonês     
Seu Iriande
Seu Gererê
Seu Martim Pescador
Da linha do Povo D'água ou de Iemanjá, geralmente baixam para beber e brincar podem-lhe ser pedidos coisas simples. Não é muito aconselhável a incorporação dessas entidades, devido a quantidade de bebida que ingerem. Com doutrinação, porém, eles não bebem em excesso.
Vem com seus bonés, calças, camisa e jaleco, em cores brancas de marinheiros e azul marinho de capitães de barco.
Nunca se oferece a eles conchas, estrelas do mar ou outros objetos do mar, pois como Marinheiros que são, consideram que ter objetos pertenecentes ao mar traz má sorte, a exceçao dos búzios (que não consideram como adornos, e sim como símbolo de dinheiro). Este povo recebe as oferendas na orla do mar em lugar seco sobre a areia.
A gira de marinheiro e bem alegre e descontraída. Eles são sorridentes e animados, não tem tempo ruim para esta falange. Com palavras macias e diretas eles vão bem fundo na alma dos consulentes e em seus problemas. A marujada coloca seus bonés e, enquanto trabalham, cantam, bebem e fumam. Bebem Whisky, Vodka, Vinho, Cachaça, e mais o que tiver de bom gosto. Fumam charuto, cigarro, cigarrilha e outros fumos diversos.
Em seus trabalhos são sinceros e ligeiramente românticos, sentimentais e muito amigos. Gostam de ajudar àqueles e àquelas que estão com problemas amorosos ou em procura de alguém, de um "porto seguro". A gira de marinheiro, em muito, parece uma grande festa, pela sua alegria e descontração, mas também, existe um grande compromisso e responsabilidade no trabalho que é feito.
Seus integrantes se apresentam com a aparencia de marinheiros e pescadores, gente acostumada a navegar. Representam o homem do mar, bebedor, mulherengo, que gosta de beber com os amigos nos bares e cantar alguma canção. São alegres e encaram os problemas de um ponto de vista simples. Caminham balançando-se de um lado para o outro, como se estivessem mareados. Bebem de tudo, pois na hora de beber nada recusam, fumam também de tudo: cigarros de palha, cigarros, cigarrilhas e até cachimbo.
Se relacionam com os amores ilícitos, passageiros e encontros esporádicos com amantes. Também se pede a eles que nos protejam nas viajens pelo mar e que nada de mal nos ocorra. Como qualquer outra entidade de umbanda dão conselhos.
As mulheres deste povo representam as mulheres que trabalham nas cercanias dos portos exercendo a prostituição e servindo bebidas nos bares, onde se juntavam para beber os Marinheiros, Malandros e Ciganos, realizando seus negócios e muitas vezes comprando o contrabando trazido nos barcos.

Marinheiros no Catimbó
São também grandes Mestres da jurema e possuidores de um grande ensinamento. São em geral marinheiros, marujos, navegadores e pescadores que na maioria tiveram seu desencarne nas águas profundas do mar. São comandados e chefiados pelo Mestre Martim Pescador, grande catimbozeiro e que trabalha com as energias das águas do mar.
Em comum não são possuidores de giras próprias e se fazem presentes nas giras do Catimbó. Em algumas regiões são conhecidos como marujeiros. Quase sempre se apresentam bêbados, e tem em suas danças o balanço das ondas do mar. Suas cores são o branco e azul, vem quase sempre vestidos de marujos, tem no peixe o seu símbolo máximo, comem todos os tipos de frutos do mar e bebem também a cerveja e a cachaça. Sua saudação é

TRUNFÊ, TRUNFÁ TRUNFÁ REÁ, A COSTA MARUJADA!!!



Paz Amor e Harmonia
Emidio de Ogum
http://espadadeogum.blogspot.com
publicado por espadadeogum às 23:11
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Os mais lindos Pontos de ...

. Os mais lindos Pontos de ...

. Os mais lindos Pontos de ...

. Os mais lindos Pontos de ...

. Marinheiros da Umbanda

. Marinheiros da Umbanda

. Marinheiros da Umbanda

. Marinheiros da Umbanda

. Entidades Marinheiros

. Entidades Marinheiros

.arquivos

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds