Sexta-feira, 4 de Junho de 2010

Comida de Santo

História 

Acarajé comida ritual da Orixá Oyá - Iansã . Na África é chamado de àkàrà , enquanto je significa comer. No Brasil foram unidas as duas palavras acara-je.

Contam que "no início, o feijão fradinho era ralado na pedra, de 50cm de comprimento por 23 de largura, tendo cerca de 10cm de altura. A face plana, em vez de lisa, era ligeiramente picada por canteiro, de modo a torná-la porosa ou crespa. Um rolo de forma cilíndrica, impelido para frente e para trás, sobre a pedra, na atitude de quem mói, triturava facilmente o milho , o feijão , o arroz ".


Acarajé de Orixá 

O acarajé é feito com feijão fradinho , que deve ser quebrado em um moinho em pedaços grandes e colocado de môlho na água para soltar a casca, após retirar toda a casca, passar novamente no moinho, desta vez deverá ficar uma massa bem fina. A essa massa acrescenta-se cebola ralada e um pouco de sal.

O segredo para o acarajé ficar macio é o tempo que se bate a massa. Quando a massa estiver no ponto ela fica com a aparência de espuma, para fritar use uma panela funda com bastante azeite de dendê ou azeite doce.

Normalmente usa-se duas colheres para fritar, uma colher para pegar a massa e uma colher de pau para moldar os bolinhos, o azeite deve estar bem quente quando se coloca o primeiro acarajé para fritar. Esse primeiro acarajé sempre é oferecido à Exú pela primazia que tem no candomblé. Os seguintes são fritos normalmente e ofertados aos orixás.


Caruru 

Ingredientes:- 1/2 kg de camarões secos
- 100 g de amendoim torrado
- 2 dentes de alho, 1 cebola grande ou 2 médias
- 2 colheres dás de sopa de dendê
- 1 kg de quiabos, sal
- mais dendê, o quanto baste
- 1/2 kg de camarões frescos, cozidos
- 1/2 kg de peixe frito


Modo de preparo:
Afervente o camarão seco, descasque-o e passe na máquina de moer. Descasque o amendoim torrado, o alho e a cebola e passe também na máquina de moer. Misture todos esses ingredientes moídos e refogue-os no dendê, até que comecem a dourar. Junte os quiabos lavados, secos e cortados em rodelinhas bem finas. Misture com uma colher de pau e junte um pouco de água e de dendê em quantidade bastante para cozinhar o quiabo. Se preciso, ponha mais água e dendê enquanto cozinha. Prove e tempere com sal a gosto. Mexa o caruru com colher de pau durante todo o tempo que cozinha. Quando o quiabo estiver cozido, junte os camarões frescos cozidos e o peixe frito (este em lascas grandes), dê mais uma fervura e sirva, bem quente. O caruru é servido com arroz branco ou com acaçá de Oxalá ou com angu de creme de arroz. 

Padê para Exú

Ingredientes:
- 01 pcte. de farinha de milho amarela
- 01 vidro de azeite de dendê
- 01 cebola grande
- 01 bife
- 03 charutos
- 01 caixas de fósforo
- 01 garrafa de aguardente
- 07 pimentas vermelhas


Modo de preparo:
Em um alguidar coloque a farinha de milho e um pouco de dendê, com as mãos faça uma farofa bem fofa sempre mentalizando seu pedido. Corte a cebola em rodelas e refogue ligeiramente no dendê, faça o mesmo com o bife. Cubra o padê com as rodelas de cebola e no centro coloque o bife, enfeite com as sete pimentas. Ofereça a Exú o padê não esquecendo dos charutos e da aguardente.

Amalá para Xangô

Ingredientes:
- 500gr. de quiabo
- 01 rabada cortada em doze pedaços
- 01 cebola
- 01 vidro de azeite de dendê
- 250g. de fubá branco


Modo de preparo:
Cozinhe a rabada com cebola e dendê. Em uma panela separada faça um refogado de cebola dendê, separe 12 quiabos e corte o restante em rodelas bem tirinhas, junte a rabada cozida .Com o fubá, faça uma polenta e com ela forre uma gamela, coloque o refogado e enfeite com os 12 quiabos enfiando-os no amalá de cabeça para baixo.

Omolokum de Logun

Ingredientes:
- 500g. de feijão fradinho
- 500g. de milho
- 01 cebola
- 4 ovos
- azeite de oliva


Modo de Preparo:
Coloque o feijão fradinho para cozinhar com cebola e azeite de oliva. Em outra panela cozinhe o milho. Depois do feijão fradinho cozido amasse-o bem até formar uma pasta. Em uma travessa coloque o omolokum (massa do feijão fradinho) de maneira que ocupe a metade da travessa e na outra metade coloque o milho cozido, regue com oliva e enfeite o omolokum com os quatro ovos cortados em quatro, e o milho enfeite com côco cortado em tirinhas.

Omolokum para Oxum

Ingredientes:
- 500g. de feijão fradinho
- 01 cebola
- azeite de oliva
- 8 ovos


Modo de preparo:
Cozinhe o feijão fradinho com cebola e azeite de oliva, depois de cozido amasse-o bem até formar uma pasta. Coloque um recipiente de louça enfeite com os 8 ovos cozidos cortados em quatro e regue com bastante oliva.

Pipoca para Obaluaiyê

Ingredientes:
- 300g. de milho pipoca
- 01 bisteca de porco
- dendê
- côco
- areia de praia/na falta areia fina de construção peneirada.


Modo de preparo:
Em uma panela ou pipoqueira, aqueça bem a areia da praia, coloque o milho pipoca e estoure normalmente, Coloque num alguidar. Frite a bisteca no dendê e coloque sobre a pipoca, enfeite com côco cortado em tirinhas.

Manjar para Iemanjá

Ingredientes:
- 250g. de creme de arroz
- 01 pescada inteira
- azeite de oliva


Modo de preparo:
Faça um mingau com o creme de arroz e água e uma pitada de sal. Limpe a pescada e asse-a na oliva. Coloque o mingau numa travessa de louça deixe esfriar e coloque a pescada assada sobre o manjar, regue com oliva.

Paz Amor e Harmonia
Emidio de Ogum
http://espadadeogum.blogspot.com
tags:
publicado por espadadeogum às 20:16
link do post | comentar | favorito
|

Comida de Santo

História 

Acarajé comida ritual da Orixá Oyá - Iansã . Na África é chamado de àkàrà , enquanto je significa comer. No Brasil foram unidas as duas palavras acara-je.

Contam que "no início, o feijão fradinho era ralado na pedra, de 50cm de comprimento por 23 de largura, tendo cerca de 10cm de altura. A face plana, em vez de lisa, era ligeiramente picada por canteiro, de modo a torná-la porosa ou crespa. Um rolo de forma cilíndrica, impelido para frente e para trás, sobre a pedra, na atitude de quem mói, triturava facilmente o milho , o feijão , o arroz ".


Acarajé de Orixá 

O acarajé é feito com feijão fradinho , que deve ser quebrado em um moinho em pedaços grandes e colocado de môlho na água para soltar a casca, após retirar toda a casca, passar novamente no moinho, desta vez deverá ficar uma massa bem fina. A essa massa acrescenta-se cebola ralada e um pouco de sal.

O segredo para o acarajé ficar macio é o tempo que se bate a massa. Quando a massa estiver no ponto ela fica com a aparência de espuma, para fritar use uma panela funda com bastante azeite de dendê ou azeite doce.

Normalmente usa-se duas colheres para fritar, uma colher para pegar a massa e uma colher de pau para moldar os bolinhos, o azeite deve estar bem quente quando se coloca o primeiro acarajé para fritar. Esse primeiro acarajé sempre é oferecido à Exú pela primazia que tem no candomblé. Os seguintes são fritos normalmente e ofertados aos orixás.


Caruru 

Ingredientes:- 1/2 kg de camarões secos
- 100 g de amendoim torrado
- 2 dentes de alho, 1 cebola grande ou 2 médias
- 2 colheres dás de sopa de dendê
- 1 kg de quiabos, sal
- mais dendê, o quanto baste
- 1/2 kg de camarões frescos, cozidos
- 1/2 kg de peixe frito


Modo de preparo:
Afervente o camarão seco, descasque-o e passe na máquina de moer. Descasque o amendoim torrado, o alho e a cebola e passe também na máquina de moer. Misture todos esses ingredientes moídos e refogue-os no dendê, até que comecem a dourar. Junte os quiabos lavados, secos e cortados em rodelinhas bem finas. Misture com uma colher de pau e junte um pouco de água e de dendê em quantidade bastante para cozinhar o quiabo. Se preciso, ponha mais água e dendê enquanto cozinha. Prove e tempere com sal a gosto. Mexa o caruru com colher de pau durante todo o tempo que cozinha. Quando o quiabo estiver cozido, junte os camarões frescos cozidos e o peixe frito (este em lascas grandes), dê mais uma fervura e sirva, bem quente. O caruru é servido com arroz branco ou com acaçá de Oxalá ou com angu de creme de arroz. 

Padê para Exú

Ingredientes:
- 01 pcte. de farinha de milho amarela
- 01 vidro de azeite de dendê
- 01 cebola grande
- 01 bife
- 03 charutos
- 01 caixas de fósforo
- 01 garrafa de aguardente
- 07 pimentas vermelhas


Modo de preparo:
Em um alguidar coloque a farinha de milho e um pouco de dendê, com as mãos faça uma farofa bem fofa sempre mentalizando seu pedido. Corte a cebola em rodelas e refogue ligeiramente no dendê, faça o mesmo com o bife. Cubra o padê com as rodelas de cebola e no centro coloque o bife, enfeite com as sete pimentas. Ofereça a Exú o padê não esquecendo dos charutos e da aguardente.

Amalá para Xangô

Ingredientes:
- 500gr. de quiabo
- 01 rabada cortada em doze pedaços
- 01 cebola
- 01 vidro de azeite de dendê
- 250g. de fubá branco


Modo de preparo:
Cozinhe a rabada com cebola e dendê. Em uma panela separada faça um refogado de cebola dendê, separe 12 quiabos e corte o restante em rodelas bem tirinhas, junte a rabada cozida .Com o fubá, faça uma polenta e com ela forre uma gamela, coloque o refogado e enfeite com os 12 quiabos enfiando-os no amalá de cabeça para baixo.

Omolokum de Logun

Ingredientes:
- 500g. de feijão fradinho
- 500g. de milho
- 01 cebola
- 4 ovos
- azeite de oliva


Modo de Preparo:
Coloque o feijão fradinho para cozinhar com cebola e azeite de oliva. Em outra panela cozinhe o milho. Depois do feijão fradinho cozido amasse-o bem até formar uma pasta. Em uma travessa coloque o omolokum (massa do feijão fradinho) de maneira que ocupe a metade da travessa e na outra metade coloque o milho cozido, regue com oliva e enfeite o omolokum com os quatro ovos cortados em quatro, e o milho enfeite com côco cortado em tirinhas.

Omolokum para Oxum

Ingredientes:
- 500g. de feijão fradinho
- 01 cebola
- azeite de oliva
- 8 ovos


Modo de preparo:
Cozinhe o feijão fradinho com cebola e azeite de oliva, depois de cozido amasse-o bem até formar uma pasta. Coloque um recipiente de louça enfeite com os 8 ovos cozidos cortados em quatro e regue com bastante oliva.

Pipoca para Obaluaiyê

Ingredientes:
- 300g. de milho pipoca
- 01 bisteca de porco
- dendê
- côco
- areia de praia/na falta areia fina de construção peneirada.


Modo de preparo:
Em uma panela ou pipoqueira, aqueça bem a areia da praia, coloque o milho pipoca e estoure normalmente, Coloque num alguidar. Frite a bisteca no dendê e coloque sobre a pipoca, enfeite com côco cortado em tirinhas.

Manjar para Iemanjá

Ingredientes:
- 250g. de creme de arroz
- 01 pescada inteira
- azeite de oliva


Modo de preparo:
Faça um mingau com o creme de arroz e água e uma pitada de sal. Limpe a pescada e asse-a na oliva. Coloque o mingau numa travessa de louça deixe esfriar e coloque a pescada assada sobre o manjar, regue com oliva.

Paz Amor e Harmonia
Emidio de Ogum
http://espadadeogum.blogspot.com
tags:
publicado por espadadeogum às 20:16
link do post | comentar | favorito
|

Comida de Santo

História 

Acarajé comida ritual da Orixá Oyá - Iansã . Na África é chamado de àkàrà , enquanto je significa comer. No Brasil foram unidas as duas palavras acara-je.

Contam que "no início, o feijão fradinho era ralado na pedra, de 50cm de comprimento por 23 de largura, tendo cerca de 10cm de altura. A face plana, em vez de lisa, era ligeiramente picada por canteiro, de modo a torná-la porosa ou crespa. Um rolo de forma cilíndrica, impelido para frente e para trás, sobre a pedra, na atitude de quem mói, triturava facilmente o milho , o feijão , o arroz ".


Acarajé de Orixá 

O acarajé é feito com feijão fradinho , que deve ser quebrado em um moinho em pedaços grandes e colocado de môlho na água para soltar a casca, após retirar toda a casca, passar novamente no moinho, desta vez deverá ficar uma massa bem fina. A essa massa acrescenta-se cebola ralada e um pouco de sal.

O segredo para o acarajé ficar macio é o tempo que se bate a massa. Quando a massa estiver no ponto ela fica com a aparência de espuma, para fritar use uma panela funda com bastante azeite de dendê ou azeite doce.

Normalmente usa-se duas colheres para fritar, uma colher para pegar a massa e uma colher de pau para moldar os bolinhos, o azeite deve estar bem quente quando se coloca o primeiro acarajé para fritar. Esse primeiro acarajé sempre é oferecido à Exú pela primazia que tem no candomblé. Os seguintes são fritos normalmente e ofertados aos orixás.


Caruru 

Ingredientes:- 1/2 kg de camarões secos
- 100 g de amendoim torrado
- 2 dentes de alho, 1 cebola grande ou 2 médias
- 2 colheres dás de sopa de dendê
- 1 kg de quiabos, sal
- mais dendê, o quanto baste
- 1/2 kg de camarões frescos, cozidos
- 1/2 kg de peixe frito


Modo de preparo:
Afervente o camarão seco, descasque-o e passe na máquina de moer. Descasque o amendoim torrado, o alho e a cebola e passe também na máquina de moer. Misture todos esses ingredientes moídos e refogue-os no dendê, até que comecem a dourar. Junte os quiabos lavados, secos e cortados em rodelinhas bem finas. Misture com uma colher de pau e junte um pouco de água e de dendê em quantidade bastante para cozinhar o quiabo. Se preciso, ponha mais água e dendê enquanto cozinha. Prove e tempere com sal a gosto. Mexa o caruru com colher de pau durante todo o tempo que cozinha. Quando o quiabo estiver cozido, junte os camarões frescos cozidos e o peixe frito (este em lascas grandes), dê mais uma fervura e sirva, bem quente. O caruru é servido com arroz branco ou com acaçá de Oxalá ou com angu de creme de arroz. 

Padê para Exú

Ingredientes:
- 01 pcte. de farinha de milho amarela
- 01 vidro de azeite de dendê
- 01 cebola grande
- 01 bife
- 03 charutos
- 01 caixas de fósforo
- 01 garrafa de aguardente
- 07 pimentas vermelhas


Modo de preparo:
Em um alguidar coloque a farinha de milho e um pouco de dendê, com as mãos faça uma farofa bem fofa sempre mentalizando seu pedido. Corte a cebola em rodelas e refogue ligeiramente no dendê, faça o mesmo com o bife. Cubra o padê com as rodelas de cebola e no centro coloque o bife, enfeite com as sete pimentas. Ofereça a Exú o padê não esquecendo dos charutos e da aguardente.

Amalá para Xangô

Ingredientes:
- 500gr. de quiabo
- 01 rabada cortada em doze pedaços
- 01 cebola
- 01 vidro de azeite de dendê
- 250g. de fubá branco


Modo de preparo:
Cozinhe a rabada com cebola e dendê. Em uma panela separada faça um refogado de cebola dendê, separe 12 quiabos e corte o restante em rodelas bem tirinhas, junte a rabada cozida .Com o fubá, faça uma polenta e com ela forre uma gamela, coloque o refogado e enfeite com os 12 quiabos enfiando-os no amalá de cabeça para baixo.

Omolokum de Logun

Ingredientes:
- 500g. de feijão fradinho
- 500g. de milho
- 01 cebola
- 4 ovos
- azeite de oliva


Modo de Preparo:
Coloque o feijão fradinho para cozinhar com cebola e azeite de oliva. Em outra panela cozinhe o milho. Depois do feijão fradinho cozido amasse-o bem até formar uma pasta. Em uma travessa coloque o omolokum (massa do feijão fradinho) de maneira que ocupe a metade da travessa e na outra metade coloque o milho cozido, regue com oliva e enfeite o omolokum com os quatro ovos cortados em quatro, e o milho enfeite com côco cortado em tirinhas.

Omolokum para Oxum

Ingredientes:
- 500g. de feijão fradinho
- 01 cebola
- azeite de oliva
- 8 ovos


Modo de preparo:
Cozinhe o feijão fradinho com cebola e azeite de oliva, depois de cozido amasse-o bem até formar uma pasta. Coloque um recipiente de louça enfeite com os 8 ovos cozidos cortados em quatro e regue com bastante oliva.

Pipoca para Obaluaiyê

Ingredientes:
- 300g. de milho pipoca
- 01 bisteca de porco
- dendê
- côco
- areia de praia/na falta areia fina de construção peneirada.


Modo de preparo:
Em uma panela ou pipoqueira, aqueça bem a areia da praia, coloque o milho pipoca e estoure normalmente, Coloque num alguidar. Frite a bisteca no dendê e coloque sobre a pipoca, enfeite com côco cortado em tirinhas.

Manjar para Iemanjá

Ingredientes:
- 250g. de creme de arroz
- 01 pescada inteira
- azeite de oliva


Modo de preparo:
Faça um mingau com o creme de arroz e água e uma pitada de sal. Limpe a pescada e asse-a na oliva. Coloque o mingau numa travessa de louça deixe esfriar e coloque a pescada assada sobre o manjar, regue com oliva.

Paz Amor e Harmonia
Emidio de Ogum
http://espadadeogum.blogspot.com
tags:
publicado por espadadeogum às 20:16
link do post | comentar | favorito
|

Comida de Santo

História 

Acarajé comida ritual da Orixá Oyá - Iansã . Na África é chamado de àkàrà , enquanto je significa comer. No Brasil foram unidas as duas palavras acara-je.

Contam que "no início, o feijão fradinho era ralado na pedra, de 50cm de comprimento por 23 de largura, tendo cerca de 10cm de altura. A face plana, em vez de lisa, era ligeiramente picada por canteiro, de modo a torná-la porosa ou crespa. Um rolo de forma cilíndrica, impelido para frente e para trás, sobre a pedra, na atitude de quem mói, triturava facilmente o milho , o feijão , o arroz ".


Acarajé de Orixá 

O acarajé é feito com feijão fradinho , que deve ser quebrado em um moinho em pedaços grandes e colocado de môlho na água para soltar a casca, após retirar toda a casca, passar novamente no moinho, desta vez deverá ficar uma massa bem fina. A essa massa acrescenta-se cebola ralada e um pouco de sal.

O segredo para o acarajé ficar macio é o tempo que se bate a massa. Quando a massa estiver no ponto ela fica com a aparência de espuma, para fritar use uma panela funda com bastante azeite de dendê ou azeite doce.

Normalmente usa-se duas colheres para fritar, uma colher para pegar a massa e uma colher de pau para moldar os bolinhos, o azeite deve estar bem quente quando se coloca o primeiro acarajé para fritar. Esse primeiro acarajé sempre é oferecido à Exú pela primazia que tem no candomblé. Os seguintes são fritos normalmente e ofertados aos orixás.


Caruru 

Ingredientes:- 1/2 kg de camarões secos
- 100 g de amendoim torrado
- 2 dentes de alho, 1 cebola grande ou 2 médias
- 2 colheres dás de sopa de dendê
- 1 kg de quiabos, sal
- mais dendê, o quanto baste
- 1/2 kg de camarões frescos, cozidos
- 1/2 kg de peixe frito


Modo de preparo:
Afervente o camarão seco, descasque-o e passe na máquina de moer. Descasque o amendoim torrado, o alho e a cebola e passe também na máquina de moer. Misture todos esses ingredientes moídos e refogue-os no dendê, até que comecem a dourar. Junte os quiabos lavados, secos e cortados em rodelinhas bem finas. Misture com uma colher de pau e junte um pouco de água e de dendê em quantidade bastante para cozinhar o quiabo. Se preciso, ponha mais água e dendê enquanto cozinha. Prove e tempere com sal a gosto. Mexa o caruru com colher de pau durante todo o tempo que cozinha. Quando o quiabo estiver cozido, junte os camarões frescos cozidos e o peixe frito (este em lascas grandes), dê mais uma fervura e sirva, bem quente. O caruru é servido com arroz branco ou com acaçá de Oxalá ou com angu de creme de arroz. 

Padê para Exú

Ingredientes:
- 01 pcte. de farinha de milho amarela
- 01 vidro de azeite de dendê
- 01 cebola grande
- 01 bife
- 03 charutos
- 01 caixas de fósforo
- 01 garrafa de aguardente
- 07 pimentas vermelhas


Modo de preparo:
Em um alguidar coloque a farinha de milho e um pouco de dendê, com as mãos faça uma farofa bem fofa sempre mentalizando seu pedido. Corte a cebola em rodelas e refogue ligeiramente no dendê, faça o mesmo com o bife. Cubra o padê com as rodelas de cebola e no centro coloque o bife, enfeite com as sete pimentas. Ofereça a Exú o padê não esquecendo dos charutos e da aguardente.

Amalá para Xangô

Ingredientes:
- 500gr. de quiabo
- 01 rabada cortada em doze pedaços
- 01 cebola
- 01 vidro de azeite de dendê
- 250g. de fubá branco


Modo de preparo:
Cozinhe a rabada com cebola e dendê. Em uma panela separada faça um refogado de cebola dendê, separe 12 quiabos e corte o restante em rodelas bem tirinhas, junte a rabada cozida .Com o fubá, faça uma polenta e com ela forre uma gamela, coloque o refogado e enfeite com os 12 quiabos enfiando-os no amalá de cabeça para baixo.

Omolokum de Logun

Ingredientes:
- 500g. de feijão fradinho
- 500g. de milho
- 01 cebola
- 4 ovos
- azeite de oliva


Modo de Preparo:
Coloque o feijão fradinho para cozinhar com cebola e azeite de oliva. Em outra panela cozinhe o milho. Depois do feijão fradinho cozido amasse-o bem até formar uma pasta. Em uma travessa coloque o omolokum (massa do feijão fradinho) de maneira que ocupe a metade da travessa e na outra metade coloque o milho cozido, regue com oliva e enfeite o omolokum com os quatro ovos cortados em quatro, e o milho enfeite com côco cortado em tirinhas.

Omolokum para Oxum

Ingredientes:
- 500g. de feijão fradinho
- 01 cebola
- azeite de oliva
- 8 ovos


Modo de preparo:
Cozinhe o feijão fradinho com cebola e azeite de oliva, depois de cozido amasse-o bem até formar uma pasta. Coloque um recipiente de louça enfeite com os 8 ovos cozidos cortados em quatro e regue com bastante oliva.

Pipoca para Obaluaiyê

Ingredientes:
- 300g. de milho pipoca
- 01 bisteca de porco
- dendê
- côco
- areia de praia/na falta areia fina de construção peneirada.


Modo de preparo:
Em uma panela ou pipoqueira, aqueça bem a areia da praia, coloque o milho pipoca e estoure normalmente, Coloque num alguidar. Frite a bisteca no dendê e coloque sobre a pipoca, enfeite com côco cortado em tirinhas.

Manjar para Iemanjá

Ingredientes:
- 250g. de creme de arroz
- 01 pescada inteira
- azeite de oliva


Modo de preparo:
Faça um mingau com o creme de arroz e água e uma pitada de sal. Limpe a pescada e asse-a na oliva. Coloque o mingau numa travessa de louça deixe esfriar e coloque a pescada assada sobre o manjar, regue com oliva.

Paz Amor e Harmonia
Emidio de Ogum
http://espadadeogum.blogspot.com
tags:
publicado por espadadeogum às 20:16
link do post | comentar | favorito
|

Comida de Santo

História 

Acarajé comida ritual da Orixá Oyá - Iansã . Na África é chamado de àkàrà , enquanto je significa comer. No Brasil foram unidas as duas palavras acara-je.

Contam que "no início, o feijão fradinho era ralado na pedra, de 50cm de comprimento por 23 de largura, tendo cerca de 10cm de altura. A face plana, em vez de lisa, era ligeiramente picada por canteiro, de modo a torná-la porosa ou crespa. Um rolo de forma cilíndrica, impelido para frente e para trás, sobre a pedra, na atitude de quem mói, triturava facilmente o milho , o feijão , o arroz ".


Acarajé de Orixá 

O acarajé é feito com feijão fradinho , que deve ser quebrado em um moinho em pedaços grandes e colocado de môlho na água para soltar a casca, após retirar toda a casca, passar novamente no moinho, desta vez deverá ficar uma massa bem fina. A essa massa acrescenta-se cebola ralada e um pouco de sal.

O segredo para o acarajé ficar macio é o tempo que se bate a massa. Quando a massa estiver no ponto ela fica com a aparência de espuma, para fritar use uma panela funda com bastante azeite de dendê ou azeite doce.

Normalmente usa-se duas colheres para fritar, uma colher para pegar a massa e uma colher de pau para moldar os bolinhos, o azeite deve estar bem quente quando se coloca o primeiro acarajé para fritar. Esse primeiro acarajé sempre é oferecido à Exú pela primazia que tem no candomblé. Os seguintes são fritos normalmente e ofertados aos orixás.


Caruru 

Ingredientes:- 1/2 kg de camarões secos
- 100 g de amendoim torrado
- 2 dentes de alho, 1 cebola grande ou 2 médias
- 2 colheres dás de sopa de dendê
- 1 kg de quiabos, sal
- mais dendê, o quanto baste
- 1/2 kg de camarões frescos, cozidos
- 1/2 kg de peixe frito


Modo de preparo:
Afervente o camarão seco, descasque-o e passe na máquina de moer. Descasque o amendoim torrado, o alho e a cebola e passe também na máquina de moer. Misture todos esses ingredientes moídos e refogue-os no dendê, até que comecem a dourar. Junte os quiabos lavados, secos e cortados em rodelinhas bem finas. Misture com uma colher de pau e junte um pouco de água e de dendê em quantidade bastante para cozinhar o quiabo. Se preciso, ponha mais água e dendê enquanto cozinha. Prove e tempere com sal a gosto. Mexa o caruru com colher de pau durante todo o tempo que cozinha. Quando o quiabo estiver cozido, junte os camarões frescos cozidos e o peixe frito (este em lascas grandes), dê mais uma fervura e sirva, bem quente. O caruru é servido com arroz branco ou com acaçá de Oxalá ou com angu de creme de arroz. 

Padê para Exú

Ingredientes:
- 01 pcte. de farinha de milho amarela
- 01 vidro de azeite de dendê
- 01 cebola grande
- 01 bife
- 03 charutos
- 01 caixas de fósforo
- 01 garrafa de aguardente
- 07 pimentas vermelhas


Modo de preparo:
Em um alguidar coloque a farinha de milho e um pouco de dendê, com as mãos faça uma farofa bem fofa sempre mentalizando seu pedido. Corte a cebola em rodelas e refogue ligeiramente no dendê, faça o mesmo com o bife. Cubra o padê com as rodelas de cebola e no centro coloque o bife, enfeite com as sete pimentas. Ofereça a Exú o padê não esquecendo dos charutos e da aguardente.

Amalá para Xangô

Ingredientes:
- 500gr. de quiabo
- 01 rabada cortada em doze pedaços
- 01 cebola
- 01 vidro de azeite de dendê
- 250g. de fubá branco


Modo de preparo:
Cozinhe a rabada com cebola e dendê. Em uma panela separada faça um refogado de cebola dendê, separe 12 quiabos e corte o restante em rodelas bem tirinhas, junte a rabada cozida .Com o fubá, faça uma polenta e com ela forre uma gamela, coloque o refogado e enfeite com os 12 quiabos enfiando-os no amalá de cabeça para baixo.

Omolokum de Logun

Ingredientes:
- 500g. de feijão fradinho
- 500g. de milho
- 01 cebola
- 4 ovos
- azeite de oliva


Modo de Preparo:
Coloque o feijão fradinho para cozinhar com cebola e azeite de oliva. Em outra panela cozinhe o milho. Depois do feijão fradinho cozido amasse-o bem até formar uma pasta. Em uma travessa coloque o omolokum (massa do feijão fradinho) de maneira que ocupe a metade da travessa e na outra metade coloque o milho cozido, regue com oliva e enfeite o omolokum com os quatro ovos cortados em quatro, e o milho enfeite com côco cortado em tirinhas.

Omolokum para Oxum

Ingredientes:
- 500g. de feijão fradinho
- 01 cebola
- azeite de oliva
- 8 ovos


Modo de preparo:
Cozinhe o feijão fradinho com cebola e azeite de oliva, depois de cozido amasse-o bem até formar uma pasta. Coloque um recipiente de louça enfeite com os 8 ovos cozidos cortados em quatro e regue com bastante oliva.

Pipoca para Obaluaiyê

Ingredientes:
- 300g. de milho pipoca
- 01 bisteca de porco
- dendê
- côco
- areia de praia/na falta areia fina de construção peneirada.


Modo de preparo:
Em uma panela ou pipoqueira, aqueça bem a areia da praia, coloque o milho pipoca e estoure normalmente, Coloque num alguidar. Frite a bisteca no dendê e coloque sobre a pipoca, enfeite com côco cortado em tirinhas.

Manjar para Iemanjá

Ingredientes:
- 250g. de creme de arroz
- 01 pescada inteira
- azeite de oliva


Modo de preparo:
Faça um mingau com o creme de arroz e água e uma pitada de sal. Limpe a pescada e asse-a na oliva. Coloque o mingau numa travessa de louça deixe esfriar e coloque a pescada assada sobre o manjar, regue com oliva.

Paz Amor e Harmonia
Emidio de Ogum
http://espadadeogum.blogspot.com
tags:
publicado por espadadeogum às 20:16
link do post | comentar | favorito
|

Receita de Acarajé Vatapá e Caruru

Divulgação


Ingredientes

  • 500 grama(s) de farinha de acarajé
  • 240 mililitro (ml) de água batida com uma cebola grande no liquidificador
  • sal
  • azeite de dendê para fritar
Vatapá
  • 500 grama(s) de camarão seco
  • 2 litro(s) de leite de coco (de preferência natural)
  • 150 grama(s) de amendoim torrado e sem a pele
  • 150 grama(s) de castanha de caju
  • 4 unidade(s) de tomates picados
  • 2 unidade(s) de cebolas grandes picadas
  • 2 xícara(s) de chá de azeite de dendê
  • 1 colher(es) de sopa de azeite de oliva
  • 10 unidade(s) de pães franceses amanhecidos
  • 1 unidade(s) de pequeno pedaço de gengibre ralado
  • sal
Caruru
  • 1 1/2 quilo(s) de quiabo
  • 1 xícara(s) de chá de castanha de caju
  • 100 grama(s) de amendoim torrado e moído sem casca
  • 2 xícara(s) de chá de camarões defumados, descascados e moídos
  • 2 unidade(s) de cebolas grandes
  • 2 xícara(s) de chá de azeite de dendê
  • 3 unidade(s) de limões
  • 2 colher(es) de sopa de sal
  • 4 xícara(s) de chá de água quente
  • pimenta
  • alho

Modo de preparo

Misture todos os ingredientes e deixe descansar por três horas. Em seguida, bata com uma colher de pau até dobrar de volume e ficar bem leve. Frite a massa em azeite de dendê e reserve. Sirva com recheio de vatapá e caruru.
Vatapá
Limpe os camarões, tirando a calda e a cabeça, separando a metade. Bata no liquidificador o amendoim, as castanhas e metade dos camarões até virar uma farofa homogênea. Coloque os pães de molho em 1/2 litro de leite de coco. Coloque o restante do leite de coco na panela. Bata os temperos no liquidificador, coloque a panela no fogo e acrescente os pães, os temperos batidos e a farofa de camarão, amendoim e castanha. Mexa sempre para não empelotar. Acrescente o dendê, o azeite de oliva e a outra metade dos camarões inteiros, o sal e o gengibre. Continue a mexer até ferver bem. Se ficar muito duro, acrescente mais leite de coco, se ficar muito mole, acrescente mais pão.
Caruru
Lava-se os quiabos, enxugando bem para não formar baba quando parti-los. Pique o quiabo. Coloque os camarões secos e moídos, cebola ralada, alho, sal, castanha e amendoim para rechear no azeite de dendê. Ponha os quiabos, as xícaras de água e as colheres de sopa de limão para cortar a baba. Adicione ainda alguns camarões secos inteiros e grandes. Cozinhe tudo até ficar pastoso. Quando o quiabo estiver bem macio, retire do fogo.



    Paz Amor e Harmonia 
    Emidio de Ogum 
    http://espadadeogum.blogspot.com
    tags:
    publicado por espadadeogum às 19:57
    link do post | comentar | favorito
    |

    Receita de Acarajé Vatapá e Caruru

    Divulgação


    Ingredientes

    • 500 grama(s) de farinha de acarajé
    • 240 mililitro (ml) de água batida com uma cebola grande no liquidificador
    • sal
    • azeite de dendê para fritar
    Vatapá
    • 500 grama(s) de camarão seco
    • 2 litro(s) de leite de coco (de preferência natural)
    • 150 grama(s) de amendoim torrado e sem a pele
    • 150 grama(s) de castanha de caju
    • 4 unidade(s) de tomates picados
    • 2 unidade(s) de cebolas grandes picadas
    • 2 xícara(s) de chá de azeite de dendê
    • 1 colher(es) de sopa de azeite de oliva
    • 10 unidade(s) de pães franceses amanhecidos
    • 1 unidade(s) de pequeno pedaço de gengibre ralado
    • sal
    Caruru
    • 1 1/2 quilo(s) de quiabo
    • 1 xícara(s) de chá de castanha de caju
    • 100 grama(s) de amendoim torrado e moído sem casca
    • 2 xícara(s) de chá de camarões defumados, descascados e moídos
    • 2 unidade(s) de cebolas grandes
    • 2 xícara(s) de chá de azeite de dendê
    • 3 unidade(s) de limões
    • 2 colher(es) de sopa de sal
    • 4 xícara(s) de chá de água quente
    • pimenta
    • alho

    Modo de preparo

    Misture todos os ingredientes e deixe descansar por três horas. Em seguida, bata com uma colher de pau até dobrar de volume e ficar bem leve. Frite a massa em azeite de dendê e reserve. Sirva com recheio de vatapá e caruru.
    Vatapá
    Limpe os camarões, tirando a calda e a cabeça, separando a metade. Bata no liquidificador o amendoim, as castanhas e metade dos camarões até virar uma farofa homogênea. Coloque os pães de molho em 1/2 litro de leite de coco. Coloque o restante do leite de coco na panela. Bata os temperos no liquidificador, coloque a panela no fogo e acrescente os pães, os temperos batidos e a farofa de camarão, amendoim e castanha. Mexa sempre para não empelotar. Acrescente o dendê, o azeite de oliva e a outra metade dos camarões inteiros, o sal e o gengibre. Continue a mexer até ferver bem. Se ficar muito duro, acrescente mais leite de coco, se ficar muito mole, acrescente mais pão.
    Caruru
    Lava-se os quiabos, enxugando bem para não formar baba quando parti-los. Pique o quiabo. Coloque os camarões secos e moídos, cebola ralada, alho, sal, castanha e amendoim para rechear no azeite de dendê. Ponha os quiabos, as xícaras de água e as colheres de sopa de limão para cortar a baba. Adicione ainda alguns camarões secos inteiros e grandes. Cozinhe tudo até ficar pastoso. Quando o quiabo estiver bem macio, retire do fogo.



      Paz Amor e Harmonia 
      Emidio de Ogum 
      http://espadadeogum.blogspot.com
      tags:
      publicado por espadadeogum às 19:57
      link do post | comentar | favorito
      |

      Receita de Acarajé Vatapá e Caruru

      Divulgação


      Ingredientes

      • 500 grama(s) de farinha de acarajé
      • 240 mililitro (ml) de água batida com uma cebola grande no liquidificador
      • sal
      • azeite de dendê para fritar
      Vatapá
      • 500 grama(s) de camarão seco
      • 2 litro(s) de leite de coco (de preferência natural)
      • 150 grama(s) de amendoim torrado e sem a pele
      • 150 grama(s) de castanha de caju
      • 4 unidade(s) de tomates picados
      • 2 unidade(s) de cebolas grandes picadas
      • 2 xícara(s) de chá de azeite de dendê
      • 1 colher(es) de sopa de azeite de oliva
      • 10 unidade(s) de pães franceses amanhecidos
      • 1 unidade(s) de pequeno pedaço de gengibre ralado
      • sal
      Caruru
      • 1 1/2 quilo(s) de quiabo
      • 1 xícara(s) de chá de castanha de caju
      • 100 grama(s) de amendoim torrado e moído sem casca
      • 2 xícara(s) de chá de camarões defumados, descascados e moídos
      • 2 unidade(s) de cebolas grandes
      • 2 xícara(s) de chá de azeite de dendê
      • 3 unidade(s) de limões
      • 2 colher(es) de sopa de sal
      • 4 xícara(s) de chá de água quente
      • pimenta
      • alho

      Modo de preparo

      Misture todos os ingredientes e deixe descansar por três horas. Em seguida, bata com uma colher de pau até dobrar de volume e ficar bem leve. Frite a massa em azeite de dendê e reserve. Sirva com recheio de vatapá e caruru.
      Vatapá
      Limpe os camarões, tirando a calda e a cabeça, separando a metade. Bata no liquidificador o amendoim, as castanhas e metade dos camarões até virar uma farofa homogênea. Coloque os pães de molho em 1/2 litro de leite de coco. Coloque o restante do leite de coco na panela. Bata os temperos no liquidificador, coloque a panela no fogo e acrescente os pães, os temperos batidos e a farofa de camarão, amendoim e castanha. Mexa sempre para não empelotar. Acrescente o dendê, o azeite de oliva e a outra metade dos camarões inteiros, o sal e o gengibre. Continue a mexer até ferver bem. Se ficar muito duro, acrescente mais leite de coco, se ficar muito mole, acrescente mais pão.
      Caruru
      Lava-se os quiabos, enxugando bem para não formar baba quando parti-los. Pique o quiabo. Coloque os camarões secos e moídos, cebola ralada, alho, sal, castanha e amendoim para rechear no azeite de dendê. Ponha os quiabos, as xícaras de água e as colheres de sopa de limão para cortar a baba. Adicione ainda alguns camarões secos inteiros e grandes. Cozinhe tudo até ficar pastoso. Quando o quiabo estiver bem macio, retire do fogo.



        Paz Amor e Harmonia 
        Emidio de Ogum 
        http://espadadeogum.blogspot.com
        tags:
        publicado por espadadeogum às 19:57
        link do post | comentar | favorito
        |

        Receita de Acarajé Vatapá e Caruru

        Divulgação


        Ingredientes

        • 500 grama(s) de farinha de acarajé
        • 240 mililitro (ml) de água batida com uma cebola grande no liquidificador
        • sal
        • azeite de dendê para fritar
        Vatapá
        • 500 grama(s) de camarão seco
        • 2 litro(s) de leite de coco (de preferência natural)
        • 150 grama(s) de amendoim torrado e sem a pele
        • 150 grama(s) de castanha de caju
        • 4 unidade(s) de tomates picados
        • 2 unidade(s) de cebolas grandes picadas
        • 2 xícara(s) de chá de azeite de dendê
        • 1 colher(es) de sopa de azeite de oliva
        • 10 unidade(s) de pães franceses amanhecidos
        • 1 unidade(s) de pequeno pedaço de gengibre ralado
        • sal
        Caruru
        • 1 1/2 quilo(s) de quiabo
        • 1 xícara(s) de chá de castanha de caju
        • 100 grama(s) de amendoim torrado e moído sem casca
        • 2 xícara(s) de chá de camarões defumados, descascados e moídos
        • 2 unidade(s) de cebolas grandes
        • 2 xícara(s) de chá de azeite de dendê
        • 3 unidade(s) de limões
        • 2 colher(es) de sopa de sal
        • 4 xícara(s) de chá de água quente
        • pimenta
        • alho

        Modo de preparo

        Misture todos os ingredientes e deixe descansar por três horas. Em seguida, bata com uma colher de pau até dobrar de volume e ficar bem leve. Frite a massa em azeite de dendê e reserve. Sirva com recheio de vatapá e caruru.
        Vatapá
        Limpe os camarões, tirando a calda e a cabeça, separando a metade. Bata no liquidificador o amendoim, as castanhas e metade dos camarões até virar uma farofa homogênea. Coloque os pães de molho em 1/2 litro de leite de coco. Coloque o restante do leite de coco na panela. Bata os temperos no liquidificador, coloque a panela no fogo e acrescente os pães, os temperos batidos e a farofa de camarão, amendoim e castanha. Mexa sempre para não empelotar. Acrescente o dendê, o azeite de oliva e a outra metade dos camarões inteiros, o sal e o gengibre. Continue a mexer até ferver bem. Se ficar muito duro, acrescente mais leite de coco, se ficar muito mole, acrescente mais pão.
        Caruru
        Lava-se os quiabos, enxugando bem para não formar baba quando parti-los. Pique o quiabo. Coloque os camarões secos e moídos, cebola ralada, alho, sal, castanha e amendoim para rechear no azeite de dendê. Ponha os quiabos, as xícaras de água e as colheres de sopa de limão para cortar a baba. Adicione ainda alguns camarões secos inteiros e grandes. Cozinhe tudo até ficar pastoso. Quando o quiabo estiver bem macio, retire do fogo.



          Paz Amor e Harmonia 
          Emidio de Ogum 
          http://espadadeogum.blogspot.com
          tags:
          publicado por espadadeogum às 19:57
          link do post | comentar | favorito
          |

          Receita de Acarajé Vatapá e Caruru

          Divulgação


          Ingredientes

          • 500 grama(s) de farinha de acarajé
          • 240 mililitro (ml) de água batida com uma cebola grande no liquidificador
          • sal
          • azeite de dendê para fritar
          Vatapá
          • 500 grama(s) de camarão seco
          • 2 litro(s) de leite de coco (de preferência natural)
          • 150 grama(s) de amendoim torrado e sem a pele
          • 150 grama(s) de castanha de caju
          • 4 unidade(s) de tomates picados
          • 2 unidade(s) de cebolas grandes picadas
          • 2 xícara(s) de chá de azeite de dendê
          • 1 colher(es) de sopa de azeite de oliva
          • 10 unidade(s) de pães franceses amanhecidos
          • 1 unidade(s) de pequeno pedaço de gengibre ralado
          • sal
          Caruru
          • 1 1/2 quilo(s) de quiabo
          • 1 xícara(s) de chá de castanha de caju
          • 100 grama(s) de amendoim torrado e moído sem casca
          • 2 xícara(s) de chá de camarões defumados, descascados e moídos
          • 2 unidade(s) de cebolas grandes
          • 2 xícara(s) de chá de azeite de dendê
          • 3 unidade(s) de limões
          • 2 colher(es) de sopa de sal
          • 4 xícara(s) de chá de água quente
          • pimenta
          • alho

          Modo de preparo

          Misture todos os ingredientes e deixe descansar por três horas. Em seguida, bata com uma colher de pau até dobrar de volume e ficar bem leve. Frite a massa em azeite de dendê e reserve. Sirva com recheio de vatapá e caruru.
          Vatapá
          Limpe os camarões, tirando a calda e a cabeça, separando a metade. Bata no liquidificador o amendoim, as castanhas e metade dos camarões até virar uma farofa homogênea. Coloque os pães de molho em 1/2 litro de leite de coco. Coloque o restante do leite de coco na panela. Bata os temperos no liquidificador, coloque a panela no fogo e acrescente os pães, os temperos batidos e a farofa de camarão, amendoim e castanha. Mexa sempre para não empelotar. Acrescente o dendê, o azeite de oliva e a outra metade dos camarões inteiros, o sal e o gengibre. Continue a mexer até ferver bem. Se ficar muito duro, acrescente mais leite de coco, se ficar muito mole, acrescente mais pão.
          Caruru
          Lava-se os quiabos, enxugando bem para não formar baba quando parti-los. Pique o quiabo. Coloque os camarões secos e moídos, cebola ralada, alho, sal, castanha e amendoim para rechear no azeite de dendê. Ponha os quiabos, as xícaras de água e as colheres de sopa de limão para cortar a baba. Adicione ainda alguns camarões secos inteiros e grandes. Cozinhe tudo até ficar pastoso. Quando o quiabo estiver bem macio, retire do fogo.



            Paz Amor e Harmonia 
            Emidio de Ogum 
            http://espadadeogum.blogspot.com
            tags:
            publicado por espadadeogum às 19:57
            link do post | comentar | favorito
            |

            .mais sobre mim

            .pesquisar

             

            .Dezembro 2014

            Dom
            Seg
            Ter
            Qua
            Qui
            Sex
            Sab

            1
            2
            3
            4
            5
            6

            7
            8
            9
            10
            11
            12
            13

            14
            15
            16
            17
            18
            19
            20

            21
            22
            23
            24
            25
            26
            27

            28
            29
            30
            31


            .posts recentes

            . Comida de Santo

            . Comida de Santo

            . Comida de Santo

            . Comida de Santo

            . Comida de Santo

            . Receita de Acarajé Vatapá...

            . Receita de Acarajé Vatapá...

            . Receita de Acarajé Vatapá...

            . Receita de Acarajé Vatapá...

            . Receita de Acarajé Vatapá...

            .arquivos

            . Dezembro 2014

            . Novembro 2014

            . Outubro 2014

            . Agosto 2014

            . Julho 2014

            . Maio 2014

            . Abril 2014

            . Março 2014

            . Fevereiro 2014

            . Janeiro 2014

            . Dezembro 2013

            . Novembro 2013

            . Setembro 2013

            . Agosto 2013

            . Julho 2013

            . Março 2013

            . Fevereiro 2013

            . Janeiro 2013

            . Dezembro 2012

            . Novembro 2012

            . Outubro 2012

            . Setembro 2012

            . Julho 2012

            . Junho 2012

            . Maio 2012

            . Abril 2012

            . Março 2012

            . Fevereiro 2012

            . Janeiro 2012

            . Dezembro 2011

            . Novembro 2011

            . Outubro 2011

            . Setembro 2011

            . Agosto 2011

            . Julho 2011

            . Junho 2011

            . Maio 2011

            . Abril 2011

            . Março 2011

            . Fevereiro 2011

            . Janeiro 2011

            . Dezembro 2010

            . Novembro 2010

            . Outubro 2010

            . Setembro 2010

            . Agosto 2010

            . Julho 2010

            . Junho 2010

            . Maio 2010

            . Abril 2010

            . Março 2010

            . Fevereiro 2010

            . Janeiro 2010

            . Dezembro 2009

            . Novembro 2009

            . Outubro 2009

            . Setembro 2009

            . Agosto 2009

            . Julho 2009

            . Junho 2009

            . Maio 2009

            . Abril 2009

            .tags

            . todas as tags

            blogs SAPO

            .subscrever feeds