Quarta-feira, 12 de Maio de 2010

PRONTO SOCORRO ESPIRITUAL

CURA ESPIRITUAL 


Queridos irmãos, conhecer sobre cura nas manifestações espirituais é muito importante para o médium, esta faculdade somente será plena quando o médium estiver preparado através do comprometimento com o sagrado, nunca poderá cobrar por tal ação, pois caso o faça, é sabedor que ali não existem a cura, pois as energias de Deus não são moedas de troca


A Cura Espiritual é uma faculdade que alguns médiuns possuem para curarem moléstias. Ocorre de forma expontânea. Podem realizar curas, provocando reações reparadoras de tecidos e órgãos do corpo humano, através de um toque de mãos, pelo olhar ou por um gesto.
Não podemos confundir mediunidade de cura com magnetização. A 
magnetização é um tratamento contínuo, regular e metódico; ao passo que a cura realizada por um médium curador ocorre espontaneamente e de forma instantânea.
O médium curador além do magnetismo próprio, tem o Dom de captar, condensar, e dinamizar os fluídos cósmicos (substância cósmica fundamental) e transmiti-los para a zona doente de forma ordenada .
Os fluídos transmitidos possuem propriedades e efeitos que variam de acordo com a fonte geradora, de vibração específica, como por exemplo o sentimento do médium durante a emissão dos mesmos.

Nos fenômenos de cura os fluídos são sutis, radiantes e próprios para alterar as vibrações existentes.
O médium curador capta os fluídos leves e benignos da natureza ( através da concentração mental, com o pensamento firme no intuito de fazer a reparação dos tecidos doentes) e irradia-os sobre o doente. Quando está vibrando em ressonância com o Cristo, gera forças de alto poder curador que vertem sobre o doente que também está em vibração de fé e desejo de cura.
Nos médiuns curadores o centro diafragmático, localizado atrás do plexo solar (no chacra umbilical) é muito grande e desenvolvido, e é chamado de Centro de Cura. Também é considerado como um Centro da vontade como aquele entre os omoplatas, este centro também é maior em médiuns curadores.



Estes médiuns também possuem os chacras tatwas( nas palmas das mãos) muito desenvolvidos pois é por onde canalizam os fluídos curadores para os doentes. Exemplo disto é quando qualquer dor que sintamos, colocamos imediatamente a nossa mão sobre o local da dor para que possa ser restabelecido o equilíbrio dos elétrons. As pessoas fracas gostam de estar segurando as mãos das mais fortes e os enfermos também fazem com os sadios.
Os médiuns curadores captam as energias cósmicas através dos chacras coronário, umbilical e Umeral e as canalizam para as suas mãos ou seus pensamentos. Este fluídos penetram o corpo etérico e físico do doente atingindo as células e seus átomos, bombardeando-os com elétrons. Isto faz com que a vibração dos mesmos seja harmonizada tornando assim as células mais ativas, acelerando as suas trocas químicas. Estas alterações fazem com que as células restabeleçam a sua capacidade regenerativa, equilibrando-se e reativando as suas funções originais.
Agindo através dos chacras do doente atingem o seu perispírito; purificando-o pela aceleração vibratória auxiliando assim a realizar a cura no corpo astral do doente.
Porém, as moléstias de ordem cármica só podem ser curadas se houver merecimento do doente, mas mesmo assim sempre haverá benefícios para o mesmo.

Para que a cura seja efetiva, o médium curador deve orientar o doente para a reeducação da sua atitude mental, afastando a causa do desequilíbrio patológico, através de pensamentos positivos, fé e esperança.
O médium pode associar várias técnicas ao seu Dom curador, assim como o Reiki, Magnify Healing, a Cromoterapia, Cristalterapia, entre tantas outras.
Todas os requisitos necessários ao médium passista também se aplicam ao médium curador, como os de conduta, de asseio, de reforma moral, etc.


BIBLIOGRAFIA: O livro dos médiuns - Allan Kardec




Paz Amor e Harmonia 
Emidio de Ogum 
http://espadadeogum.blogspot.com
publicado por espadadeogum às 16:33
link | comentar | favorito

PRONTO SOCORRO ESPIRITUAL

CURA ESPIRITUAL 


Queridos irmãos, conhecer sobre cura nas manifestações espirituais é muito importante para o médium, esta faculdade somente será plena quando o médium estiver preparado através do comprometimento com o sagrado, nunca poderá cobrar por tal ação, pois caso o faça, é sabedor que ali não existem a cura, pois as energias de Deus não são moedas de troca


A Cura Espiritual é uma faculdade que alguns médiuns possuem para curarem moléstias. Ocorre de forma expontânea. Podem realizar curas, provocando reações reparadoras de tecidos e órgãos do corpo humano, através de um toque de mãos, pelo olhar ou por um gesto.
Não podemos confundir mediunidade de cura com magnetização. A 
magnetização é um tratamento contínuo, regular e metódico; ao passo que a cura realizada por um médium curador ocorre espontaneamente e de forma instantânea.
O médium curador além do magnetismo próprio, tem o Dom de captar, condensar, e dinamizar os fluídos cósmicos (substância cósmica fundamental) e transmiti-los para a zona doente de forma ordenada .
Os fluídos transmitidos possuem propriedades e efeitos que variam de acordo com a fonte geradora, de vibração específica, como por exemplo o sentimento do médium durante a emissão dos mesmos.

Nos fenômenos de cura os fluídos são sutis, radiantes e próprios para alterar as vibrações existentes.
O médium curador capta os fluídos leves e benignos da natureza ( através da concentração mental, com o pensamento firme no intuito de fazer a reparação dos tecidos doentes) e irradia-os sobre o doente. Quando está vibrando em ressonância com o Cristo, gera forças de alto poder curador que vertem sobre o doente que também está em vibração de fé e desejo de cura.
Nos médiuns curadores o centro diafragmático, localizado atrás do plexo solar (no chacra umbilical) é muito grande e desenvolvido, e é chamado de Centro de Cura. Também é considerado como um Centro da vontade como aquele entre os omoplatas, este centro também é maior em médiuns curadores.



Estes médiuns também possuem os chacras tatwas( nas palmas das mãos) muito desenvolvidos pois é por onde canalizam os fluídos curadores para os doentes. Exemplo disto é quando qualquer dor que sintamos, colocamos imediatamente a nossa mão sobre o local da dor para que possa ser restabelecido o equilíbrio dos elétrons. As pessoas fracas gostam de estar segurando as mãos das mais fortes e os enfermos também fazem com os sadios.
Os médiuns curadores captam as energias cósmicas através dos chacras coronário, umbilical e Umeral e as canalizam para as suas mãos ou seus pensamentos. Este fluídos penetram o corpo etérico e físico do doente atingindo as células e seus átomos, bombardeando-os com elétrons. Isto faz com que a vibração dos mesmos seja harmonizada tornando assim as células mais ativas, acelerando as suas trocas químicas. Estas alterações fazem com que as células restabeleçam a sua capacidade regenerativa, equilibrando-se e reativando as suas funções originais.
Agindo através dos chacras do doente atingem o seu perispírito; purificando-o pela aceleração vibratória auxiliando assim a realizar a cura no corpo astral do doente.
Porém, as moléstias de ordem cármica só podem ser curadas se houver merecimento do doente, mas mesmo assim sempre haverá benefícios para o mesmo.

Para que a cura seja efetiva, o médium curador deve orientar o doente para a reeducação da sua atitude mental, afastando a causa do desequilíbrio patológico, através de pensamentos positivos, fé e esperança.
O médium pode associar várias técnicas ao seu Dom curador, assim como o Reiki, Magnify Healing, a Cromoterapia, Cristalterapia, entre tantas outras.
Todas os requisitos necessários ao médium passista também se aplicam ao médium curador, como os de conduta, de asseio, de reforma moral, etc.


BIBLIOGRAFIA: O livro dos médiuns - Allan Kardec




Paz Amor e Harmonia 
Emidio de Ogum 
http://espadadeogum.blogspot.com
publicado por espadadeogum às 16:33
link | comentar | favorito

PRONTO SOCORRO ESPIRITUAL

CURA ESPIRITUAL 


Queridos irmãos, conhecer sobre cura nas manifestações espirituais é muito importante para o médium, esta faculdade somente será plena quando o médium estiver preparado através do comprometimento com o sagrado, nunca poderá cobrar por tal ação, pois caso o faça, é sabedor que ali não existem a cura, pois as energias de Deus não são moedas de troca


A Cura Espiritual é uma faculdade que alguns médiuns possuem para curarem moléstias. Ocorre de forma expontânea. Podem realizar curas, provocando reações reparadoras de tecidos e órgãos do corpo humano, através de um toque de mãos, pelo olhar ou por um gesto.
Não podemos confundir mediunidade de cura com magnetização. A 
magnetização é um tratamento contínuo, regular e metódico; ao passo que a cura realizada por um médium curador ocorre espontaneamente e de forma instantânea.
O médium curador além do magnetismo próprio, tem o Dom de captar, condensar, e dinamizar os fluídos cósmicos (substância cósmica fundamental) e transmiti-los para a zona doente de forma ordenada .
Os fluídos transmitidos possuem propriedades e efeitos que variam de acordo com a fonte geradora, de vibração específica, como por exemplo o sentimento do médium durante a emissão dos mesmos.

Nos fenômenos de cura os fluídos são sutis, radiantes e próprios para alterar as vibrações existentes.
O médium curador capta os fluídos leves e benignos da natureza ( através da concentração mental, com o pensamento firme no intuito de fazer a reparação dos tecidos doentes) e irradia-os sobre o doente. Quando está vibrando em ressonância com o Cristo, gera forças de alto poder curador que vertem sobre o doente que também está em vibração de fé e desejo de cura.
Nos médiuns curadores o centro diafragmático, localizado atrás do plexo solar (no chacra umbilical) é muito grande e desenvolvido, e é chamado de Centro de Cura. Também é considerado como um Centro da vontade como aquele entre os omoplatas, este centro também é maior em médiuns curadores.



Estes médiuns também possuem os chacras tatwas( nas palmas das mãos) muito desenvolvidos pois é por onde canalizam os fluídos curadores para os doentes. Exemplo disto é quando qualquer dor que sintamos, colocamos imediatamente a nossa mão sobre o local da dor para que possa ser restabelecido o equilíbrio dos elétrons. As pessoas fracas gostam de estar segurando as mãos das mais fortes e os enfermos também fazem com os sadios.
Os médiuns curadores captam as energias cósmicas através dos chacras coronário, umbilical e Umeral e as canalizam para as suas mãos ou seus pensamentos. Este fluídos penetram o corpo etérico e físico do doente atingindo as células e seus átomos, bombardeando-os com elétrons. Isto faz com que a vibração dos mesmos seja harmonizada tornando assim as células mais ativas, acelerando as suas trocas químicas. Estas alterações fazem com que as células restabeleçam a sua capacidade regenerativa, equilibrando-se e reativando as suas funções originais.
Agindo através dos chacras do doente atingem o seu perispírito; purificando-o pela aceleração vibratória auxiliando assim a realizar a cura no corpo astral do doente.
Porém, as moléstias de ordem cármica só podem ser curadas se houver merecimento do doente, mas mesmo assim sempre haverá benefícios para o mesmo.

Para que a cura seja efetiva, o médium curador deve orientar o doente para a reeducação da sua atitude mental, afastando a causa do desequilíbrio patológico, através de pensamentos positivos, fé e esperança.
O médium pode associar várias técnicas ao seu Dom curador, assim como o Reiki, Magnify Healing, a Cromoterapia, Cristalterapia, entre tantas outras.
Todas os requisitos necessários ao médium passista também se aplicam ao médium curador, como os de conduta, de asseio, de reforma moral, etc.


BIBLIOGRAFIA: O livro dos médiuns - Allan Kardec




Paz Amor e Harmonia 
Emidio de Ogum 
http://espadadeogum.blogspot.com
publicado por espadadeogum às 16:33
link | comentar | favorito

PRONTO SOCORRO ESPIRITUAL

CURA ESPIRITUAL 


Queridos irmãos, conhecer sobre cura nas manifestações espirituais é muito importante para o médium, esta faculdade somente será plena quando o médium estiver preparado através do comprometimento com o sagrado, nunca poderá cobrar por tal ação, pois caso o faça, é sabedor que ali não existem a cura, pois as energias de Deus não são moedas de troca


A Cura Espiritual é uma faculdade que alguns médiuns possuem para curarem moléstias. Ocorre de forma expontânea. Podem realizar curas, provocando reações reparadoras de tecidos e órgãos do corpo humano, através de um toque de mãos, pelo olhar ou por um gesto.
Não podemos confundir mediunidade de cura com magnetização. A 
magnetização é um tratamento contínuo, regular e metódico; ao passo que a cura realizada por um médium curador ocorre espontaneamente e de forma instantânea.
O médium curador além do magnetismo próprio, tem o Dom de captar, condensar, e dinamizar os fluídos cósmicos (substância cósmica fundamental) e transmiti-los para a zona doente de forma ordenada .
Os fluídos transmitidos possuem propriedades e efeitos que variam de acordo com a fonte geradora, de vibração específica, como por exemplo o sentimento do médium durante a emissão dos mesmos.

Nos fenômenos de cura os fluídos são sutis, radiantes e próprios para alterar as vibrações existentes.
O médium curador capta os fluídos leves e benignos da natureza ( através da concentração mental, com o pensamento firme no intuito de fazer a reparação dos tecidos doentes) e irradia-os sobre o doente. Quando está vibrando em ressonância com o Cristo, gera forças de alto poder curador que vertem sobre o doente que também está em vibração de fé e desejo de cura.
Nos médiuns curadores o centro diafragmático, localizado atrás do plexo solar (no chacra umbilical) é muito grande e desenvolvido, e é chamado de Centro de Cura. Também é considerado como um Centro da vontade como aquele entre os omoplatas, este centro também é maior em médiuns curadores.



Estes médiuns também possuem os chacras tatwas( nas palmas das mãos) muito desenvolvidos pois é por onde canalizam os fluídos curadores para os doentes. Exemplo disto é quando qualquer dor que sintamos, colocamos imediatamente a nossa mão sobre o local da dor para que possa ser restabelecido o equilíbrio dos elétrons. As pessoas fracas gostam de estar segurando as mãos das mais fortes e os enfermos também fazem com os sadios.
Os médiuns curadores captam as energias cósmicas através dos chacras coronário, umbilical e Umeral e as canalizam para as suas mãos ou seus pensamentos. Este fluídos penetram o corpo etérico e físico do doente atingindo as células e seus átomos, bombardeando-os com elétrons. Isto faz com que a vibração dos mesmos seja harmonizada tornando assim as células mais ativas, acelerando as suas trocas químicas. Estas alterações fazem com que as células restabeleçam a sua capacidade regenerativa, equilibrando-se e reativando as suas funções originais.
Agindo através dos chacras do doente atingem o seu perispírito; purificando-o pela aceleração vibratória auxiliando assim a realizar a cura no corpo astral do doente.
Porém, as moléstias de ordem cármica só podem ser curadas se houver merecimento do doente, mas mesmo assim sempre haverá benefícios para o mesmo.

Para que a cura seja efetiva, o médium curador deve orientar o doente para a reeducação da sua atitude mental, afastando a causa do desequilíbrio patológico, através de pensamentos positivos, fé e esperança.
O médium pode associar várias técnicas ao seu Dom curador, assim como o Reiki, Magnify Healing, a Cromoterapia, Cristalterapia, entre tantas outras.
Todas os requisitos necessários ao médium passista também se aplicam ao médium curador, como os de conduta, de asseio, de reforma moral, etc.


BIBLIOGRAFIA: O livro dos médiuns - Allan Kardec




Paz Amor e Harmonia 
Emidio de Ogum 
http://espadadeogum.blogspot.com
publicado por espadadeogum às 16:33
link | comentar | favorito

PRONTO SOCORRO ESPIRITUAL

CURA ESPIRITUAL 


Queridos irmãos, conhecer sobre cura nas manifestações espirituais é muito importante para o médium, esta faculdade somente será plena quando o médium estiver preparado através do comprometimento com o sagrado, nunca poderá cobrar por tal ação, pois caso o faça, é sabedor que ali não existem a cura, pois as energias de Deus não são moedas de troca


A Cura Espiritual é uma faculdade que alguns médiuns possuem para curarem moléstias. Ocorre de forma expontânea. Podem realizar curas, provocando reações reparadoras de tecidos e órgãos do corpo humano, através de um toque de mãos, pelo olhar ou por um gesto.
Não podemos confundir mediunidade de cura com magnetização. A 
magnetização é um tratamento contínuo, regular e metódico; ao passo que a cura realizada por um médium curador ocorre espontaneamente e de forma instantânea.
O médium curador além do magnetismo próprio, tem o Dom de captar, condensar, e dinamizar os fluídos cósmicos (substância cósmica fundamental) e transmiti-los para a zona doente de forma ordenada .
Os fluídos transmitidos possuem propriedades e efeitos que variam de acordo com a fonte geradora, de vibração específica, como por exemplo o sentimento do médium durante a emissão dos mesmos.

Nos fenômenos de cura os fluídos são sutis, radiantes e próprios para alterar as vibrações existentes.
O médium curador capta os fluídos leves e benignos da natureza ( através da concentração mental, com o pensamento firme no intuito de fazer a reparação dos tecidos doentes) e irradia-os sobre o doente. Quando está vibrando em ressonância com o Cristo, gera forças de alto poder curador que vertem sobre o doente que também está em vibração de fé e desejo de cura.
Nos médiuns curadores o centro diafragmático, localizado atrás do plexo solar (no chacra umbilical) é muito grande e desenvolvido, e é chamado de Centro de Cura. Também é considerado como um Centro da vontade como aquele entre os omoplatas, este centro também é maior em médiuns curadores.



Estes médiuns também possuem os chacras tatwas( nas palmas das mãos) muito desenvolvidos pois é por onde canalizam os fluídos curadores para os doentes. Exemplo disto é quando qualquer dor que sintamos, colocamos imediatamente a nossa mão sobre o local da dor para que possa ser restabelecido o equilíbrio dos elétrons. As pessoas fracas gostam de estar segurando as mãos das mais fortes e os enfermos também fazem com os sadios.
Os médiuns curadores captam as energias cósmicas através dos chacras coronário, umbilical e Umeral e as canalizam para as suas mãos ou seus pensamentos. Este fluídos penetram o corpo etérico e físico do doente atingindo as células e seus átomos, bombardeando-os com elétrons. Isto faz com que a vibração dos mesmos seja harmonizada tornando assim as células mais ativas, acelerando as suas trocas químicas. Estas alterações fazem com que as células restabeleçam a sua capacidade regenerativa, equilibrando-se e reativando as suas funções originais.
Agindo através dos chacras do doente atingem o seu perispírito; purificando-o pela aceleração vibratória auxiliando assim a realizar a cura no corpo astral do doente.
Porém, as moléstias de ordem cármica só podem ser curadas se houver merecimento do doente, mas mesmo assim sempre haverá benefícios para o mesmo.

Para que a cura seja efetiva, o médium curador deve orientar o doente para a reeducação da sua atitude mental, afastando a causa do desequilíbrio patológico, através de pensamentos positivos, fé e esperança.
O médium pode associar várias técnicas ao seu Dom curador, assim como o Reiki, Magnify Healing, a Cromoterapia, Cristalterapia, entre tantas outras.
Todas os requisitos necessários ao médium passista também se aplicam ao médium curador, como os de conduta, de asseio, de reforma moral, etc.


BIBLIOGRAFIA: O livro dos médiuns - Allan Kardec




Paz Amor e Harmonia 
Emidio de Ogum 
http://espadadeogum.blogspot.com
publicado por espadadeogum às 16:33
link | comentar | favorito

PRONTO SOCORRO ESPIRITUAL

CURA ESPIRITUAL 


Queridos irmãos, conhecer sobre cura nas manifestações espirituais é muito importante para o médium, esta faculdade somente será plena quando o médium estiver preparado através do comprometimento com o sagrado, nunca poderá cobrar por tal ação, pois caso o faça, é sabedor que ali não existem a cura, pois as energias de Deus não são moedas de troca


A Cura Espiritual é uma faculdade que alguns médiuns possuem para curarem moléstias. Ocorre de forma expontânea. Podem realizar curas, provocando reações reparadoras de tecidos e órgãos do corpo humano, através de um toque de mãos, pelo olhar ou por um gesto.
Não podemos confundir mediunidade de cura com magnetização. A 
magnetização é um tratamento contínuo, regular e metódico; ao passo que a cura realizada por um médium curador ocorre espontaneamente e de forma instantânea.
O médium curador além do magnetismo próprio, tem o Dom de captar, condensar, e dinamizar os fluídos cósmicos (substância cósmica fundamental) e transmiti-los para a zona doente de forma ordenada .
Os fluídos transmitidos possuem propriedades e efeitos que variam de acordo com a fonte geradora, de vibração específica, como por exemplo o sentimento do médium durante a emissão dos mesmos.

Nos fenômenos de cura os fluídos são sutis, radiantes e próprios para alterar as vibrações existentes.
O médium curador capta os fluídos leves e benignos da natureza ( através da concentração mental, com o pensamento firme no intuito de fazer a reparação dos tecidos doentes) e irradia-os sobre o doente. Quando está vibrando em ressonância com o Cristo, gera forças de alto poder curador que vertem sobre o doente que também está em vibração de fé e desejo de cura.
Nos médiuns curadores o centro diafragmático, localizado atrás do plexo solar (no chacra umbilical) é muito grande e desenvolvido, e é chamado de Centro de Cura. Também é considerado como um Centro da vontade como aquele entre os omoplatas, este centro também é maior em médiuns curadores.



Estes médiuns também possuem os chacras tatwas( nas palmas das mãos) muito desenvolvidos pois é por onde canalizam os fluídos curadores para os doentes. Exemplo disto é quando qualquer dor que sintamos, colocamos imediatamente a nossa mão sobre o local da dor para que possa ser restabelecido o equilíbrio dos elétrons. As pessoas fracas gostam de estar segurando as mãos das mais fortes e os enfermos também fazem com os sadios.
Os médiuns curadores captam as energias cósmicas através dos chacras coronário, umbilical e Umeral e as canalizam para as suas mãos ou seus pensamentos. Este fluídos penetram o corpo etérico e físico do doente atingindo as células e seus átomos, bombardeando-os com elétrons. Isto faz com que a vibração dos mesmos seja harmonizada tornando assim as células mais ativas, acelerando as suas trocas químicas. Estas alterações fazem com que as células restabeleçam a sua capacidade regenerativa, equilibrando-se e reativando as suas funções originais.
Agindo através dos chacras do doente atingem o seu perispírito; purificando-o pela aceleração vibratória auxiliando assim a realizar a cura no corpo astral do doente.
Porém, as moléstias de ordem cármica só podem ser curadas se houver merecimento do doente, mas mesmo assim sempre haverá benefícios para o mesmo.

Para que a cura seja efetiva, o médium curador deve orientar o doente para a reeducação da sua atitude mental, afastando a causa do desequilíbrio patológico, através de pensamentos positivos, fé e esperança.
O médium pode associar várias técnicas ao seu Dom curador, assim como o Reiki, Magnify Healing, a Cromoterapia, Cristalterapia, entre tantas outras.
Todas os requisitos necessários ao médium passista também se aplicam ao médium curador, como os de conduta, de asseio, de reforma moral, etc.


BIBLIOGRAFIA: O livro dos médiuns - Allan Kardec




Paz Amor e Harmonia 
Emidio de Ogum 
http://espadadeogum.blogspot.com
publicado por espadadeogum às 16:33
link | comentar | favorito
Terça-feira, 27 de Abril de 2010

Shiatsu Auriculoterapia e Reflexologia

Momentos de conflito são normais, o exagero nas reações e percepções desses momentos é que se transformam em desequilíbrios. Como a submissão, a dúvida, a carência, a possessividade, a desatenção, etc. Os desequilíbrios são muitos, mas a facilidade de demonstrar o que sente e ser verdadeiro é uma busca da pureza e clareza infantil que um dia todos tivemos, ainda que com uma maior experiência (idade) nós adquirimos um outro "dom", a consciência. Trabalhar esses processos é acrescentar a habilidade de lidar com os sentimentos de uma forma mais consciente, leve e saudável.
A intenção principal do desequilíbrio é à busca do equilíbrio, e as terapias holísticas, como a Holopuntura, os Florais, o Reiki, a Geoterapia / Cristaloterapia, etc, são ferramentas de suporte para enfrentar o desafio de se auto-superar. Mas a alavanca será sempre o desequilíbrio, ou em outras palavras, o aspecto negativo, não no sentido pejorativo, mas construtivo. Assim, enxergamos o desequilíbrio, o negativo, a crise, etc, como parte de um processo, o início de um movimento de aperfeiçoamento.
A Terapia Holística, que usa uma somatória de técnicas milenares e modernas, com a utilização das pedras e cristais como estímulos nessas técnicas como a Holopuntura, Auriculoterapia, Reflexologia, Reiki, etc,  torna-as, ainda mais eficientes, suaves e naturais, para a busca de autoconhecimento e equilíbrio, e no aumento da capacidade de superar obstáculos, alcançando a harmonia e realização interior.
A Terapia Holística não faz mágica, não muda situações da vida, mas ajuda a mudar a percepção dessas situações, trazendo-as a luz da Verdade Interior.

SHIATSU

O QUE É
   Shiatsu é uma terapia manual desenvolvida no Japão, no início do século XX, embora originária da China, a qual, hoje reconhecida pelo Ministério da Saúde é indicada para prevenir e tratar várias doenças, tais como: dores na coluna vertebral, nas articulações, insônia, dormências, inchaços nos pés e nas mãos, tensão pré-menstrual,asma,constipação, cólicas menstruais, espasmos musculares, estresse, ansiedade, doenças cardíacas, dores de cabeça, sinusite, paralisia facial, esgotamento físico, etc...
   A palavra é derivada do japonês SHI que significa "dedo" e ATSU "pressão", ou seja pressão dos dedos. Pode ser feita tanto em pessoas doentes em saudáveis com o efeito preventivo.


COMO É FEITO

   Na prática, o Shiatsu utiliza técnicas de pressão, percussão, fricção, vibração, pinçamento e imposição de dedos e mãos em pontos e áreas específicas do corpo, além da movimentação de articulações e manipulação de estruturas músculo-esqueléticas com o objetivo de atuar na circulação "energética" através das técnicas de tonificar, sedar, regular, purificar e aquecer e, assim, promover a homeostase orgânica, psíquica e sobretudo energética.

   O terapeuta, usando os polegares, as palmas das mãos e até mesmo o cotovelo, pressiona pontos ao longo dos meridianos do nosso corpo, de modo ritmado e modulado e vai, com esses toques, desbloqueando a energia vital. Além disso, usa técnicas de manipulação, alongamento de músculos e tendões, rotações de juntas, pressão em músculos tensos ou doloridos, melhorando assim a circulação do sangue e linfa. Como resultado, relaxa o sistema nervoso e muscular, desenvolvendo um rítmo de respiração mais eficiente e um melhor equilíbrio energético.
 
EM QUE SE BASEIA

   A terapia do Shiatsu não é fundamentada no modelo bio-médico ocidental, ela é baseada numa concepção oriental onde acredita-se que a cura não deva ser feita através da doença. Busca-se o fenômeno que a provocou, naquele doente, deixando claro que cada paciente é um, e único na sua individualidade. Para a Medicina Chinesa, os pontos doloridos no nosso corpo, são pontos de bloqueio de energia vital e sua desarmonia energética, ora em excesso em determinados meridianos, ora deficiente em outros, é a causa das doenças.

   Como medicina preventiva, o objetivo é a harmonia e a manutenção da força vital, acreditando que o corpo harmonizado, energeticamente, é saudável e não necessita de medicamentos.


INDICAÇÕES

Tratamento do estresse;
Reequilíbrio dos centros de energia (Yin/Yang);
Harmonização interior;
Relaxamento geral;
Revitalização;
Desenvolvimento da consciência e sensibilização corporal;
Manutenção e prevenção da saúde;
Eliminação de toxinas;
Alívio de dores;
Eliminação do "peso" sobre os ombros e nuca, etc...


CONTRA-INDICAÇÕES
Febre;
Infecções;
Doenças contagiosas;
Fraturas;
Varizes;
Câncer ainda sem tratamento.
Alguns pontos na grávida são abortivos (é importante que o terapeuta tenha conhecimento), mas pode trazer alívio de dores musculares. 

 
MUDANÇAS NO INDIVÍDUO

   O Shiatsu desperta o indivíduo para uma nova consciência de si próprio. Proporciona integração consigo mesmo e desenvolve uma grande sensação de equilíbrio, leveza, vitalidade e bem estar .
A SESSÃO
   O paciente, geralmente, passa por uma avaliação com o terapeuta e em seguida pela terapia em si. Um sessão de Shiatsu é, geralmente, feita de 50-60 minutos, e seu número varia de caso para caso, ou da gravidade e urgência, podendo chegar de 2-4 sessões por mês.
Nesta terapia não é necessário o uso de cosméticos como óleos e lubrificantes e nem tão pouco se despir.
QUEM PODE FAZER
   Qualquer pessoa, sem limites de idade ou sexo, inclusive bebês. Os idosos sentem-se muito bem pois, em sua maioria apresentam problemas de coluna, músculos e articulações . Indivíduos que trabalham no estresse das cidades grandes têm no Shiatsu um grande aliado para problemas de tensão e fadigas musculares.

   Já as mulheres grávidas apesar de necessitarem de bastante atenção devido aos pontos contra-indicados têm sua circulação de retorno, inchaços e dores musculares melhoradas com a terapia do Shiatsu.
O que é reflexologia ?
Reflexologia, ou terapia por zona, é uma prática que estimula pontos nos pés, mãos ou orelhas (chamados de zona de reflexo), acreditando que isso trará efeitos benéficos em algumas partes do corpo ou melhorará a saúde geral. A forma mais comum é a reflexologia dos pés. Os praticantes acreditam que o pé seja dividido em zonas de reflexo que correspondem a todas as partes do corpo.
Na reflexologia acredita-se que há uma "energia vital" que circula entre os órgãos do corpo humano, a qual penetra nas células vivas. Sempre que essa energia for bloqueada, a zona do bloqueio será afetada. As zonas de reflexo podem refletir o bloqueio de energia em diferentes órgãos. Dessa forma, se alguém tem um problema em um órgão particular, quando o reflexologista pressiona a zona de reflexo correspondente a pessoa sentirá dor.

Acredita-se que a dor se origina do depósito de cristais na zona de reflexo. Com as técnicas de massagem apropriadas, essas estruturas de cristais podem ser quebradas e a dor poderá sumir. Simultaneamente, acredita-se que a pressão aplicada à zona de reflexo pelo reflexologista passe pelos nervos para dissipar o bloqueio de energia. Desta forma, a reflexologia poderia ajudar a curar a doença no órgão.
Como a reflexologia ajuda?
O corpo tem a capacidade de curar a si mesmo. Depois de doença, estresse ou lesão ele está em estado de "desequilíbrio", e acredita-se que os "caminhos da energia vital" estejam bloqueados impedindo o corpo de funcionar efetivamente. A reflexologia então restauraria e manteria o equilíbrio natural e encorajaria a cura. 
Críticas à reflexologia
Reflexologia não é parte da ciência médica moderna. Os céticos alertam que não há estudos científicos confiáveis atestando a eficiência da reflexologia como um tratamento médico, ou que haja qualquer forma de ligação entre áreas específicas do pé e os vários órgãos do corpo. Além disso, o raciocínio das "estruturas de cristal" não é sustentado pelo conhecimento atual de fisiologia. Por outro lado, estudos mostram que os efeitos de relaxamento e prazer da massagem oferecem vários benefícios médicos.

 AURICULOTERAPIA


Origem do diagnóstico e tratamento com auriculoterapia
Anatomia do pavilhão auricular, domínio da localização dos pontos,
Colocação de sementes e manipulação do pavilhão auricular,
Tratamento com massagem, sementes e sangria na auriculoterapia
Preparação do material para auriculoterapia
Direcionamento das sementes para estímulo ideal segundo Huan Lin Chun
Critérios para a seleção e agrupamentos de pontos na auriculoterapia
Tratamentos das patologias mais comuns na auriculoterapia
Tratamentos específicos: Tabagismo, Obesidade, Alcoolismo e Drogadição
Estudo de casos clínicos de auriculoterapia
Exercícios complementares de auriculoterapia
Produção de trabalho final sobre os temas tratados no curso




Sarava a todos Irmãos Emidio de Ogum http://espadadeogum.blogspot.com
publicado por espadadeogum às 16:45
link | comentar | favorito

Shiatsu Auriculoterapia e Reflexologia

Momentos de conflito são normais, o exagero nas reações e percepções desses momentos é que se transformam em desequilíbrios. Como a submissão, a dúvida, a carência, a possessividade, a desatenção, etc. Os desequilíbrios são muitos, mas a facilidade de demonstrar o que sente e ser verdadeiro é uma busca da pureza e clareza infantil que um dia todos tivemos, ainda que com uma maior experiência (idade) nós adquirimos um outro "dom", a consciência. Trabalhar esses processos é acrescentar a habilidade de lidar com os sentimentos de uma forma mais consciente, leve e saudável.
A intenção principal do desequilíbrio é à busca do equilíbrio, e as terapias holísticas, como a Holopuntura, os Florais, o Reiki, a Geoterapia / Cristaloterapia, etc, são ferramentas de suporte para enfrentar o desafio de se auto-superar. Mas a alavanca será sempre o desequilíbrio, ou em outras palavras, o aspecto negativo, não no sentido pejorativo, mas construtivo. Assim, enxergamos o desequilíbrio, o negativo, a crise, etc, como parte de um processo, o início de um movimento de aperfeiçoamento.
A Terapia Holística, que usa uma somatória de técnicas milenares e modernas, com a utilização das pedras e cristais como estímulos nessas técnicas como a Holopuntura, Auriculoterapia, Reflexologia, Reiki, etc,  torna-as, ainda mais eficientes, suaves e naturais, para a busca de autoconhecimento e equilíbrio, e no aumento da capacidade de superar obstáculos, alcançando a harmonia e realização interior.
A Terapia Holística não faz mágica, não muda situações da vida, mas ajuda a mudar a percepção dessas situações, trazendo-as a luz da Verdade Interior.

SHIATSU

O QUE É
   Shiatsu é uma terapia manual desenvolvida no Japão, no início do século XX, embora originária da China, a qual, hoje reconhecida pelo Ministério da Saúde é indicada para prevenir e tratar várias doenças, tais como: dores na coluna vertebral, nas articulações, insônia, dormências, inchaços nos pés e nas mãos, tensão pré-menstrual,asma,constipação, cólicas menstruais, espasmos musculares, estresse, ansiedade, doenças cardíacas, dores de cabeça, sinusite, paralisia facial, esgotamento físico, etc...
   A palavra é derivada do japonês SHI que significa "dedo" e ATSU "pressão", ou seja pressão dos dedos. Pode ser feita tanto em pessoas doentes em saudáveis com o efeito preventivo.


COMO É FEITO

   Na prática, o Shiatsu utiliza técnicas de pressão, percussão, fricção, vibração, pinçamento e imposição de dedos e mãos em pontos e áreas específicas do corpo, além da movimentação de articulações e manipulação de estruturas músculo-esqueléticas com o objetivo de atuar na circulação "energética" através das técnicas de tonificar, sedar, regular, purificar e aquecer e, assim, promover a homeostase orgânica, psíquica e sobretudo energética.

   O terapeuta, usando os polegares, as palmas das mãos e até mesmo o cotovelo, pressiona pontos ao longo dos meridianos do nosso corpo, de modo ritmado e modulado e vai, com esses toques, desbloqueando a energia vital. Além disso, usa técnicas de manipulação, alongamento de músculos e tendões, rotações de juntas, pressão em músculos tensos ou doloridos, melhorando assim a circulação do sangue e linfa. Como resultado, relaxa o sistema nervoso e muscular, desenvolvendo um rítmo de respiração mais eficiente e um melhor equilíbrio energético.
 
EM QUE SE BASEIA

   A terapia do Shiatsu não é fundamentada no modelo bio-médico ocidental, ela é baseada numa concepção oriental onde acredita-se que a cura não deva ser feita através da doença. Busca-se o fenômeno que a provocou, naquele doente, deixando claro que cada paciente é um, e único na sua individualidade. Para a Medicina Chinesa, os pontos doloridos no nosso corpo, são pontos de bloqueio de energia vital e sua desarmonia energética, ora em excesso em determinados meridianos, ora deficiente em outros, é a causa das doenças.

   Como medicina preventiva, o objetivo é a harmonia e a manutenção da força vital, acreditando que o corpo harmonizado, energeticamente, é saudável e não necessita de medicamentos.


INDICAÇÕES

Tratamento do estresse;
Reequilíbrio dos centros de energia (Yin/Yang);
Harmonização interior;
Relaxamento geral;
Revitalização;
Desenvolvimento da consciência e sensibilização corporal;
Manutenção e prevenção da saúde;
Eliminação de toxinas;
Alívio de dores;
Eliminação do "peso" sobre os ombros e nuca, etc...


CONTRA-INDICAÇÕES
Febre;
Infecções;
Doenças contagiosas;
Fraturas;
Varizes;
Câncer ainda sem tratamento.
Alguns pontos na grávida são abortivos (é importante que o terapeuta tenha conhecimento), mas pode trazer alívio de dores musculares. 

 
MUDANÇAS NO INDIVÍDUO

   O Shiatsu desperta o indivíduo para uma nova consciência de si próprio. Proporciona integração consigo mesmo e desenvolve uma grande sensação de equilíbrio, leveza, vitalidade e bem estar .
A SESSÃO
   O paciente, geralmente, passa por uma avaliação com o terapeuta e em seguida pela terapia em si. Um sessão de Shiatsu é, geralmente, feita de 50-60 minutos, e seu número varia de caso para caso, ou da gravidade e urgência, podendo chegar de 2-4 sessões por mês.
Nesta terapia não é necessário o uso de cosméticos como óleos e lubrificantes e nem tão pouco se despir.
QUEM PODE FAZER
   Qualquer pessoa, sem limites de idade ou sexo, inclusive bebês. Os idosos sentem-se muito bem pois, em sua maioria apresentam problemas de coluna, músculos e articulações . Indivíduos que trabalham no estresse das cidades grandes têm no Shiatsu um grande aliado para problemas de tensão e fadigas musculares.

   Já as mulheres grávidas apesar de necessitarem de bastante atenção devido aos pontos contra-indicados têm sua circulação de retorno, inchaços e dores musculares melhoradas com a terapia do Shiatsu.
O que é reflexologia ?
Reflexologia, ou terapia por zona, é uma prática que estimula pontos nos pés, mãos ou orelhas (chamados de zona de reflexo), acreditando que isso trará efeitos benéficos em algumas partes do corpo ou melhorará a saúde geral. A forma mais comum é a reflexologia dos pés. Os praticantes acreditam que o pé seja dividido em zonas de reflexo que correspondem a todas as partes do corpo.
Na reflexologia acredita-se que há uma "energia vital" que circula entre os órgãos do corpo humano, a qual penetra nas células vivas. Sempre que essa energia for bloqueada, a zona do bloqueio será afetada. As zonas de reflexo podem refletir o bloqueio de energia em diferentes órgãos. Dessa forma, se alguém tem um problema em um órgão particular, quando o reflexologista pressiona a zona de reflexo correspondente a pessoa sentirá dor.

Acredita-se que a dor se origina do depósito de cristais na zona de reflexo. Com as técnicas de massagem apropriadas, essas estruturas de cristais podem ser quebradas e a dor poderá sumir. Simultaneamente, acredita-se que a pressão aplicada à zona de reflexo pelo reflexologista passe pelos nervos para dissipar o bloqueio de energia. Desta forma, a reflexologia poderia ajudar a curar a doença no órgão.
Como a reflexologia ajuda?
O corpo tem a capacidade de curar a si mesmo. Depois de doença, estresse ou lesão ele está em estado de "desequilíbrio", e acredita-se que os "caminhos da energia vital" estejam bloqueados impedindo o corpo de funcionar efetivamente. A reflexologia então restauraria e manteria o equilíbrio natural e encorajaria a cura. 
Críticas à reflexologia
Reflexologia não é parte da ciência médica moderna. Os céticos alertam que não há estudos científicos confiáveis atestando a eficiência da reflexologia como um tratamento médico, ou que haja qualquer forma de ligação entre áreas específicas do pé e os vários órgãos do corpo. Além disso, o raciocínio das "estruturas de cristal" não é sustentado pelo conhecimento atual de fisiologia. Por outro lado, estudos mostram que os efeitos de relaxamento e prazer da massagem oferecem vários benefícios médicos.

 AURICULOTERAPIA


Origem do diagnóstico e tratamento com auriculoterapia
Anatomia do pavilhão auricular, domínio da localização dos pontos,
Colocação de sementes e manipulação do pavilhão auricular,
Tratamento com massagem, sementes e sangria na auriculoterapia
Preparação do material para auriculoterapia
Direcionamento das sementes para estímulo ideal segundo Huan Lin Chun
Critérios para a seleção e agrupamentos de pontos na auriculoterapia
Tratamentos das patologias mais comuns na auriculoterapia
Tratamentos específicos: Tabagismo, Obesidade, Alcoolismo e Drogadição
Estudo de casos clínicos de auriculoterapia
Exercícios complementares de auriculoterapia
Produção de trabalho final sobre os temas tratados no curso




Sarava a todos Irmãos Emidio de Ogum http://espadadeogum.blogspot.com
publicado por espadadeogum às 16:45
link | comentar | favorito

Shiatsu Auriculoterapia e Reflexologia

Momentos de conflito são normais, o exagero nas reações e percepções desses momentos é que se transformam em desequilíbrios. Como a submissão, a dúvida, a carência, a possessividade, a desatenção, etc. Os desequilíbrios são muitos, mas a facilidade de demonstrar o que sente e ser verdadeiro é uma busca da pureza e clareza infantil que um dia todos tivemos, ainda que com uma maior experiência (idade) nós adquirimos um outro "dom", a consciência. Trabalhar esses processos é acrescentar a habilidade de lidar com os sentimentos de uma forma mais consciente, leve e saudável.
A intenção principal do desequilíbrio é à busca do equilíbrio, e as terapias holísticas, como a Holopuntura, os Florais, o Reiki, a Geoterapia / Cristaloterapia, etc, são ferramentas de suporte para enfrentar o desafio de se auto-superar. Mas a alavanca será sempre o desequilíbrio, ou em outras palavras, o aspecto negativo, não no sentido pejorativo, mas construtivo. Assim, enxergamos o desequilíbrio, o negativo, a crise, etc, como parte de um processo, o início de um movimento de aperfeiçoamento.
A Terapia Holística, que usa uma somatória de técnicas milenares e modernas, com a utilização das pedras e cristais como estímulos nessas técnicas como a Holopuntura, Auriculoterapia, Reflexologia, Reiki, etc,  torna-as, ainda mais eficientes, suaves e naturais, para a busca de autoconhecimento e equilíbrio, e no aumento da capacidade de superar obstáculos, alcançando a harmonia e realização interior.
A Terapia Holística não faz mágica, não muda situações da vida, mas ajuda a mudar a percepção dessas situações, trazendo-as a luz da Verdade Interior.

SHIATSU

O QUE É
   Shiatsu é uma terapia manual desenvolvida no Japão, no início do século XX, embora originária da China, a qual, hoje reconhecida pelo Ministério da Saúde é indicada para prevenir e tratar várias doenças, tais como: dores na coluna vertebral, nas articulações, insônia, dormências, inchaços nos pés e nas mãos, tensão pré-menstrual,asma,constipação, cólicas menstruais, espasmos musculares, estresse, ansiedade, doenças cardíacas, dores de cabeça, sinusite, paralisia facial, esgotamento físico, etc...
   A palavra é derivada do japonês SHI que significa "dedo" e ATSU "pressão", ou seja pressão dos dedos. Pode ser feita tanto em pessoas doentes em saudáveis com o efeito preventivo.


COMO É FEITO

   Na prática, o Shiatsu utiliza técnicas de pressão, percussão, fricção, vibração, pinçamento e imposição de dedos e mãos em pontos e áreas específicas do corpo, além da movimentação de articulações e manipulação de estruturas músculo-esqueléticas com o objetivo de atuar na circulação "energética" através das técnicas de tonificar, sedar, regular, purificar e aquecer e, assim, promover a homeostase orgânica, psíquica e sobretudo energética.

   O terapeuta, usando os polegares, as palmas das mãos e até mesmo o cotovelo, pressiona pontos ao longo dos meridianos do nosso corpo, de modo ritmado e modulado e vai, com esses toques, desbloqueando a energia vital. Além disso, usa técnicas de manipulação, alongamento de músculos e tendões, rotações de juntas, pressão em músculos tensos ou doloridos, melhorando assim a circulação do sangue e linfa. Como resultado, relaxa o sistema nervoso e muscular, desenvolvendo um rítmo de respiração mais eficiente e um melhor equilíbrio energético.
 
EM QUE SE BASEIA

   A terapia do Shiatsu não é fundamentada no modelo bio-médico ocidental, ela é baseada numa concepção oriental onde acredita-se que a cura não deva ser feita através da doença. Busca-se o fenômeno que a provocou, naquele doente, deixando claro que cada paciente é um, e único na sua individualidade. Para a Medicina Chinesa, os pontos doloridos no nosso corpo, são pontos de bloqueio de energia vital e sua desarmonia energética, ora em excesso em determinados meridianos, ora deficiente em outros, é a causa das doenças.

   Como medicina preventiva, o objetivo é a harmonia e a manutenção da força vital, acreditando que o corpo harmonizado, energeticamente, é saudável e não necessita de medicamentos.


INDICAÇÕES

Tratamento do estresse;
Reequilíbrio dos centros de energia (Yin/Yang);
Harmonização interior;
Relaxamento geral;
Revitalização;
Desenvolvimento da consciência e sensibilização corporal;
Manutenção e prevenção da saúde;
Eliminação de toxinas;
Alívio de dores;
Eliminação do "peso" sobre os ombros e nuca, etc...


CONTRA-INDICAÇÕES
Febre;
Infecções;
Doenças contagiosas;
Fraturas;
Varizes;
Câncer ainda sem tratamento.
Alguns pontos na grávida são abortivos (é importante que o terapeuta tenha conhecimento), mas pode trazer alívio de dores musculares. 

 
MUDANÇAS NO INDIVÍDUO

   O Shiatsu desperta o indivíduo para uma nova consciência de si próprio. Proporciona integração consigo mesmo e desenvolve uma grande sensação de equilíbrio, leveza, vitalidade e bem estar .
A SESSÃO
   O paciente, geralmente, passa por uma avaliação com o terapeuta e em seguida pela terapia em si. Um sessão de Shiatsu é, geralmente, feita de 50-60 minutos, e seu número varia de caso para caso, ou da gravidade e urgência, podendo chegar de 2-4 sessões por mês.
Nesta terapia não é necessário o uso de cosméticos como óleos e lubrificantes e nem tão pouco se despir.
QUEM PODE FAZER
   Qualquer pessoa, sem limites de idade ou sexo, inclusive bebês. Os idosos sentem-se muito bem pois, em sua maioria apresentam problemas de coluna, músculos e articulações . Indivíduos que trabalham no estresse das cidades grandes têm no Shiatsu um grande aliado para problemas de tensão e fadigas musculares.

   Já as mulheres grávidas apesar de necessitarem de bastante atenção devido aos pontos contra-indicados têm sua circulação de retorno, inchaços e dores musculares melhoradas com a terapia do Shiatsu.
O que é reflexologia ?
Reflexologia, ou terapia por zona, é uma prática que estimula pontos nos pés, mãos ou orelhas (chamados de zona de reflexo), acreditando que isso trará efeitos benéficos em algumas partes do corpo ou melhorará a saúde geral. A forma mais comum é a reflexologia dos pés. Os praticantes acreditam que o pé seja dividido em zonas de reflexo que correspondem a todas as partes do corpo.
Na reflexologia acredita-se que há uma "energia vital" que circula entre os órgãos do corpo humano, a qual penetra nas células vivas. Sempre que essa energia for bloqueada, a zona do bloqueio será afetada. As zonas de reflexo podem refletir o bloqueio de energia em diferentes órgãos. Dessa forma, se alguém tem um problema em um órgão particular, quando o reflexologista pressiona a zona de reflexo correspondente a pessoa sentirá dor.

Acredita-se que a dor se origina do depósito de cristais na zona de reflexo. Com as técnicas de massagem apropriadas, essas estruturas de cristais podem ser quebradas e a dor poderá sumir. Simultaneamente, acredita-se que a pressão aplicada à zona de reflexo pelo reflexologista passe pelos nervos para dissipar o bloqueio de energia. Desta forma, a reflexologia poderia ajudar a curar a doença no órgão.
Como a reflexologia ajuda?
O corpo tem a capacidade de curar a si mesmo. Depois de doença, estresse ou lesão ele está em estado de "desequilíbrio", e acredita-se que os "caminhos da energia vital" estejam bloqueados impedindo o corpo de funcionar efetivamente. A reflexologia então restauraria e manteria o equilíbrio natural e encorajaria a cura. 
Críticas à reflexologia
Reflexologia não é parte da ciência médica moderna. Os céticos alertam que não há estudos científicos confiáveis atestando a eficiência da reflexologia como um tratamento médico, ou que haja qualquer forma de ligação entre áreas específicas do pé e os vários órgãos do corpo. Além disso, o raciocínio das "estruturas de cristal" não é sustentado pelo conhecimento atual de fisiologia. Por outro lado, estudos mostram que os efeitos de relaxamento e prazer da massagem oferecem vários benefícios médicos.

 AURICULOTERAPIA


Origem do diagnóstico e tratamento com auriculoterapia
Anatomia do pavilhão auricular, domínio da localização dos pontos,
Colocação de sementes e manipulação do pavilhão auricular,
Tratamento com massagem, sementes e sangria na auriculoterapia
Preparação do material para auriculoterapia
Direcionamento das sementes para estímulo ideal segundo Huan Lin Chun
Critérios para a seleção e agrupamentos de pontos na auriculoterapia
Tratamentos das patologias mais comuns na auriculoterapia
Tratamentos específicos: Tabagismo, Obesidade, Alcoolismo e Drogadição
Estudo de casos clínicos de auriculoterapia
Exercícios complementares de auriculoterapia
Produção de trabalho final sobre os temas tratados no curso




Sarava a todos Irmãos Emidio de Ogum http://espadadeogum.blogspot.com
publicado por espadadeogum às 16:45
link | comentar | favorito

Shiatsu Auriculoterapia e Reflexologia

Momentos de conflito são normais, o exagero nas reações e percepções desses momentos é que se transformam em desequilíbrios. Como a submissão, a dúvida, a carência, a possessividade, a desatenção, etc. Os desequilíbrios são muitos, mas a facilidade de demonstrar o que sente e ser verdadeiro é uma busca da pureza e clareza infantil que um dia todos tivemos, ainda que com uma maior experiência (idade) nós adquirimos um outro "dom", a consciência. Trabalhar esses processos é acrescentar a habilidade de lidar com os sentimentos de uma forma mais consciente, leve e saudável.
A intenção principal do desequilíbrio é à busca do equilíbrio, e as terapias holísticas, como a Holopuntura, os Florais, o Reiki, a Geoterapia / Cristaloterapia, etc, são ferramentas de suporte para enfrentar o desafio de se auto-superar. Mas a alavanca será sempre o desequilíbrio, ou em outras palavras, o aspecto negativo, não no sentido pejorativo, mas construtivo. Assim, enxergamos o desequilíbrio, o negativo, a crise, etc, como parte de um processo, o início de um movimento de aperfeiçoamento.
A Terapia Holística, que usa uma somatória de técnicas milenares e modernas, com a utilização das pedras e cristais como estímulos nessas técnicas como a Holopuntura, Auriculoterapia, Reflexologia, Reiki, etc,  torna-as, ainda mais eficientes, suaves e naturais, para a busca de autoconhecimento e equilíbrio, e no aumento da capacidade de superar obstáculos, alcançando a harmonia e realização interior.
A Terapia Holística não faz mágica, não muda situações da vida, mas ajuda a mudar a percepção dessas situações, trazendo-as a luz da Verdade Interior.

SHIATSU

O QUE É
   Shiatsu é uma terapia manual desenvolvida no Japão, no início do século XX, embora originária da China, a qual, hoje reconhecida pelo Ministério da Saúde é indicada para prevenir e tratar várias doenças, tais como: dores na coluna vertebral, nas articulações, insônia, dormências, inchaços nos pés e nas mãos, tensão pré-menstrual,asma,constipação, cólicas menstruais, espasmos musculares, estresse, ansiedade, doenças cardíacas, dores de cabeça, sinusite, paralisia facial, esgotamento físico, etc...
   A palavra é derivada do japonês SHI que significa "dedo" e ATSU "pressão", ou seja pressão dos dedos. Pode ser feita tanto em pessoas doentes em saudáveis com o efeito preventivo.


COMO É FEITO

   Na prática, o Shiatsu utiliza técnicas de pressão, percussão, fricção, vibração, pinçamento e imposição de dedos e mãos em pontos e áreas específicas do corpo, além da movimentação de articulações e manipulação de estruturas músculo-esqueléticas com o objetivo de atuar na circulação "energética" através das técnicas de tonificar, sedar, regular, purificar e aquecer e, assim, promover a homeostase orgânica, psíquica e sobretudo energética.

   O terapeuta, usando os polegares, as palmas das mãos e até mesmo o cotovelo, pressiona pontos ao longo dos meridianos do nosso corpo, de modo ritmado e modulado e vai, com esses toques, desbloqueando a energia vital. Além disso, usa técnicas de manipulação, alongamento de músculos e tendões, rotações de juntas, pressão em músculos tensos ou doloridos, melhorando assim a circulação do sangue e linfa. Como resultado, relaxa o sistema nervoso e muscular, desenvolvendo um rítmo de respiração mais eficiente e um melhor equilíbrio energético.
 
EM QUE SE BASEIA

   A terapia do Shiatsu não é fundamentada no modelo bio-médico ocidental, ela é baseada numa concepção oriental onde acredita-se que a cura não deva ser feita através da doença. Busca-se o fenômeno que a provocou, naquele doente, deixando claro que cada paciente é um, e único na sua individualidade. Para a Medicina Chinesa, os pontos doloridos no nosso corpo, são pontos de bloqueio de energia vital e sua desarmonia energética, ora em excesso em determinados meridianos, ora deficiente em outros, é a causa das doenças.

   Como medicina preventiva, o objetivo é a harmonia e a manutenção da força vital, acreditando que o corpo harmonizado, energeticamente, é saudável e não necessita de medicamentos.


INDICAÇÕES

Tratamento do estresse;
Reequilíbrio dos centros de energia (Yin/Yang);
Harmonização interior;
Relaxamento geral;
Revitalização;
Desenvolvimento da consciência e sensibilização corporal;
Manutenção e prevenção da saúde;
Eliminação de toxinas;
Alívio de dores;
Eliminação do "peso" sobre os ombros e nuca, etc...


CONTRA-INDICAÇÕES
Febre;
Infecções;
Doenças contagiosas;
Fraturas;
Varizes;
Câncer ainda sem tratamento.
Alguns pontos na grávida são abortivos (é importante que o terapeuta tenha conhecimento), mas pode trazer alívio de dores musculares. 

 
MUDANÇAS NO INDIVÍDUO

   O Shiatsu desperta o indivíduo para uma nova consciência de si próprio. Proporciona integração consigo mesmo e desenvolve uma grande sensação de equilíbrio, leveza, vitalidade e bem estar .
A SESSÃO
   O paciente, geralmente, passa por uma avaliação com o terapeuta e em seguida pela terapia em si. Um sessão de Shiatsu é, geralmente, feita de 50-60 minutos, e seu número varia de caso para caso, ou da gravidade e urgência, podendo chegar de 2-4 sessões por mês.
Nesta terapia não é necessário o uso de cosméticos como óleos e lubrificantes e nem tão pouco se despir.
QUEM PODE FAZER
   Qualquer pessoa, sem limites de idade ou sexo, inclusive bebês. Os idosos sentem-se muito bem pois, em sua maioria apresentam problemas de coluna, músculos e articulações . Indivíduos que trabalham no estresse das cidades grandes têm no Shiatsu um grande aliado para problemas de tensão e fadigas musculares.

   Já as mulheres grávidas apesar de necessitarem de bastante atenção devido aos pontos contra-indicados têm sua circulação de retorno, inchaços e dores musculares melhoradas com a terapia do Shiatsu.
O que é reflexologia ?
Reflexologia, ou terapia por zona, é uma prática que estimula pontos nos pés, mãos ou orelhas (chamados de zona de reflexo), acreditando que isso trará efeitos benéficos em algumas partes do corpo ou melhorará a saúde geral. A forma mais comum é a reflexologia dos pés. Os praticantes acreditam que o pé seja dividido em zonas de reflexo que correspondem a todas as partes do corpo.
Na reflexologia acredita-se que há uma "energia vital" que circula entre os órgãos do corpo humano, a qual penetra nas células vivas. Sempre que essa energia for bloqueada, a zona do bloqueio será afetada. As zonas de reflexo podem refletir o bloqueio de energia em diferentes órgãos. Dessa forma, se alguém tem um problema em um órgão particular, quando o reflexologista pressiona a zona de reflexo correspondente a pessoa sentirá dor.

Acredita-se que a dor se origina do depósito de cristais na zona de reflexo. Com as técnicas de massagem apropriadas, essas estruturas de cristais podem ser quebradas e a dor poderá sumir. Simultaneamente, acredita-se que a pressão aplicada à zona de reflexo pelo reflexologista passe pelos nervos para dissipar o bloqueio de energia. Desta forma, a reflexologia poderia ajudar a curar a doença no órgão.
Como a reflexologia ajuda?
O corpo tem a capacidade de curar a si mesmo. Depois de doença, estresse ou lesão ele está em estado de "desequilíbrio", e acredita-se que os "caminhos da energia vital" estejam bloqueados impedindo o corpo de funcionar efetivamente. A reflexologia então restauraria e manteria o equilíbrio natural e encorajaria a cura. 
Críticas à reflexologia
Reflexologia não é parte da ciência médica moderna. Os céticos alertam que não há estudos científicos confiáveis atestando a eficiência da reflexologia como um tratamento médico, ou que haja qualquer forma de ligação entre áreas específicas do pé e os vários órgãos do corpo. Além disso, o raciocínio das "estruturas de cristal" não é sustentado pelo conhecimento atual de fisiologia. Por outro lado, estudos mostram que os efeitos de relaxamento e prazer da massagem oferecem vários benefícios médicos.

 AURICULOTERAPIA


Origem do diagnóstico e tratamento com auriculoterapia
Anatomia do pavilhão auricular, domínio da localização dos pontos,
Colocação de sementes e manipulação do pavilhão auricular,
Tratamento com massagem, sementes e sangria na auriculoterapia
Preparação do material para auriculoterapia
Direcionamento das sementes para estímulo ideal segundo Huan Lin Chun
Critérios para a seleção e agrupamentos de pontos na auriculoterapia
Tratamentos das patologias mais comuns na auriculoterapia
Tratamentos específicos: Tabagismo, Obesidade, Alcoolismo e Drogadição
Estudo de casos clínicos de auriculoterapia
Exercícios complementares de auriculoterapia
Produção de trabalho final sobre os temas tratados no curso




Sarava a todos Irmãos Emidio de Ogum http://espadadeogum.blogspot.com
publicado por espadadeogum às 16:45
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Passe a transfusão de ene...

. Passe a transfusão de ene...

. Passe a transfusão de ene...

. Passe a transfusão de ene...

. Passe a transfusão de ene...

. Reflexologia Podal

. Reflexologia Podal

. Reflexologia Podal

. Reflexologia Podal

. Reflexologia Podal

.arquivos

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub